5 plantas medicinais que melhoram a circulação sanguínea e a saúde cardíaca - Melhor com Saúde

5 plantas medicinais que melhoram a circulação sanguínea e a saúde cardíaca

Os problemas de circulação ocorrem quando os vasos sanguíneos perdem elasticidade, o que faz com que o fluxo sanguíneo ao longo do organismo seja dificultado. Esse problema pode ser causado por quadros como colesterol alto, consumo excessivo de sal, falta de consumo de líquidos e, em geral, levar um estilo de vida sedentário.

Quando uma pessoa sofre de má circulação, corre um alto risco de sofrer doenças cardíacas. Frequentemente também experimentam outros sintomas comuns como, por exemplo, resfriamento dos pés e mãos, sensação de pernas pesadas, enjôos, varizes, celulite, câimbras noturnas, dentre outros. Felizmente, se tomarmos medidas a tempo e ajudarmos nosso organismo em suas funções, poderemos prevenir os problemas de circulação e com isso, melhorar a saúde do coração.

Porque utilizar plantas medicinais para melhorar a circulação sanguínea?

A fitoterapia é um método medicinal que se utiliza desde a antiguidade com diferentes fins. No caso do melhoramento da circulação sanguínea, se concentra no uso de plantas com propriedades que ajudam a diminuir a capacidade coagulante do sangue que, ao serem depurativas, nos  ajudam a combater a retenção de líquidos e eliminar as toxinas presentes no sangue. Por suas propriedades vasomotoras, ajudam a proteger os vasos sanguíneos e lhes proporcionam maior flexibilidade.

Quais são as plantas para melhorar a circulação sanguínea e a saúde do coração?

Alho

Alho

O alho possui propriedades antitrombóticas que evitam a formação de coágulos no sangue e ajudam a melhorar o fluxo sanguíneo. Isso se deve ao seu teor de aliina, bem como a seus componentes sulfurosos.

Como consumi-lo?

  • Consuma meio grama de tintura de alho por dia.
  • Coma um alho cru em saladas.
  • Macere 100 gramas de alho em 400 gramas de vinho tinto e consuma meia colher de sopa antes de dormir.

Ulmária (Filipendula Ulmaria)

Seus principais benefícios se devem aos seus altos teores de flavonoides, dentre os quais são incluídas a quercetina, a rutina e o hiperosídeo. É ideal para melhorar a saúde arterial e as veias, graças aos seus poderoso efeitos antioxidantes.

Como consumi-la?

Prepare uma infusão com duas colheres de sopa de folhas e flores e beba três vezes por dia. Não deixe que a infusão chegue a ferver.

Dente de leão

dente-de-leao

É uma poderosa planta depurativa que nos ajuda a eliminar de forma eficaz os líquidos que são retidos no organismo. Por isso o dente de leão também é um grande aliado da boa circulação sanguínea.

Como consumi-lo?

Prepare uma infusão com folhas secas de dente de leão e beba três vezes por dia.

Cavalinha

cavalinha

Assim como a planta anterior, a cavalinha se destaca por seu poderoso efeito diurético, que nos ajuda a eliminar os líquidos retidos. Relembraremos que a retenção de líquidos piora a circulação e pode trazer problemas cardíacos.

Como consumi-la?

Para cada litro de água, adicione 100 gramas da planta seca e cozinhe durante 30 minutos. Tome a infusão que resultará desse processo pelo menos duas vezes ao dia.

Salgueiro

A casca do salgueiro contém ácido salicílico, que é um dos princípios ativos da aspirina, utilizada como medicamento para melhorar a circulação sanguínea e prevenir ataques cardíacos. O salgueiro tem propriedades anti-coagulantes que ajudam a impedir a formação de trombose ou coágulos no interior das artérias. O consumo dessa planta ajuda a melhorar o fluxo sanguíneo, ao mesmo tempo, previne problemas cardíacos como, por exemplo, os derrames cerebrais, a aterosclerose, ataques cardíacos… Em geral, ajuda a enfrentar problemas derivados da má circulação.

Como prepará-lo?

O salgueiro é uma grande alternativa à aspirina vendida nas farmácias. Para aproveitar todos os seus benefícios basta preparar uma infusão. Utilize duas colheres de sopa pequenas da casca de salgueiro para cada copo de água. Beba um copo da infusão a cada dois dias. Lembre-se que é muito importante consultar as contra-indicações da planta para saber se há algum inconveniente em consumi-la.

Importante!

Antes de começar a consumir quaisquer das infusões dessas plantas, o ideal é consultar previamente um médico, especialmente se você já está tomando medicamentos para tratar a má circulação.