Desânimo e tristeza: 4 conselhos para vencer estes males

4 conselhos para vencer o desânimo e a tristeza

A tristeza faz parte da vida, mas parece que a nossa sociedade está sempre valorizando a alegria, o entusiasmo, a vibração. A tristeza e o desânimo, assim como outros sentimentos “negativos” não têm espaço na mídia, nas revistas femininas ou nas conversas do nosso dia a dia, mas psicólogos alertam que tentar “excluir” esse sentimento de nossas vidas não é bom.

Isso porque as perdas, frustrações, desentendimentos, dificuldades, carências e tantas outras situações que nos fazem sentir o desânimo e a tristeza são normais. Se lidarmos bem com essas fases difíceis, sairemos fortalecidos e muito mais confiantes para viver plenamente nosso potencial na vida.

Confira algumas dicas para vencer o desânimo e a tristeza:

1. Invista no amor em si mesmo para acabar com o desânimo

Amar a nós mesmos é o primeiro e mais importante passo para uma vida feliz, pois é somente assim que poderemos amar aos outros realmente.

Invista no amor em si mesmo para acabar com o desânimo

Quem se ama, se cuida e encontra maneiras de cultivar a alegria no dia a dia. Algumas boas maneiras de fazer isso são:

– Alimentar-se bem e cuidar da saúde

Faça dos cuidados com seu corpo uma rotina diária. Reserve tempo para atividades físicas que lhe dão prazer e invista em uma alimentação balanceada e saudável. Se estiver acima do peso – o que pode contribuir para a depressão, em alguns casos – enfrente o problema e siga um plano de emagrecimento.

– Renovar o guarda-roupa

Um guarda-roupa bem arrumado, repleto de roupas, sapatos e acessórios lindos tem um impacto grande no bem-estar. E também é um sinal de cuidado pessoal. Doe ou venda as roupas de que já não gosta mais (sites como o Enjoei são boas opções para isso) e renove as peças.

Use roupas que expressem sua personalidade e não deixe de investir na lingerie. Especialistas em moda afirmam que vestir-se apropriadamente começa na escolha das roupas íntimas, então garanta que sua lingerie faça você se sentir mais sexy e atraente também.

Afirmações positivas combatem o desânimo

– Usar afirmações positivas

Um exercício clássico para melhorar a autoestima é ficar cinco minutos na frente do espelho apenas elogiando a si mesmo. Se uma crítica passar pela sua cabeça (como, por exemplo, “minhas sobrancelhas estão horríveis!”), deixe-a ir, com calma, e diga um elogio a si mesmo em voz alta.

Para funcionar, os elogios devem ser sinceros. Procure olhar nos seus olhos enquanto se elogia e deixe as emoções fluírem.

Você também pode anotar afirmações positivas em cadernos, agendas ou post-its, e espalhar pela casa. O livro “Você pode curar sua vida”, de Louise Hay, tem várias afirmações positivas e curativas, que você pode usar no dia a dia.

– Elimine relacionamentos tóxicos

Os relacionamentos são muito importantes para nosso bem-estar. Por isso, saiba identificar quais relações são tóxicas para você no momento. Após identificá-las, procure mudar a maneira como se relaciona com essa(s) pessoa(s).

Você merece ser respeitado e, se o outro não concorda, o melhor é deixar esse relacionamento, que não faz bem nem a você nem à outra pessoa. Você atrairá pessoas que gostem de você pelo que é, à medida que gostar mais de si mesmo.

2. Conheça-se melhor

Uma boa maneira de afastar o desânimo é conhecer seus próprios sentimentos. Você pode fazer isso tendo um diário em que escreva todos os dias ou quando sentir vontades. Reserve 15 minutos para esse ritual: vá para um lugar calmo e reservado, com uma xícara de chá, acenda uma vela ou incenso e escreva sem se censurar.

Esse estilo livre de escrita é perfeito para fazer aflorar nossos sentimentos mais profundos. Quando terminar, não leia imediatamente o que escreveu. Guarde o diário e leia-o depois de algumas horas ou até depois de alguns dias. Com o tempo, você conhecerá melhor suas reações a certas pessoas, situações e sentimentos, e poderá lidar melhor com os problemas na vida.

Dormir bem ajuda a combater o desânimo

3. Regule o sono para combater o desânimo

Acordar e deitar-se cedo, são hábitos saudáveis que podem espantar a tristeza e o desânimo. Quando vamos deitar depois da meia noite e acordamos com uma xícara (ou duas) de café, é hora de rever nossos hábitos.

Dormir mal aumenta o estresse e desregula os hormônios, o que pode desencadear ansiedade e depressão. Acordar cedo, tomar um café da manhã saudável e realizar algum tipo de atividade física que dê prazer garante uma dose extra de energia que vai durar o dia todo.

4. Faça planos!

Ter um plano de carreira e cultivar sonhos na vida faz com que nos sintamos muito mais motivados para pular da cama todas as manhãs e para batalhar pelos nossos desejos.

Se você “desistiu de sonhar” porque se frustrou no passado, saiba que todas as pessoas de sucesso tiveram que lidar com fracassos ao longo da trajetória, mas nunca desistiram.

Faça planos para evitar o desânimo

Estabeleça seus planos, metas realizáveis e ponha mãos à obra para realizá-los. Se necessário, procure ajuda. Você vai se impressionar como o “universo conspira a favor” de quem sabe o quer e luta para consegui-lo.

Se nada der certo, procure ajuda. A tristeza e o desânimo crônicos podem ser sinal de um problema mais sério, como a depressão, que causa alterações químicas no cérebro. Procure a ajuda de um bom terapeuta.