5 sinais que indicam que você deve eliminar o glúten de sua dieta

5 sinais que indicam que você deve eliminar o glúten de sua dieta

Se você sofrer com algum destes sintomas, não significa que deve eliminar o glúten de sua dieta. Se você apresentar vários deles, talvez seja necessário consultar um médico.
5 sinais que indicam que você deve eliminar o glúten de sua dieta

O fato de, cada vez mais, surgirem novas informações sobre este problema, junto com o aumento de casos diagnosticados, faz com que muita gente se pergunte se deve eliminar o glúten de sua dieta.

Inclusive, há quem tenha optado por fazer isso, ainda que não tenha detectado nenhum problema. Por isso, quisemos dedicar um espaço a essa questão.

Acreditamos ser necessário destacar quais os principais indícios de que você tem dificuldade para metabolizar o glúten.

Em primeiro lugar, é preciso saber que a sensibilidade ao glúten e a doença celíaca são duas coisas diferentes.

Enquanto que, na primeira, alguns sintomas se manifestem, na doença celíaca ocorre todo um processo autoimune.

  • Trata-se de uma série de reações adversas que acontecem com o corpo para avisar de que algo vai mal. Elas podem ser tão intensas que sua vida pode correr perigo durante uma dessas crises.
  • No entanto, quando você apresenta certa intolerância, os efeitos secundários são incômodos, mas não até esse ponto.

Então, o que é o glúten?

Define-se como uma glicoproteína. Une as moléculas de água, de modo de transformar os alimentos que você consome em um tipo de gel.

O resultado é que dificulta a digestão, já que a decomposição dos alimentos fica muito mais complicada. Independentemente se são ou não processados, os cereais são os que mais o contém.

Ainda assim, a grande maioria dos alimentos industrializados também apresenta um teor do mesmo.

Por isso, os médicos recomendam revisar bem os rótulos dos alimentos, tanto se você for sensível quanto se sofrer de doença celíaca.

Quando você deve eliminar o glúten de sua dieta

1. Doenças digestivas

Mulher com dor de barriga por causa da intolerância ao glúten

Esse é um dos sinais mais evidentes. Pode surgir sob a forma de gases, prisão de ventre ou diarreia, e nem sempre do mesmo modo.

É possível que, às vezes, você perceba flatulência, enquanto que, em outras, sofra episódios de prisão de ventre. Mas, em seguida, pode ocorrer um período em que você venha a sofrer de colite, sem ter variado sua alimentação.

Ver também: 5 batidas naturais para aliviar as digestões lentas

2. A pele da parte posterior dos braços fica áspera, como se os pelos estivessem sempre arrepiados

O nome científico deste fenômeno é queratose pilar.

Como você sabe, os pelos ficam arrepiados quando nos emocionamos com uma música ou esportes extremos.

No entanto, também pode ocorrer sem razão aparente, do nada, na parte posterior do braço.

Se isso lhe ocorrer com frequência, talvez deva pensar em eliminar o glúten de sua dieta. A causa dos citados episódios é a falta de vitamina A, derivada de uma sintetização ineficaz dos nutrientes.

3. Cansaço

Mulher com cansaço por causa da intolerância ao glúten

É normal sentir certo cansaço depois de comer. Não acontece o mesmo quando, após consumir alguns alimentos, essa sensação de fadiga é intensa demais.

Observe quando acontece e se começar quando você ingere alimentos com glúten.

4. Enjoos ou dores de cabeça

Os problemas neurológicos são muito comuns em celíacos ou pessoas com sensibilidade ao glúten. Isso porque o sangue que chega ao cérebro não chega no estado em que deveria, e, por isso, aparecem transtornos nessa região.

Diferentemente do que acontece no caso anterior, a reação não é imediata, portanto, a autovigilância será útil apenas se você deixar de consumir a glicoproteína.

Se, ao fazer isso, você melhora, com toda probabilidade terá que eliminar o glúten de sua dieta.

Ver também: 9 alimentos que evitam o cansaço e a dor de cabeça

Complicações hormonais

Os desequilíbrios hormonais mais comuns produzidos por esta intolerância são:

  • Uma TPM exagerada
  • Ovários policísticos
  • Infertilidade sem causa aparente

Quando esses obstáculos estão ligados ao glúten, o ginecologista saberá lhe oferecer uma solução natural. Lembre-se da necessidade de visitar esse especialista uma vez ao ano.

A sensibilidade ao glúten, ou doença celíaca, já são muito fáceis de detectar, do ponto de vista da medicina.

Portanto, se você identificou algum desses sinais como próprios, o ideal é recorrer a um especialista para que possa realizar os exames necessários.

Felizmente  você conta com a vantagem de que os grandes mercados têm produtos adaptados para esse problema.

Além disso, os esforços para aumentar a oferta das marcas importantes são cada dia maiores. As vicissitudes de alguns anos atrás já são história e não incomodam mais.