5 alimentos anticancerígenos que não podem faltar na dieta

5 alimentos anticancerígenos que não podem faltar na sua mesa

Aproveite os benefícios  que a natureza pode oferecer para a sua saúde. A seguir contamos a você que alimentos podem ajudar a prevenir o temido câncer.

O melhor tratamento é a prevenção. Em especial, quando nos referimos a doenças tão graves como o câncer.

Se nós tivermos certa predisposição genética a sofrê-lo, já o superamos em alguma ocasião ou, simplesmente, quisermos preveni-lo por meio da alimentação, neste artigo apresentamos os alimentos com mais propriedades anticancerígenas, para que eles sejam incluídos nos seus menus diários.

O brócolis

Todos os vegetais crucíferos são alimentos que previnem o câncer de próstata, de mama, de pulmão e de cólon. A couve, a couve-flor, etc. Mas, entre todos eles queremos destacar o brócolis por seu conteúdo em vitaminas C e E e minerais, como o cálcio e o ferro.

A maneira mais habitual de consumi-lo é cozido ou ao vapor. Mas para potencializar ainda mais seus efeitos, recomendamos cozinhá-lo pouco para que mantenha a cor verde e a textura crocante, de maneira que não perca suas propriedades.

Também podemos germinar sementes de brócolis e acrescentá-las às saladas e outros pratos. O brócolis germinado tem um sabor delicioso e original e é a forma mais nutritiva e vital de comê-lo.

Também destacamos uma variedade de brócolis que se tornou muito famosa nos últimos anos e que é conhecida como couve-de-folhas. Esta variedade é também um potente anticancerígeno que evita o crescimento tumoral e, além disso, bloqueia determinadas substâncias presentes em tudo aquilo que for cancerígeno.

Consuma brócolis é outros alimento anticancerígenos

A cúrcuma

Poucas especiarias têm tantas propriedades como a cúrcuma. Essa raiz tem numerosos componentes anticancerígenos que inibem o crescimento de muitos tumores e, além disso, é muito útil quando se está tomando medicação para o câncer, já que ajuda a superar seus efeitos colaterais.

Por outro lado, a cúrcuma contém curcumina, um componente anti-inflamatório que melhora notoriamente a qualidade de vida das pessoas que sofrem de dores, reumatismo, fibromialgia, fatiga crônica, etc.

A cúrcuma pode ser tomada como um suplemento. Mas, é muito mais simples e econômico acrescentá-la a qualquer receita que realizemos. Gastronomicamente, ela é utilizada como corante e para matizar o sabor de alguns pratos, mas o certo é que a podemos usar em pequenas quantidades em todo tipo de ensopados, sopas, arroz, cremes ou inclusive sobremesas, como vitaminas, mingaus ou bolos.

O chá verde é anticancerígenos

Essa deliciosa infusão, que nos chega do continente asiático, mas que se consome hoje em dia em todo o mundo, tem propriedades anticancerígenas, se for consumida diariamente. Além disso, ela atrasa o envelhecimento celular, combate a retenção de líquidos, limpa a pele de impurezas e acalma os efeitos das alergias.

Você terá que considerar que, apesar de que reduz o estresse, tem efeitos ligeiramente estimulantes por seu conteúdo em teína.

Para nos beneficiar com seus efeitos positivos, devemos consumir um chá verde no meio da manhã e outro no meio da tarde, sempre separados das refeições e sem adicionar açúcar.

Consumir chá verde e outras bebidas com benefícios anticancerígenos

A beterraba

A beterraba é um vegetal cuja parte mais consumida é a raiz. Contém quantidades importantes de vitamina B e C, minerais como o potássio, o ferro, o sódio ou o magnésio e fibra.

Do mesmo modo que a maioria dos alimentos de cor arroxeada, a beterraba é um alimento que nos ajuda a prevenir o câncer, já que ele nos contribui com energia e vitalidade e limpa o nosso organismo de toxinas. Ela também tem propriedades anti-inflamatórias e reduz o risco de sofrer de doenças cardiovasculares.

Podemos consumi-la crua ou cozida. Se tivermos a oportunidade de adquirir beterrabas orgânicas, também são muito benéficas as partes das folhas e os caules, que podemos acrescentar às saladas.

A beterraba está entro os alimentos anticancerígenos

A uva vermelha

Tal como acontece com a beterraba, a cor arroxeada da uva vermelha nos indica que essa deliciosa fruta também é considerado um alimento anticancerígeno que funciona de maneira preventiva graças aos antioxidantes conhecidos como bioflavonoides.

Por outro lado, a uva vermelha contém resveratrol, um nutriente muito conhecido nos últimos anos também em cosmética, mas que, neste caso, inibe o crescimento das células cancerígenas.

Se consumirmos uvas vermelhas que não tenham sido expostas a pesticidas não devemos desperdiçar a casca. Também podemos comer suas sementes, que são uma das partes mais nutritivas desta fruta.

Imagens por cortesia de elana’s pantry, bkajino e Larry.