Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Arriba

Remédios caseiros para micose de unha

Remédios caseiros para micose de unha

Ela é mais frequente nos dedos dos pés, mas também pode aparecer nas mãos. Além de ser antiestético e de não ficar nada bem, é preciso tratá-la para que você goze de uma perfeita saúde.


Se você tem unha amareladas, esverdeadas ou amarronzada, não hesite em dar uma olhada nestes remédios caseiros para eliminar a micose.

 

Características da micose de unha

 

Em termos médicos, denomina-se onicomicose, mas popularmente são chamadas de “Micose de unha”. É algo muito frequente, sobretudo nos homens e em seus polegares dos pés. Porém, também podem aparecer nas mãos. Neste caso, as mulheres são as mais afetadas.

Se apenas uma unha for infectada pela micose, esta poderá se propagar para as demais unhas sem problemas, mas sempre do mesmo membro. Isto é, entre as unhas do mesmo pé ou da mesma mão, mas também podem passar de uma mão para outra ou de um pé para o outro. Porém, são muito raras as ocasiões nas quais, tendo-se micose nos pés, a mesma passe para as mãos.

Geralmente, a micose é causada por fatores relacionados ao ambiente, como umidade e altas temperaturas, caso use calçado fechado por muitas horas durante o dia, passe muito tempo na piscina etc.

Esta enfermidade tende a acometer pessoas que passam muito tempo em contato com a água, lavando pratos, limpando a casa, adultos maiores de 60 anos que sofrem de diabetes, problemas circulatórios ou com o sistema imunológico debilitado.

A partir do momento em que a micose atinge a unha, esta se torna mais grossa e começa a se tornar amarelada.

Em alguns casos, adquire tons de cinza, verde, marrom e preto. À medida que a infecção for progredindo, ela começará a invadir outras partes da unha, a qual descascará, podendo até cair. Debaixo da unha, a pele se tornará vermelha, inchada e com sensação de prurido.

No caso especifico da micose nas unhas das mãos, estas se tornarão amarelas ou marrons, rachadas, quebradiças e fracas. Não têm força suficiente para crescerem e podem até cair, causando na pele os mesmos efeitos da micose nos pés.

 

Recomendações para evitar a proliferação da micose de unha

 

Estas dicas são para as micoses nos pés:

 

  • Não use calçado muito apertado nem de materiais sintéticos. Os fungos “adoram” os ambientes úmidos, escuros e pouco ventilados, porque é onde eles podem se multiplicar. Durante o inverno, é bom ter o cuidado de não permanecer por muito tempo com as meias molhadas ou úmidas. Os materiais proibidos são aqueles que não permitem aos pés “respirarem”, como o plástico, por exemplo. Os calçados de couro são os mais recomendados, e na medida do possível, os que tenham alguma área aberta (principalmente sobre os dedos);
  • Evite andar descalço em lugares públicos, como banheiros de academias, vestiários, duchas ou piscinas. Porém, se fizer isso, lave e seque imediatamente os pés antes de colocar o calçado.
  • Não utilize o cortador ou alicate de unhas de outras pessoas, como em um salão de beleza ou entre a própria família. Sempre leve o próprio material e não compartilhe com ninguém. Se você tem micose em uma unha, não use o mesmo instrumento para cuidar das demais. Desta forma, você evitará a transmissão da micose para as unhas saudáveis. Procure cortar as unhas em linha reta e regularmente;

 

fungos

 

  • Use meias que sejam 100% algodão, para que absorvam a umidade dos pés. Se forem molhadas pela chuva, por exemplo, troque-as o quanto antes e aplique talco nos pés.

 

Em caso de micose nas mãos:

 

  • Utilize luvas impermeáveis para lavar os pratos, a roupa ou os pisos, isto é, tudo o que exigir contato com a água;
  • Não use a lixa de unha de outras pessoas, tampouco o cortador. Leve sempre o seu próprio material e evite misturar o instrumento na unha com micose daquele que  você usará nas demais unhas;
  • Não roa as unhas e, para evitar o contágio, também não compartilhe toalhas e lenços com outras pessoas.

 

fungos2

 

Remédios caseiros para micose de unha

 

  • Misture uma pequena colher de óleo de oliva com 3 gotas de óleo da árvore do chá e aplique diretamente sobre a unha durante 20 dias, alternadamente, isto é, um dia sim outro não;
  • Introduza a unha no sumo de vários limões ou passe o limão diretamente sobre a unha;
  • Derrame um copo de vinagre de maçã em um recipiente com água. Deixe os pés de molho por 20 minutos e, logo após, seque bem. Utilize um secador de cabelo, em temperatura moderada, para que absorva toda a umidade que possa ter ficado por baixo das unhas;
  • Misture uma pequena colher de azeite de oliva com 3 gotas de óleo essencial de orégano e aplique todos os dias sobre a unha afetada, durante três semanas seguidas;
  • Misture em um esmalte de unhas transparente: 1 dente de alho muito bem picado, 3 gotas de iodo branco e 7 gotas de limão. Deixe repousando por uma semana e depois aplique uma camada na unha que tiver micose por duas semanas. O esmalte pode ser retirado usando removedor e algodão;
  • Misture 1/2 copo de óleo de rícino com 7 gotas de limão em um recipiente. Deixe os pés de molho nesta mistura. Faça isso por seis semanas consecutivas.  Sempre lave seque bem os pés após o processo;

 

fungos3

 

  • Ferva 5 dentes de alho em um copo de água. Derrame o preparo em um recipiente e, quando o líquido estiver morno, coloque os pés, mantendo as unhas submersas. Deixe agir por pelo menos 15 minutos, em seguida, seque bem. Repita este processo por quatro semanas;
  • Misture o bicarbonato de sódio com água até que forme uma pasta. Utilize um algodão para aplicar sobre toda a unha e, se possível, embaixo dela também (para que entre em contato com a pele). Deixe agir por alguns minutos e, em seguida, seque bem.
  • Coloque para ferver 2 copos de água com 3 colheres de tomilho, durante 5 minutos. Apague o fogo, tape a panela e deixe esfriar. Depois, coloque o preparo embebido em algodão na unha com micose.

 

Imagens oferecidas por Quinn Dombrowski, Randen Pederson, Rohonda, adrian 8_8, Toshiyuki IMAI