5 benefícios que se obtém ao parar de usar saltos - Melhor Com Saúde

5 benefícios que se obtém ao parar de usar saltos

Os saltos podem nos ajudar a exibir pernas mais estilizadas, mas na verdade impedem a circulação e é um dos culpados pelo aparecimento de varizes.
5 benefícios que se obtém ao parar de usar saltos

Os saltos são um dos tipos mais utilizados de calçados para as mulheres. Suas formas, cores e tamanhos permitem destacar a imagem e refletem uma parte importante da personalidade.

No entanto, depois de usá-los por um tempo prolongado ou de forma contínua existem alguns efeitos colaterais sobre a saúde que devem ser considerados antes da estética em si.

Enquanto não é ruim usar saltos uma ou outra vez, o melhor é evitar a frequência no uso, para prevenir problemas nas costas, nas pernas e em outras partes do corpo.

Como sabemos que, apesar de tudo isso, muitas pessoas usam diariamente o salto, queremos revelar 5 coisas boas que acontecem quando deixamos de usá-lo.

1. Deixar de usar salto evita as dores nas costasMulher com dor nas costas por usar salto

O uso do salto inclina a pélvis, fazendo com que os glúteos pareçam firmes. O problema é que isso aumenta a pressão na zona inferior da coluna vertebral e nos músculos que a compõe.

Em casos particulares isso leva a uma condição chamada espondilolistese, que é o deslizamento de uma vértebra sobre a outra, o que resulta em danos nos nervos e dor intensa.

Uma vez que você usa menos os sapatos com saltos altos, a coluna vertebral volta a posição inicial e, de forma quase instantânea, a dor e a tensão são aliviadas.

Portanto, quanto menos você utilizar sapatos altos, mais irá diminuir o risco de ter doenças e dores na coluna.

Veja Também: Rotina de alongamentos de 8 minutos para aliviar a dor nas costas

2. Não mais calcanhar de Aquiles

Quando os pés se elevam com os saltos, a pressão sobre o calcanhar aumenta e desenvolve uma condição conhecida como calcanhar de Aquiles.

Nas pessoas com fascite plantar ocorre uma inflamação na região grossa que conecta o calcanhar e os dedos dos pés, piorando a dor já existente.

Depois de deixar de lado esse calçado, substituindo-o por outro mais confortável, em questão de semanas o tendão deixará de causar problemas e irá recuperar seu tamanho normal.

Todas as dores nas extremidades inferiores desaparecem, já que o músculo se liberta do excesso de tensão.

3. O joelho de corredor desapareceMulher com dor no joelho por usar salto

 

joelho de corredor é um termo muito utilizado pelos profissionais de saúde para se referir a condições que afetam essa parte do corpo.

É um tipo de lesão derivada da sobrecarga que têm os corredores, mas também pode ser produzida por outras atividades que impliquem flexões constantes.

Com os sapatos de salto alto, o centro da gravidade se move para frente, aumentando a tensão nos tendões e ligamentos do joelho.

Isso não provoca somente dor, mas produz inflamação e dificuldades de movimentação.

Apesar de existirem vários fatores que podem provocar este problema, vale a pena notar que os saltos são uns dos responsáveis.

4. Melhora o equilíbrio

Por mais que você tenha experiência com o uso desse tipo de sapatos existe uma grande probabilidade de você cair ou se lesionar.

O excesso de força produzido entre os músculos que rodeiam o tornozelo aumenta a sua instabilidade e, consequentemente, o equilíbrio é reduzido.

Caminhar com sapatos planos, no entanto, melhora o estado desse grupo muscular e permite que trabalhem conforme deveriam. Com isso, promovem a estabilidade e há menor probabilidade de ter dor e quedas recorrentes.

Recomendamos que você leia: 6 Remédios naturais para desinchar tornozelos, pés e pernas

5. Evita as varizesMulher com varizes por usar salto

Apesar da falta de evidência científica que mostre a relação entre o uso de sapatos de salto alto e o aparecimento de varizes, alguns especialistas concordam em dizer que produzem dificuldades na circulação.

O uso desse calçado, em especial, o conhecido como “salto agulha”, aumenta a pressão nas pernas e dificulta o fluxo sanguíneo.

Como o sangue não é transportado de forma correta, a médio e longo prazo surgem esses pequenos vasinhos e varizes, que podem representar um problema para os pés e pernas.

É claro que, ao escolher sapatos mais planos e confortáveis, a mobilidade sanguínea volta ao seu estado normal e diminui esse risco.

Em conclusão… embora o sapato de salto alto seja um acessório muito elegante e apropriado para muitas ocasiões, é melhor reduzir a sua utilização ao máximo para evitar riscos desnecessários.

Temos certeza que você encontrará uma forma mais saudável para mostrar seu estilo todos os dias. Pense em sua saúde!