4 dicas milagrosas para reduzir a cintura em uma semana

4 dicas milagrosas para reduzir a cintura em uma semana

Para reduzir a cintura devemos tentar reduzir os alimentos ingeridos na hora do jantar, pois o nosso organismo não queima a energia acumulada e esta se converte em gordura.
4 dicas milagrosas para reduzir a cintura em uma semana

Reduzir a cintura pode ser uma tarefa complicada para algumas pessoas, pois pode ser difícil de remover a gordura localizada por motivos genéticos, metabólicos, problemas hormonais, etc…

Embora nós pensemos que a solução é seguir uma dieta, algumas partes do corpo resistem, como é o caso do abdômen.

Neste artigo vamos dar 4 dicas muito eficazes e surpreendentes para reduzir a cintura em uma semana de uma maneira muito mais simples do que você imagina.

Por que é tão difícil reduzir a cintura?

Ter uma cintura de modelo é o sonho de muitas mulheres, que querem obter uma silhueta mais feminina potencializando as curvas do quadril.

No entanto, é uma parte do corpo em que a gordura pode acumular-se mais facilmente, mesmo que a mulher seja magra.

Abaixo você encontra quais podem ser as possíveis causas, além da genética.

  • Desequilíbrios hormonais, como durante a menopausa
  • Gravidez
  • Distúrbios digestivos
  • Metabolismo lento
  • Estilo de vida sedentário
  • Alimentos ricos em açúcares e refinados
  • Abuso de álcool
  • Estresse

Veja também: Estresse e ansiedade? Sinta-se melhor com estas batidas naturais

Reduza os jantares

O jantar é a refeição do dia que mais engorda e os seus efeitos são visíveis, em especial na cintura. A boa notícia é que ela também é o lugar em que primeiro vamos perceber os benefícios se começarmos a mudar a dinâmica do jantar, como suas quantidades e seu horário.

Algumas pessoas queixam-se de que é muito difícil jantar mais cedo devido à rotina que possuem. No entanto, elas podem encontrar uma maneira de fazer um lanche no meio da tarde e, à noite, comer algo mais leve.

Há também outros que se queixam de que o jantar é o momento para reunião de família, por isso seria um sacrifício muito grande fazer esta mudança.

Nesse caso, recomendamos escolher receitas leves e fáceis de preparar e ter a força de vontade para consumir porções menores. O lanche prévio é, portanto, uma grande ajuda para não ficar ansioso na hora do jantar.

Na manhã seguinte notaremos uma cintura mais fina, o que nos dará o incentivo para continuar a mudança de hábito.

 Controle as porções

controlar-porções-perder-cintura

O que dissemos sobre as quantidades para o jantar deve ser um das nossos objetivos em cada refeição.

Não se trata de passar fome, mas de encontrar o ponto exato no qual poderíamos comer mais mas, na verdade, não precisamos. Na verdade, se pudermos esperar 5 ou 10 minutos, a suposta fome desaparecerá.

A diferença é fundamental, porque é nesses momentos que comemos o que menos deveríamos, como pães ou doces.

Uma dica é se acostumar a tomar uma infusão digestiva após as refeições. Também irá ajudar se você mastigar bem cada mordida, pois isso fará com que você se satisfaça mais rápido.

Aumente as proteínas

aumentar-proteínas-perder-cintura

Talvez você já tenha ouvido falar de dietas ricas em proteínas que prometem resultados milagrosos em um curto espaço de tempo. Na verdade, elas não funcionam, e são prejudiciais para o fígado e os rins, pois produzem um efeito contrário depois de um tempo.

No entanto, temos que enfatizar a importância de consumir proteína, que pode ser de origem animal ou vegetal, para a perda de peso e, acima de tudo, reduzir a cintura. Também não podemos nos esquecer, é claro, de outros alimentos para uma dieta equilibrada.

Fontes de proteína animal:

  • Carne
  • Peixes e frutos do mar
  • Ovos
  • Laticínios

Fontes de proteína vegetal:

  • Leguminosas
  • Oleaginosas e sementes
  • Grãos integrais
  • Abacate

O ideal é comer uma porção de proteína em cada refeição, combinando animal com vegetal e acompanhando com vegetais crus e cozidos. Por fim, corte os grãos e farinhas e procure ingerir aqueles do tipo integral.

Recomendamos que você leia: Isso é o que acontece com o colesterol ao comer um abacate por dia

Escolha bem as gorduras

Sim, gorduras são muito importantes. E para não reduzi-las, como muitos nutricionistas dizem, saiba escolhê-las com sabedoria.

As gorduras saudáveis podem nos ajudar a perder peso, reduzir a cintura e combater a acumulação de gordura em outras partes não estéticas.

Essas gorduras devem ser utilizadas pelo corpo para outras funções enquanto o obrigam a aumentar o gasto de energia.

Devemos ingerir, portanto, em cada refeição, uma porção de gorduras benéficas:

  • Oleaginosas e sementes
  • Abacate
  • Óleos vegetais prensados a frio (azeitona, coco, gergelim, gérmen de trigo, etc)
  • Peixes
  • Gema de ovo
  • Laticínios, como iogurte ou queijo de cabra ou ovelha, ou ghee.