6 dicas chave para conseguir um abdômen perfeito

6 dicas chave para conseguir um abdômen perfeito

É muito importante que estejamos comprometidos com nosso objetivo e que, além dos exercícios, também mantenhamos uma dieta saudável e equilibrada para conseguir bons resultados.
6 dicas chave para conseguir um abdômen perfeito

Exibir um abdômen plano, definido e uma figura modelada é algo que só se consegue com esforço constante e uma série de exercícios localizados que, se possível, devem ser postos em prática com frequência.

Porém, quem luta para conseguir isso em certo momento de sua rotina pode chegar a se sentir frustrado ou fracassado com o fato de não deixar o abdômen tão definido quanto gostaria. Por que isso acontece?

Todas as pessoas têm a capacidade de definir o abdômen, sempre e quando fizerem as coisas do modo certo. Frequentemente quem fracassa na tentativa não sabe construir sua rotina e se rende em um momento em que já estão avançados.

Na hora de modelar e tonificar essa parte do corpo é preciso atuar com inteligência antes de fazer todos os esforços. Por isso, hoje compartilharemos as chaves que devemos considerar para cumprir esse objetivo.

Queimar gordura

Quemar-gordura

Um dos motivos pelos quais o abdômen demora a se definir é porque existe gordura acumulada na região, e essa gordura esconde os músculos.

Se esse acúmulo não é eliminado, as milhares de vezes em que repetimos um exercício localizado serão em vão e não darão resultado. Para combater o excesso de gordura e peso é preciso incorporar exercícios cardiovasculares de alta intensidade em sua rotina, além de reduzir o consumo de calorias e carboidratos.

Seja persistente em sua luta

O abdômen é uma das partes do corpo que mais tende a acumular gordura, e depois que isso acontece é muito difícil eliminá-la. Por isso, seja persistente na luta, eliminando os obstáculos do caminho e evitando cair em tentações.

Mantenha o objetivo a longo prazo, complemente o exercício com a dieta e seja muito disciplinado com o etilo de vida que decidiu adotar.

Treinamento máximo 4 dias por semana

Treinamento

É um erro trabalhar o abdômen os 7 dias da semana, especialmente quando o corpo não está acostumado a esse tipo de atividade física. Saturar o abdômen causa cansaço crônico e, no fim, você se rende mais rápido. O melhor é trabalhar a região 3 ou 4 vezes por semana, e nos outros dias trabalhar outros grupos musculares do corpo.

Lembre-se de que é preciso trabalhar o corpo todo, já que a ideia é ganhar massa muscular e tonificar.

Fazer abdominais variados

Os clássicos abdominais são os mais básicos da rotina e os que todos querem fazer para definir os músculos. Mas eles não são os únicos que podemos fazer e também não são os mais eficazes.

Na hora de querer definição no abdômen é essencial trabalhar certos grupos musculares, que vão mais além de fazer abdominais e que são necessários para conseguir firmeza. Com as clássicas “crunch” (deitados de barriga para cima e elevando o dorso) as partes inferiores, transversais e oblíquas do abdômen não trabalham o suficiente e o resultado é pobre.

Fazer-abdominais-variados

Para obter um ótimo resultado o ideal é incorporar um exercício como a prancha:

  • De barriga para baixo, apoiado no chão com as pontas dos pés e os antebraços, mantenha o corpo reto e contraia o abdômen por 30 segundos.
  • Podemos fazê-lo de lado ou incorporando giros de um lado para o outro.

Também podemos considerar atividades como:

  • Outros tipos de abdominais;
  • Pedalada;
  • Elevações das pernas;
  • Elevações laterais;
  • Exercício com bola;

Aumentar a intensidade

Começar uma rotina de exercícios abdominais não é fácil e requer um certo tempo para que o corpo se adapte e possa ir melhorando sua capacidade. No início sempre se aconselha começar com uma rotina suave que não sobrecarregue nem cause tensão no corpo; porém, quando os músculos já suportam mais intensidade, é importante incrementá-la para que se esforcem e não deixem de trabalhar da forma adequada. É preciso saber estimulá-los por meio de diferentes tipos de exercícios com a aplicação de várias intensidades.

Alimentação

Alimentacao-500x303

O que não podemos deixar de mencionar neste tipo de lista é a alimentação. Você pode ter o treinamento mais intenso e completo do mundo, porém, se não conseguir melhorar sua alimentação o mais provável é que fracasse. Considere o seguinte:

  • Elimine todas as gorduras que sejam desnecessárias ou prejudiciais.
  • Reduza ao máximo o consumo de carboidratos.
  • Adote um plano de alimentação baseado em frutas, verduras, proteínas, água e cereais.