10 sintomas da depressão em adolescentes

10 sintomas que nos alertam sobre a depressão em adolescentes

Devemos saber identificar os sinais que nos indicam uma depressão para que possamos agir o antes possível e evitar que o desânimo e o mal-estar que os adolescentes estão sofrendo aumentem ainda mais.
Sinais de depressão nos adolescentes

Como pais, professores e parentes de adolescentes, devemos sempre ficar atentos a como eles estão se sentindo e como está sendo o seu comportamento no dia a dia.

A adolescência é uma fase complicada, na qual o corpo e o emocional de cada um passam por muitas mudanças. Além disso, o ambiente escolar, as dúvidas em relação ao futuro e ao autoconhecimento, o bullying e as alterações hormonais que ocorrem nesta idade podem fazer com que os adolescentes tenham que enfrentar momentos difíceis.

Nós, como adultos responsáveis por eles, precisamos monitorá-los sempre para identificar possíveis problemas e condições de saúde, sejam elas físicas ou emocionais.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a depressão é uma das doenças que mais afeta os jovens entre 10 e 19 anos de idade, sendo inclusive uma causa de suicídios, que vêm crescendo nesta faixa etária.

É fundamental identificar os sintomas da depressão a tempo para que possamos prevenir suas terríveis consequências e ajudar quem estiver padecendo a doença. Por este motivo, hoje iremos listar os 10 sintomas mais comuns em adolescentes que sofrem de depressão, para que nós, adultos, possamos ficar alertas e agir o antes possível caso notemos a sua presença em um de nossos alunos, familiares ou filhos.

  1. Alterações no apetite e a depressão em adolescentes

Alimentacao-e-depressao-em-adolescentes

Estas mudanças podem ser sentidas de formas diferentes, seja por meio do exagero e consumo excessivo de comida ou pela falta de interesse em se alimentar, evitando as refeições que antes fazia normalmente. Observe também se houver um ganho ou perda de peso muito drástico em um curto período de tempo.

  1. Alterações nos hábitos de sono

Neste caso, também devem ser monitorados os extremos. Fique atento e verifique se o adolescente está dormindo muito pouco e sofrendo de insônia, ou se, pelo contrário, está dormindo durante todo o dia. Geralmente um comportamento relativamente comum é trocar o dia pela noite.

  1. Perda de interesse nas atividades das quais gostava

Hobbies, esportes, e atividades pelas quais o adolescente antes demonstrava interesse e às quais se dedicava de repente deixam de fazer sentido. O jovem perde o interesse por determinadas atividades, e não sente mais vontade de fazer o que antes lhe dava prazer. Falta motivação para desempenhar qualquer tipo de atividade.

  1. Tristeza e desânimo constante

Desanimo-tristeza-e-depressao-em-adolescentes

É normal ter um dia ou outro de tristeza, mas fique atento para identificar se isso estiver se transformando em algo constante. Observe se o adolescente está sempre triste, cabisbaixo e desanimado. Também podem ocorrer crises constantes de choro com as quais o jovem tem dificuldade de lidar.

  1. Dificuldade de concentração

Outro sintoma da depressão é a dificuldade de se concentrar em algo, seja em uma conversa durante o jantar, a uma atividade específica, ou nos estudos. Inclusive, a maioria dos adolescentes que sofrem de depressão passa por uma queda significativa em suas netas e rendimento escolar.

  1. Comportamento irresponsável

Um adolescente deprimido pode apresentar um comportamento irresponsável  e até rebelde. Ele (a) pode se esquecer das obrigações, do que foi combinado com outras pessoas, das responsabilidades na casa e na escola, começar a consumir álcool e drogas, etc. Além disso, quando confrontado, pode apresentar um comportamento rebelde, respondendo de forma grosseira e arredia.

  1. Isolamento social

Amigos-e-depressao-em-adolescentes

Outro sinal da depressão nos adolescentes é a perda de interesse em atividades sociais. Eles não têm mais vontade de encontrar os amigos ou sair para qualquer tipo de evento, mantendo-se isolados em seus quartos, sem querer falar com ninguém.

  1. Fadiga e falta de energia

É muito comum apresentar uma fadiga exagerada, e a depressão costuma fazer com que os níveis de energia dos adolescentes se reduzam a patamares muito diferentes do que os normais. Ele (a) se sente cansado com frequência, e parece nunca conseguir recuperar a energia, independentemente de quanto tempo durma.

  1. Reclamações referentes a dores físicas

Muitas vezes os transtornos psicológicos também causam dores físicas, por isso fique atento se o adolescente começar a reclamar com frequência de dores de cabeça, no estômago, e dores musculares. Com a imunidade baixa, ele também se torna mais propenso a contrair doenças.

  1. Pensamentos suicidas

Esta pode ser um pouco mais difícil de identificar, a não ser que o adolescente expresse seus pensamentos na nossa frente. Devemos ficar atentos para frases como “Não sei por que estou vivendo”, ou “A minha vida não faz sentido”, “Quero morrer”, etc. Em casos mais graves, o adolescente pode até tentar se suicidar, ou machucar a si mesmo de alguma forma.