4 causas da dor na parte baixa das costas que você deve conhecer - Melhor Com Saúde

4 causas da dor na parte baixa das costas que você deve conhecer

Ainda que possa ocorrer devido a uma má postura ou um movimento indevido, se a dor se prolongar por um tempo é importante que consultemos um especialista para descartar problemas maiores.
4 causas da dor na parte baixa das costas que você deve conhecer

Você não se surpreenderá em saber que uma das doenças mais comuns na população é a dor na parte baixa das costas. Podemos dizer que quase 90% das pessoas a sofrem em algum momento do dia.

Uma má postura na cadeira, por exemplo, desenvolve uma dor que pode ser pontual e desaparecer em algumas horas ou, pelo contrário, aparece como uma dor crônica da qual é importante conhecer a causa.

Como muitos já sabem, qualquer incômodo em nosso corpo é um sintoma de algum problema subjacente e, ainda que no que se refere à dor na parte baixa das costas, quase sempre se deve a um mal movimento ou postura, é importante conhecer outras causas. E é sobre estas possíveis causas que falaremos neste artigo. Confira.


1. Dor na parte baixa das costas por tensão muscular

Esta é, sem dúvidas, a causa mais comum e a que afeta, por regra geral, a população mais jovem, compreendida entre os 30 e os 60 anos. É quando somos mais ativos e, portanto, quando temos maior risco de sofrermos alguma tensão muscular.

A tensão muscular deriva de uma má postura durante várias horas, ou por termos carregado algum objeto pesado. Lembre-se de que a maneira correta de pegar algo do chão é dobrando o joelho, para assim harmonizar a ascensão com as costas sempre reta.

Sintomas:

  • Dificuldades para estar de pé ao andar.
  • Dor que vai da virilha até as nádegas e que se irradia para a parte traseira da coxa.
  • É a dor que se concentra na parte baixa das costas como uma “placa quente” que dói inclusive ao tato.
  • Em geral, a tensão desaparece com os dias, com descanso e uma boa massagem.

2. Ciática

A ciática é outra das causas mais frequentes. Porém, neste caso, a dor se inicia na parte inferior das costas e se irradia para os glúteos até as pernas.

O que notamos é o seguinte:

  • Adormecimento e queimação desde as costas até as pernas. É uma dor constante que dificulta os movimentos.
  • A dor é mais intensa quando sentamos.

Temos de levar em conta que o nervo ciático é o maior nervo do corpo e tem muitas terminações que partem da coluna vertebral. Portanto, a dor pode ser muito difusa e limitante.

Os problemas de ciática só aparecem a partir dos 50 anos e, em geral, se resolvem sem tratamentos cirúrgicos.

3. A artrose vertebral ou espondiloartrose

Ainda que muitos pensem que o problema de artrose se associa à idade avançada, há casos em que este problema tem seu início entre os 30 e os 40 anos, em especial entre as mulheres.

A espondiloartrose é a degeneração do núcleo polpudo do disco intervertebral. Perde a grossura e a densidade. Se os discos da coluna vertebral se mantêm grossos e com consistência gelatinosa, o movimento será harmônico e sem dor.

Não obstante, em ocasiões, os discos se desgastam, diminuindo assim a capacidade de amortização e suporte das vértebras. Aparece a degeneração discal e com ela a dor.

Segundo dados médicos, quase 47% dos adultos saudáveis entre 35 e 50 anos apresentam degeneração discal, ou seja, de dores pontuais na parte baixa das costas.

Vale a pena conhecer o que determina o aparecimento deste problema tão comum:

  • É importante manter um peso adequado e levar uma vida ativa. A carga excessiva pode acelerar o processo degenerativo.
  • É fumante? Pois então deverá saber que o tabagismo acelera a degeneração discal. Por isso, seria conveniente que começássemos a deixar este hábito tão perigoso.
  • A degeneração dos discos tem um alto peso genético. Quase 60% das pessoas que sofrem disso que herdou de seus pais.
  • Cuidado também com o tipo de trabalho que temos. Se carregarmos peso ao longo do dia, a degeneração se acelera. É importante cuidar adequadamente das costas para prevenir estes problemas tão incapacitantes.

Leia também os melhores conselhos para cuidar de seus rins

4. Uma infecção

Dor na parte baixa das costas por doenças nos rins

Uma das possíveis causas de dor na parte baixa das costas é por infecção associada a algum órgão situado na pélvis.

É algo que muitos não sabem, porque o mais comum é associar este problema com alguma doença relacionada como a coluna vertebral, os músculos, os nervos ou outras estruturas nesta região das costas.

Agora, só ressaltando que, em ocasiões, esse ardor intenso na área lombar pode ter origem em algum problema renal ou ginecológico que não devemos descuidar:

  • A dor na parte baixa das costas pode ocorrer devido a uma infecção nos rins.
  • Podemos ter algum cálculo renal.
  • Os cistos no ovário ou a endometriose também se desenvolvem com dor na parte baixa das costas.

Concluindo, tal como pode ver, este incômodo pode ter muitas origens. Se for uma dor pontual que desaparece em algumas horas ou dias, o mais provável é que se deva a uma má postura.

Agora, se for uma dor crônica e que te impede de ter uma vida normal, não deixe de procurar seu médico. É importante conhecer sempre a causa desta dor. Sua saúde merece isso.