Uvas vermelhas: 5 razões para incluí-las em nossa dieta

5 razões para incluir uvas vermelhas em nossa dieta

Entre os muitos benefícios das uvas vermelhas, destaca-se seu teor de resveratrol, um antioxidante que nos ajuda a prevenir o envelhecimento precoce e frear o dano celular.
Comer uvas vermelhas

As uvas vermelhas são sinônimo de saúde. Apesar de ser verdade que a variedade branca também é benéfica para o nosso bem-estar, a mais escura dispõe de mais antioxidantes.

Há pessoas que não diferenciam cada um dos tipos de uva, mas os entendidos agradecem, acima de tudo, um bom prato de uvas tintas.

O estouro maravilhoso quando as colocamos na boca – com casca e tudo – e deixamos que a combinação entre o ácido e o doce estale é, sem dúvidas, uma das melhores sensações quando chega a temporada da uva.

Agora, como sempre acontece quando falamos em alimentação, a chave está no equilíbrio. Consumir esta fruta de forma adequada, ao longo do dia, fará com que ganhemos mais juventude e, principalmente, mais saúde.

A seguir explicamos 5 boas razões pelas quais todos deveriam incluir as uvas vermelhas em sua dieta. Confira.

1. As uvas vermelhas e o resveratrol

As uvas tintas possuem, tanto na casca quanto nas sementes, resveratrol (fitoalexina), que costuma ser chamado de “molécula da juventude”.

  • O resveratrol serve à uva como proteção, já que atua como uma barreira frente às agressões externas.
  • Essa virtude do resveratrol fez com que a indústria farmacêutica tenha se interessado pelas propriedades desta fruta.
  • As uvas tintas nos ajudam a prevenir o envelhecimento precoce graças a sua alta concentração de antioxidantes.
  • Para se beneficiar delas, não deixe de preparar um suco natural. Porém, lembre-se de incluir a casca, a polpa e as sementes.
  • Graças ao suco natural de uvas tintas cuidaremos de nosso sistema circulatório.
  • Também não podemos esquecer que o resveratrol combate a inflamação e nos ajuda a eliminar a presença de patógenos no sangue.

uvas-vermelhas

2. Consuma uvas vermelhas para reduzir a hipertensão

Tanto a fibra insolúvel quando o potássio das uvas cuidam da saúde de nosso coração. De fato, o interessante teor de potássio presente nas uvas tintas as converte em frutas muito recomendáveis para pessoas com pressão alta.

  • Se consumimos entre 15 a 20 uvas reduzimos nosso nível de sódio.
  • Podemos comer uvas vermelhas combinando-as em saladas. Uma ideia deliciosa que você pode experimentar nos almoços ou jantares.

3. Adeus à prisão de ventre

As uvas tintas podem ser realmente eficazes na hora de tratar a prisão de ventre.

  • Consumidas no café da manhã, são um dos melhores laxantes naturais que podemos ingerir.
  • Graças ao ácido orgânico, ao açúcar e à celulose, conseguimos tonificar os músculos intestinais e do estômago.
  • Se as consumimos de forma regular podemos enfrentar inclusive a prisão de ventre crônica.

Porém, e isso é importante lembrar, quem sofre de diarreia deve evitar comer uvas.

vitamina-de-uvas-vermelhas

4. A doença do Alzheimer e as uvas vermelhas

Segundo um estudo realizado no Mount Sinai Medical School (Nova York, Estados Unidos) o resveratrol poderia nos ajudar a frear o avanço do Alzheimer.

  • O poder antioxidante das uvas tintas fortalece a memória e nos protege da doença de Alzheimer.
  • O resveratrol reduz o impacto da deterioração cognitiva leve das primeiras fases da doença.
  • Além disso, controla-se o metabolismo oxidativo do Alzheimer, até o ponto de ser mais eficaz do que o chá verde.

Os especialistas assinalam que o consumo de vinho tinto e de uvas naturais melhora de forma notável a função cerebral.

5. Prevenir o câncer graças às uvas vermelhas

O consumo de uvas tintas pode ser interessante para enfrentar várias doenças como o câncer de mama ou o colorretal.

  • Instituto Americano para a luta contra o Câncer realizou interessantes estudos a respeito.
  • Sabe-se que tanto as antocianinas quanto as proantocianidinas das uvas tintas freiam a proliferação das células tumorais.
  • Além disso, tanto os polifenóis quanto o resveratrol são agentes antioxidantes e anti-inflamatórios que freiam o dano celular causado pelo câncer.

uvas-vermelhas-prevenir-o-cancer

Também é muito adequado para todos os pacientes que se encontrem em pleno tratamento de quimioterapia.

  • O suco de uva é energizante. Além disso, reforça o sistema imunológico e nos permite reforçar a ação do próprio tratamento.
  • Graças ao seu poder anti-inflamatório, aliviaremos os efeitos colaterais associados à quimioterapia.

Para concluir, seria interessante aproveitar a temporada das uvas vermelhas para consumi-las diariamente. Apesar de não ser um medicamento, elas atuam como mediadores de saúde e bem-estar.