6 passos para superar uma rejeição amorosa

6 passos para superar uma rejeição amorosa

Não devemos nos render a um fracasso amoroso. Ainda que seja difícil, devemos tentar nos distanciar e aproveitar para aprender. Dê-se o tempo necessário para superar o fim, mas não se esqueça de deixar tudo o que aconteceu para trás.
Como curar uma rejeição amorosa

Talvez você tenha tido a sorte de não viver uma rejeição amorosa, algo que é muito mais comum do que imaginamos. Quando sofremos uma rejeição amorosa, sentirmos dor, angústia e entramos em uma situação de grande mal-estar.

Recomendamos a seguinte leitura: 7 coisas que acontecem quando você não está feliz no seu relacionamento

A autoestima pode ser gravemente afetada se não agirmos com prudência diante de uma rejeição amorosa. Não podemos nos esquecer de que ninguém gosta de ser rejeitado, ainda que esse seja o tipo de coisa que, inevitavelmente, pode acontecer com qualquer um.

Apesar de entendermos a teoria, na prática a questão muda. É importante que estejamos prevenidos diante deste tipo de situação que pode ocorrer em qualquer momento.

Por isso, hoje vamos conhecer alguns passos para superar uma rejeição amorosa.

rejeição-amorosa

1. Você realmente queria estar com essa pessoa?

Em algumas ocasiões queremos estar sozinhos, mas algo nos impulsiona a procurar alguém que nos acompanhe em nosso caminho. Isto é algo em que devemos pensar quando nos rejeitam.

Você realmente queria estar com essa pessoa ou isso era fruto de uma necessidade não justificada?

Toda rejeição amorosa pode ser usada a nosso favor, para nos tornarmos conscientes e entendermos se o que estávamos projetando em nossa mente era sincero ou não. Use a rejeição para avaliar se a vontade que você tinha de estar com essa pessoa era real.

2. Cada rejeição é uma oportunidade

Pense que cada erro leva a um acerto, assim, cada rejeição é uma oportunidade ou pelo menos deveríamos enxergá-la assim. As rejeições amorosas podem servir para aprendermos a gerenciar nossas emoções.

Não é uma situação muito agradável, mas é nas situações difíceis que mais aprendemos. Por isso, encare as rejeições amorosas como uma oportunidade de ser uma pessoa emocionalmente mais forte.

Além disso, nunca se esqueça de que sempre podemos tirar algo positivo de situações que parecem totalmente negativas.

3. Percepção ou atenção?

Quando sofremos uma rejeição nos centramos tanto nas emoções desagradáveis que sentimos que nos esquecemos de fazer algo muito importante: prestar atenção. Se soubéssemos nos afastar de nossa própria percepção, veríamos como atuar realmente para que a situação não doesse tanto.

mulher-diante-de-uma-janela-suspensa-no-ar

É algo como ver a situação como se fôssemos uma terceira pessoa. É difícil, mas normal. Nossas emoções embaçam a visão tão clara que deveríamos ter da situação.

Mas, não há problema em nos esforçarmos para fazer isso, certo?

4. Não se afaste das emoções negativas

Está claro que, diante de uma rejeição amorosa, as emoções positivas não estarão presentes em nenhum momento, mas isso justifica que escapemos das emoções negativas? Fugir nunca será uma boa opção.

Se você se afasta disso que tanto dói, o carregará sempre em sua mente. Você deve aprender a aceitar suas emoções, ainda que não sejam do seu agrado. Reflita sobre elas, pense! De algum modo, enfrente-as!

Só assim você poderá superar a rejeição com sucesso.

5. Pressupor nos leva ao erro

Diante de uma situação negativa sempre pensamos no que levou todas essas circunstâncias desagradáveis a ocorrerem. Não é azar, não significa que fizemos algo errado… Simplesmente, devemos entender que as coisas acontecem.

Se você começar a supor, cairá na obsessão e demorará ainda mais para superar a rejeição amorosa. Além disso, as suposições costumam induzir ao erro, principalmente quando não são bem fundamentadas.

Não pressuponha. Simplesmente aceite!

6. Cuidado com os pensamentos recorrentes

Sem dúvida você alguma vez já se viu na situação de não poder parar de pensar em algo negativo que ronda a sua mente uma vez ou outra. É normal que se algo não se soluciona, fiquemos remoendo a ideia, mesmo sem querer.

Por isso, é importante detectar os pensamentos recorrentes.

jovem-sentada-ao-vento-sonhando-com-o-amor

Quando identificar os pensamentos recorrentes, você poderá refletir sobre eles e encontrar a melhor solução para que deixem de oprimi-lo. Pense que essas ideias se retroalimentam causando uma sensação de mal-estar que não nos abandona.

Superar uma rejeição amorosa nunca é fácil, e claro que também não será fácil colocar estes passos em prática, pois a realidade é muito diferente da teoria. Mas, pelo menos, você terá uma ideia de como deve proceder e como deve agir diante dela.

De uma ou outra maneira, conhecer inclusive os erros que podemos cometer nos ajuda a lidar melhor com uma situação, ainda que seja uma rejeição amorosa.