Os 10 melhores remédios para as varizes - Melhor com Saúde

Os 10 melhores remédios para as varizes

Para que alguns remédios, como o de aloe vera ou os óleos essenciais, sejam mais eficazes, recomenda-se aplicá-los a noite, para que atuem enquanto dormimos.

As varizes são um dos problemas circulatórios mais comuns e afetam principalmente as mulheres, mesmo que muitos homens também apresentem o problema.

Possui muitas características, sendo mais comumente reconhecidas pela dilatação das veias, o que evita a circulação adequada do sangue e causa “nódulos” vistos a olho nu.

Mesmo que suas origens estejam no mal funcionamento do sistema circulatório, existem diversas causas que podem desencadear o problema, e igualmente, diversas soluções. É por isso que, a seguir, apresentaremos 10 remédios para tratar as varizes.

As causas mais comuns deste problema são a obesidade, o sedentarismo ou a falta de mobilidade, a permanência por muito tempo na mesma posição (principalmente em pé), o uso de anticoncepcionais, antecedentes familiares, o tabagismo, a hipertensão, o colesterol alto ou os problemas de trombose.

Por sua vez, é muito importante prestar atenção às primeiras manifestações deste problema, já que do contrário, é possível que surjam maiores complicações ao longo do tempo. Por exemplo, em alguns casos as varizes podem afetar seriamente certos membros do corpo, particularmente os inferiores, causando inclusive amputações.

Sem dúvidas, existem diversas recomendações para evitar o surgimento deste mal-estar. Mas, caso elas surjam, preste bem atenção a alguns remédios muito efetivos que apresentaremos para tratá-las. Ao contrário do que muita gente pensa, estes remédios podem ser de grande ajuda, principalmente se preparados e ministrados da forma adequada.

1. Alho

Este é um dos produtos de origem natural que apresentam grandes benefícios para combater as varizes. Graças às suas propriedades, o alho ajuda a desinflamá-las e melhorar a circulação. Especialistas recomendam consumi-lo ou na alimentação diária, como a maioria das pessoas faz normalmente, ou aplicar uma pomada feita com dentes de alho socados e um pouco de álcool. Este remédio deve ser aplicado quatro vezes por semana, nas regiões afetadas por varizes.

2. Babosa

Aloe-vera

As propriedades da babosa são muito efetivas para o tratamento das varizes, bem como para outros problemas e doenças de todo tipo. Neste caso é recomendável aplicá-la por meio de compressas nas regiões afetadas. É melhor fazê-lo pela noite e deixar as compressas com babosa na região, de preferência e, se possível, até a manhã seguinte. É muito importante que a babosa esteja quente, já que desta maneira as propriedades da planta serão melhor aproveitadas.

3. Vinagre de maçã

Este produto também é muito efetivo contra o problema em questão. Sua aplicação é muito simples. Basta molhar um pano limpo com um pouco de vinagre de maçã e aplicá-lo diretamente nas varizes. É preciso deixar o pano no local durante alguns minutos. Ou ainda, é possível fazer leves massagens com movimentos que vão da região baixa das pernas até em cima. Mas, atenção, não se deve aplicar pressão sobre a região afetada.

4. Pomada de vinagre, cenoura e babosa

Outra opção muito efetiva é preparar uma pomada feita com um pouco de babosa, vinagre (preferencialmente de maçã) e cenoura. Como dissemos, os dois primeiros podem ser utilizados de outras formas, mas, para preparar a pomada basta colocar todos os ingredientes em um liquidificador ou um processador de alimentos e depois triturá-los até que se obtenha um creme razoavelmente espesso. Por fim, a pomada deve ser aplicada sobre as varizes e atuar na região por aproximadamente trinta minutos. Depois disso, retire a pomada e utilize água fria para fazer o enxágue e a limpeza do local.

Venas-varices

5. Banhos de imersão

Este é um remédio muito simples, que pode ser utilizado todos os dias. Além disso, pode ser de grande ajuda para os pés, graças ao fato de que no final de sua aplicação esta região estará mais descansada, relaxada, fresca e inclusive desinchada se for o caso. Os banhos de imersão são realizados em um balde (ou qualquer outro recipiente satisfatoriamente grande) com água, sal marinho e uma xícara de vinagre de maçã. Basta mergulhar as pernas durante vinte minutos na mistura e massageá-las suavemente.

6. Pomada de argila verde

Neste caso, basicamente, preparamos uma pomada ou pasta de argila verde misturada com um pouco de água. Claro que não se deve utilizar muita água, já que se isso ocorrer a consistência da pomada não será adequada. Uma vez que esteja pronta, aplique sobre a região afetada, de preferência a noite, deixando que seque. Posteriormente, lave tudo com um pouco de água morna e sabão neutro.

7. Solução de folhas

menta-wiccked

Este é um remédio que requer um pouco mais de trabalho para preparar. Porém, sua efetividade é ótima, logo, vale a pena. O preparo consiste em ferver dois litros de água e posteriormente adicionar um pouco de folhas de hortelã, camomila e louro. Deixe a solução repousar por cinco minutos e depois aplique, mergulhando os pés em um balde e misturando a solução com uma pitada de bicarbonato antes. É importante mencionar que este remédio pode causar urticária em algumas pessoas, por isso, é preciso aplicá-lo com cuidado.

8. Pimenta malagueta

Por incrível que pareça, esta pimenta tem propriedades que ajudam a descongestionar as veias e provocar a melhor circulação do sangue. Portanto, especialistas recomendam que consumamos esta pimenta em pequenas quantidades, e existem diferentes opções para prepará-la. Por exemplo, optar por comer pimentão que, na realidade, se trata de um tipo de pimenta doce e que não arde.

9. Chá da casca do castanheiro-da-índia

Este remédio consiste em ferver, durante aproximadamente dez minutos, 50 gramas da casca do castanheiro da índia em um litro de água. Passado este tempo é preciso coar o chá e bebê-lo imediatamente. Devido as suas propriedades, o castanheiro da índia é perfeito para uma boa circulação, desinflamando as varizes.

10. Óleos essenciais

aceites-esenciales-1

São muito bons para desinflamar as varizes e estimular a boa circulação. O melhor é utilizá-los para dar massagens nas regiões afetadas. Por exemplo, é melhor começar pelos pés e joelhos para subir pouco a pouco até as coxas. As massagens devem ser aplicadas de maneira suave, de baixo para cima ou de forma circular, preferencialmente no período da noite, para que as propriedades dos óleos essenciais atuem enquanto dormimos.