5 motivos para consumir babosa se você sofre de gastrite

5 motivos para consumir babosa se você sofre de gastrite

Graças a sua textura gelatinosa e seus múltiplos nutrientes, a babosa nos ajuda a aliviar a sintomatologia da gastrite e a cicatrizar os tecidos danificados.
5 motivos para consumir babosa se você sofre de gastrite

O consumo de babosa pode nos ajudar de muitas formas. Apesar de grande parte de sua composição ser de água, ela também contém um grande número de aminoácidos, enzimas e minerais que cuidam de muitas das funções de nosso organismo.

Precisamos considerar que diante de todo problema de saúde serão sempre os médicos que nos indicarão o tratamento que devemos seguir.

Porém, para completar ditos tratamentos nunca é demais pôr em prática estas simples pautas cotidianas onde a babosa se transforma em uma boa aliada para combater muitas doenças.

Um exemplo disso é a gastrite. Todos sofremos deste problema em alguma ocasião. O revestimento de nosso estômago se inflama e surge a dor, o mal-estar, a falta de apetite…

Apesar de geralmente não ser uma doença grave, há casos em que a gastrite pode se tornar crônica.

Há muita gente que sofre do que se conhece como gastrite emocional, onde o estresse e a ansiedade afetam diretamente o nosso chamado “segundo cérebro”.

Em qualquer caso, seja qual for a origem de nossa gastrite, a babosa vai se transformar em uma ajuda que vale a pena considerar.

A seguir explicaremos 5 de seus benefícios.

Porque devemos consumir babosa quando sofremos de gastrite?

A babosa é uma das plantas mais adequadas para tratar qualquer problema digestivo. Isso se explica antes de tudo por seu poder anti-inflamatório, sedativo e cicatrizante.

Descubra também como fazer um sabonete de babosa com efeito hidratante

Até não faz muito tempo a maioria das indústrias farmacêuticas a utilizavam para tratar problemas da pele. O tratamento de doenças como o eczema ou as queimaduras costuma obter um bom resultado graças a esta planta.

gel-aloe-vera

Já faz alguns anos que os benefícios de ingerir a babosa têm sido pesquisados. O Instituto de Ciência e Medicina Linus Puling, de Oregon (Estados unidos), está desde 1985 estudando a composição dessa planta.

Graças aos diversos estudos realizados até o momento, conclui-se que consumir babosa como suplemento em nossa dieta pode nos ajudar a melhorar a digestão, tratar o cólon irritável e aliviar a gastrite e seus sintomas.

Mas atenção, assinalamos mais uma vez que fala-se da babosa como um “suplemento medicinal”, ou seja, ela nunca poderá atuar como um medicamento capaz de curar uma doença.

O que ela fará é aliviar os sintomas e acelerar os mecanismos para encontrar uma melhora.

Vejamos a seguir como esta planta pode nos ajudar.

1. Trata as mucosas digestivas inflamadas

O gênero aloe pertence à família das asfodeláceas ou liliáceas, e uma de suas melhores propriedades terapêuticas é a de atuar sob os tecidos inflamados.

  • A babosa reduz a inflamação. Ela consegue isso ao bloquear a síntese das prostaglandinas. Estes elementos são acompanhados pela sensação de dor e pelas inflamações ou infecções.
  • A atividade anti-inflamatória do gel de babosa ajuda a cicatrizar os tecidos e, por sua vez, estimula o sistema imunológico. Graças a essa atividade e suas enzimas, consegue atuar diante das mucosas do estômago inflamadas por causa da gastrite.

2. A babosa é um poderoso antibacteriano

A gastrite, em muitos casos, é causada por um tipo muito específico de bactéria: a Helycobacter pylori.

Ao ingerirmos a babosa estimulamos o sistema imunológico para enfrentar qualquer micro-organismo. Os monócitos e macrófagos são ativados para tratar qualquer vírus ou bactéria.

Apesar da Helycobacter pylori ser muito resistente, a babosa pode reduzir sua atividade e bloquear seu crescimento.

bacterias

3. É um bom analgésico

A inflamação da mucosa gástrica causa dor. Além disso, é comum que durante a gastrite soframos câimbras estomacais e aquela sensação incômoda de vazio.

A babosa regenera a mucosa estomacal e intestinal graças às suas fibras de colágeno. Isso é importante se sofremos, por exemplo, de gastrite erosiva.

Ainda, graças à angiogênese favorecida pela alantoína e a seu efeito anti-inflamatório e antimicrobiano, vamos encontrando alívio e descanso.

4. Oferece nutrientes para combater a perda de apetite causada pela doença

Durante a gastrite é comum sentir falta de apetite. A inflamação, somada às alterações digestivas e às diarreias, causa um mal-estar geral onde não sentimos fome.

  • Algo tão fácil como tomar água morna com uma colher de babosa dissolvida junto com um fiozinho de suco de limão nos ajudará muito.
  • A babosa dispõe de vitaminas B1, B2, B3, B6, C, E, colina, ácido fólico e minerais como o cálcio, o cromo, o cobre, o ferro, o potássio, o magnésio, o sódio ou o silício.

Toda essa carga nutricional nos permitirá manter o organismo em bom estado, ainda que estejamos comendo um pouco menos.

dores-gastrite

5. Reduz a febre

Cada pessoa apresenta um conjunto de sintomas durante a gastrite. Há pessoas que apresentam vômitos, outras experimentam mais calafrios e enjoos, algumas sofrem de diarreia e outras apresentam febre alta.

  • Tomar babosa nos permitirá diminuir uns décimos de febre graças às suas propriedades antipiréticas. Assim, como mencionamos antes, não deixe de tomar dois copos diários de água morna com babosa.

Mantenha-se hidratado sempre que sofrer de gastrite, faça repouso e, diante de qualquer complicação, não deixe de consultar seu médico.