Conseguir um bumbum maior é possível com estes exercícios!-Melhor com Saúde

6 dicas para conseguir um bumbum maior e mais redondo

Além de exercícios localizados, também devemos aplicar cremes e tratamentos para facilitar a tonificação e eliminação de gordura na região, ao mesmo tempo em que a hidratamos, para melhorar sua aparência.
Conseguir um bumbum maior é possível com estes exercícios!

A genética é a base, mas também a desculpa na hora de definir nossos glúteos.

A maioria das mulheres quer um bumbum arredondado, firme e sem celulite e, no Brasil, os homens gostam dos maiores, desde que o restante do corpo tenha um peso equilibrado.

Neste artigo, mostraremos 6 dicas que ajudarão você a aumentar e arredondar seus glúteos de uma forma bonita e saudável.

1. Tonifique os diferentes músculos do bumbum

Quase todas nós conhecemos algum exercício recomendado para fortalecer e aumentar os glúteos.

No entanto, ao falar desta região, devemos ter em conta os três principais músculos: o maior, o médio e o menor.

Por isso é importante que, na hora de elaborar uma rotina de exercícios de tonificação, realizemos os que incluem os três tipos de músculos.

Devemos praticar exercícios de tonificação, ao menos, três vezes por semana.

Não se esqueça de ler: Os melhores exercícios para ter glúteos perfeitos

2. Não se esqueça de alongar

Mulher alongando para fortalecer o bumbum

Tão importantes como os exercícios de tonificação são os alongamentos prévios e posteriores ao exercício.

Esta combinação de contração e relaxamento muscular é o que faz os músculos do bumbum ganharem volume, desenvolvendo uma bela forma arredondada, além de evitar tensões musculares em outras partes do corpo.

Não se esqueça de incluir as pernas, o quadril e a região lombar nos alongamentos, já que estão diretamente relacionados aos glúteos.

3. Aumente o consumo de proteína

Para ganhar músculos, é necessário consumir proteína suficiente. No entanto, em nossa dieta, não devemos consumir proteína animal em excesso, pois isso poderia prejudicar nosso fígado e nossos rins. Por isso, devemos buscar o equilíbrio com a proteína vegetal.

Mesmo assim, devemos garantir a inclusão de uma porção de proteína em cada refeição, que pode ser:

  • Carne
  • Peixe
  • Ovo
  • Lácteos
  • Legumes
  • Frutas secas e sementes

Existem outros alimentos, como os cereais integrais ou o abacate, que também contêm quantidades importantes de proteína muito saudável.

Sempre que comemos proteína, sobretudo se é carne ou peixe, o melhor é ter como acompanhamentos os vegetais (sucos, saladas, legumes ao vapor etc.).

4. Aumente o consumo de gorduras saudáveis

Gorduras saudáveis para o bumbum

Além de proteína, se queremos aumentar uma parte de nosso corpo, também devemos consumir gorduras. No entanto, há que se levar em conta que nem todas as gorduras são iguais e nem cumprem a mesma função em nosso corpo.

As gorduras de que necessitamos são as mais naturais, não-processadas, para que nosso organismo as identifique e as acumule onde as necessitamos, sobretudo se são partes do corpo submetidas ao exercício.

Além disso, o consumo dessas gorduras acelera nosso metabolismo, o que até pode nos ajudar a perder peso em outras partes do corpo, como, por exemplo, na cintura.

Inclua estes alimentos em sua dieta:

  • Óleos vegetais extra-virgens prensados a frio: azeite de oliva, óleo de coco, de gergelim, de gérmen de trigo, onagra.
  • Ghee (manteiga clarificada)
  • Abacate
  • Azeitonas
  • Frutas secas e sementes
  • Gema de ovo
  • Peixes gordurosos

5. Hidrate a pele todos os dias

Mulher hidratando o bumbum

É imprescindível que tenhamos a constância de hidratar a pele do nosso bumbum todos os dias, para melhorar o aspecto e a elasticidade da pele, dar a ela firmeza e prevenir estrias e celulite.

Além disso, os óleos da loção hidratante também podem contribuir para dar mais volume.

Escolha cremes naturais, ricos em óleos essenciais e vegetais (de amêndoas, de abacate, de argan, de jojoba etc.).

Massageie a pele em movimentos circulares, com o punho fechado ou com uma semente de abacate. Também pode fazer movimentos verticais, dos pés até a cintura.

Faça isso todos os dias e, em especial, depois de fazer exercícios e sair do banho.

Quer saber mais? Leia: Como saber se você precisa beber mais água: Descubra os sinais de desidratação!

6. Experimente as ventosas

Existe uma técnica que podemos fazer em casa para aumentar e arredondar os glúteos de maneira natural.

Precisaremos apenas de ventosas, que podem ser compradas online ou em lojas de artigos de fisioterapia e massagem.

São ventosas de plástico com um método de sucção que nos permite massagear qualquer parte do corpo e melhorar a circulação localmente.

Se as aplicamos regularmente, combinando-as com a hidratação e a massagem, podemos notar como a região vai ganhando volume, assim como firmeza. Também é uma boa técnica para diminuir a celulite.

Devemos realizar as massagens circulares com as ventosas depois de aplicar um óleo sobre a pele, para que possam deslizar e se mover com facilidade. Se as deixarmos fixas, poderiam provocar um hematoma.