Maneiras de controlar o seu apetite e perder peso

5 maneiras de controlar o seu apetite e perder peso

Não dormir o tempo suficiente, dificulta a produção de leptina, que é o hormônio responsável por enviar o sinal de saciedade ao nosso cérebro
Maneiras de controlar o seu apetite e perder peso

Um dos truques mais eficazes para perder peso, e para não falhar na tentativa, consiste em comer menos, mas sem estar faminto ou ansioso.

Ter um apetite ativo a maior parte do tempo, é um dos primeiros passos para o fracasso do regime,  bem como para o consumo excessivo de calorias.

Por essa razão, independentemente de todos os esforços que se façam para emagrecer,  é muito importante aprender a controlar o apetite e vencer essa falsa sensação de fome quando as “tentações” atravessam o nosso caminho.

Quando o corpo não está acostumado a se alimentar de forma saudável e moderada, é muito provável que tenha dificuldade em conter o desejo excessivo de comer.

Felizmente, existem várias orientações e conselhos que podem nos ajudar a vencer esse obstáculo  e a atingir o objetivo em pouco tempo. Interessada em saber quais são as maneiras de controlar o seu apetite e perder peso?

1. Coma devagarControlar-o-seu-apetite

A complexidade do corpo humano é o que torna este hábito tão importante. Depois de ingerir os alimentos, os nervos  do estômago enviam o sinal de satisfação até ao cérebro, mas pode levar entre 10 a 30 minutos para que se cumpra a supressão do apetite.

Devido a esse atraso, é muito provável que a pessoa continue a sentir necessidade de comer até que o organismo detecte a saciedade.

Qual é a solução?

A melhor forma de evitar esses excessos é levar o tempo suficiente para comer bem e mastigar de forma adequada os alimentos.

Esta simples regra dará o tempo suficiente ao cérebro  para que ele envie as ordens de satisfação e, o melhor de tudo, facilitará a digestão.

Ver também:  Os benefícios em comer a cada três horas

2. Alimente-se antes de sentir fome

Passar muito tempo sem comer provocará uma sensação de fome  incontrolável  que, posteriormente, levará você a “exagerar”.

E o excesso de comida cria uma sensação de saciedade e aumenta os níveis de insulina, fazendo com que o corpo se sinta cansado e, mais tarde, com mais fome.

Qual é a solução?

Em vez de esperar até sentir fome, aconselha-se comer várias porções durante o dia. Mas, obviamente, devem ser sempre alimentos de boa qualidade e ricos em nutrientes.

Isso não só ajudará a reduzir o apetite, mas também a manter o metabolismo ativo para melhorar a capacidade de queimar gorduras.

3. Durma bemDormir-bem-para-controlar-o-seu-apetite

Muitas pessoas não o sabem, mas existe uma relação entre a qualidade do sono noturno e a capacidade de controlar a sensação de fome.

A falta de um descanso adequado faz aumentar o desejo de ingerir doces, gorduras e carboidratos e, além disso, pode levar a graves problemas de saúde a médio ou longo prazo.

Durante as horas de sono, o organismo segrega um hormônio conhecido como leptina, que atua sobre a insulina para queimar as células de gordura e dar uma maior sensação de saciedade.

Não dormir o tempo suficiente, não ativa os benefícios desta substância e a ansiedade é maior.

Qual é a solução?

Organizar os horários do sono para dormir entre 7 a 8 horas diárias, sem interrupções.

4. Aumente o consumo de água

Mais de metade das pessoas sofre de algum grau de desidratação devido ao consumo reduzido de líquidos saudáveis.

E o que a maioria no sabe é que esse estado tem efeitos negativos na saúde e, além disso, pode gerar uma sensação que se confunde com a fome.

A falta de hidratação provoca uma sensação de cansaço e de pouca energia, o que nos pode levar a comer em excesso.

Qual é a solução?

Ingerir uma boa quantidade de água por dia, incluindo aquela contida em frutas e verduras.

Recomendamos que você leia:  Saiba como preparar água de chia com limão para emagrecer

5. Tenha cuidado com as calorias líquidasCalorias-líquidas-para-controlar-o-seu-apetite

O organismo tem o poder de digerir mais rapidamente os líquidos que os sólidos. Quando se ingerem “calorias líquidas” ocorre um incremento de açúcar no sangue que pode aumentar a necessidade de comer.

O problema é que muitas pessoas pensam que essas bebidas são inofensivas e que se podem eliminar tão facilmente como a água.

Mas, na verdade, por serem tão ricas em açúcar,  têm um efeito negativo que pode alterar o funcionamento normal do metabolismo.

Qual é a solução?

Limite o consumo de lácteos, bebidas esportivas e de todo o tipo de refrescos. Em seu lugar, aumente o consumo de água, chás e sucos naturais.

E isso é tudo. Seguindo estes simples conselhos e sendo perseverante com o regime você poderá ver os resultados em questão de dias.  O mais importante é não se render e eliminar todos esses obstáculos que aparecem para levar você ao fracasso. Comece agora!