Os 5 maus hábitos que praticamos quando queremos perder peso

Os 5 maus hábitos que praticamos quando queremos perder peso rapidamente

Em vez de seguir dietas sem sentido por nossa conta, se quisermos perder peso é conveniente consultar um nutricionista para formular um plano alimentar adequado às nossas necessidades.

Talvez um dos objetivos mais traçados, tanto por homens quanto por mulheres, seja o de perder peso.

Muitas pessoas transformam esse objetivo em uma obsessão, e podem chegar a causar a si mesmas diversos problemas, não somente físicos como também psicológicos.

Há inúmeras opções para perder peso, que são utilizados de forma incorreta ou, simplesmente, não são adequadas para o organismo.

Em primeiro lugar, o mais recomendável é integrar ao dia a dia os pilares de um estilo de vida saudável. São eles:

  • Uma alimentação balanceada
  • Praticar exercícios físicos (no mínimo três vezes por semana)
  • Dormir bem (pelo menos oito horas por noite)

Em segundo lugar, ir ao médico de confiança e solicitar assistência; convém visitar também o nutricionista e um profissional da saúde física para aprender sobre o processo de perder peso.

Por último e não menos importante, evitar os maus hábitos e não se deixar levar pela ansiedade. 

Falando de coisas não recomendadas para a perda de peso, vamos mostrar alguns dos erros mais praticados para evitar que você caia neles. Não perca!

1. Evitar o café da manhã para perder peso

Dietas restritivas não ajudam a perder peso

Há uma frase clichê sobre a alimentação que diz que “o café da manhã é a refeição mais importante do dia”; apesar de ser tão repetida e ouvida, tem muita razão.

O organismo vem de um processo de descanso bastante prolongado, ao passo que o café da manhã significa a ativação do metabolismo posterior a este, a obtenção de energia, e o primeiro passo para enfrentar a rotina diária.

Leia também: Os 7 alimentos que atuam como redutores de apetite quando você está com ansiedade

Entretanto, na ânsia por perder peso, uma grande maioria de pessoas o evita, afirmando que é desnecessário.

De fato, a única coisa que acontece nesse sentido é uma alteração do metabolismo; consequentemente, perder peso torna-se algo muito mais complexo. 

Inclusive, pode-se produzir um aumento da massa do organismo.

2. Seguir dietas sem sentido

Claro, a dieta é constituída por alimentos consumidos ao longo do dia. A primeira recomendação gira em torno de comer saudavelmente, que é sinônimo de comer de forma balanceada.

Tanto para perder peso como para manter-se em ótimas condições de saúde, é necessário procurar ingerir todo tipo de alimento.

No entanto, deve-se dar uma grande ênfase às verduras, frutas e carnes magras e, é claro, evitar excessos.

O erro exposto em relação a esse hábito negativo para perder peso faz referência à adoção de dietas sem sentido ou únicas, ou seja, aquelas coisas promovidas como “milagrosas” para a perda de peso.

As únicas coisas que estes tipos de dietas fazem é prometer, lucrar às custas da ignorância, e pôr em risco a saúde daquelas pessoas desesperadas para atingir seu objetivo.

3. Dormir mal

Mulher com insônia

Um dos princípios ou hábitos básicos e fundamentais para uma boa saúde é ter um sono reparador. Isto se adquire através de um ambiente saudável, agradável e confortável.

Quando uma pessoa dorme mal ou não se sente descansada no dia seguinte, o mais provável é que apareça a ansiedade.

Assim, pode aparecer o desejo insaciável de consumir diferentes tipos de alimentos ao longo do dia. Obviamente, isso acaba influenciando de forma negativa o processo de perda de quilos.

4. Comer sozinho para perder peso

Mesmo que possa parecer um pouco melancólico, comer em completa solidão vai além de se sentir entediado.

Esta prática contribui para uma aceleração diante das porções de comida presentes na colher.

Basicamente, uma pessoa que come sem companhia come mais rápido; isto implica em não digerir os alimentos de forma adequada, fazendo com que perder peso se torne uma tarefa impossível.

5. Levar uma vida sedentária

Vida sedentária

Um dos hábitos mais nocivos na vida de um ser humano é o sedentarismo.

Este não só influencia as ambições de perder peso, como também pode favorecer o desenvolvimento de doenças crônicas.

Entre elas, destaca-se a obesidade. É uma das doenças mais perigosas, a qual chega a causar mortes e outros tipos de problemas.

Neste sentido, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda praticar exercícios no mínimo três vezes por semana.