6 problemas internos que as espinhas no rosto nos indicam

6 problemas internos que as espinhas no rosto nos indicam

Em função da região em que as espinhas aparecem, pode ser um sinal de que devemos cuidar de uma série de hábitos, como nossa alimentação, ou até aprender a lidar com o estresse.
6 problemas internos que as espinhas no rosto nos indicam

Ter espinhas pode ser um sintoma de algum problema interno de saúde.

Se você apresenta um excesso de espinhas, fique atenta e tente desvendar as possíveis causas. É possível que exista algo por trás do problema, e quanto antes você agir, melhor.

Tipos de espinhas e cravos

Espinhas no rosto

  • Os pontos brancos são pequenas bolhas esbranquiçadas que não chegam a sair para a superfície da pele. No caso de saírem, é porque o poro se obstruiu por excesso de oleosidade.
  • Nesses casos, o mais recomendável é realizar uma limpeza habitual para reduzir seu aparecimento.
  • As pápulas são um tipo de protuberância de cor rosada e com forma cônica que não contêm pus.
  • Na mesma categoria se encontram as pústulas, que são menores e mais arredondadas e que não causam nenhuma dor.
  • Além das espinhas e cravos, também é comum encontrarmos nódulos e cistos.
    Nesses casos, estaríamos diante de um tipo de acne que pode chegar a ser muito dolorosa, já que são inflamações profundas da pele e podem durar semanas ou meses.
  • Por último, encontramos a acne conglobata, que pode aparecer nas costas, glúteos, peito e ombros. Ela pode deixar cicatrizes.

1. Espinhas na testa e sobrancelhas

Se apresentamos espinhas na testa e nas sobrancelhas, talvez o problema seja em relação ao nosso sistema gastrointestinal.

No caso das espinhas aparecerem no nariz, entre as sobrancelhas, podem indicar que o problema estaria relacionado ao funcionamento do fígado.

Possível solução

  • Para acabar com esse incômodo problema, é fundamental evitar os alimentos mais gordurosos e frituras.
  • Também é recomendável diminuir o consumo de álcool.

2. Espinhas no nariz

Cravos e espinhas no nariz

Ter espinhas no nariz é um sinal de que existem problemas relacionados com o funcionamento do sistema cardiovascular.

Não é preciso se assustar, já que, na grande maioria dos casos, está relacionado ao estresse.

Possível solução

  • Se você está com esse problema, é fundamental tentar levar uma vida saudável, relaxar mais e cuidar de seu sono.

3. Espinhas nas orelhas

As incômodas espinhas nas orelhas nos chamam atenção para nossa saúde hepática e nosso sistema urinário. Essa região se relaciona ao bom funcionamento dos rins.

Possível solução

  • Para evitar que o problema se acentue, seria bom reduzir o consumo de sal e café em excesso.
  • Além disso, no caso de não beber água suficiente, devemos consumir a quantidade diária recomendada de 2 litros.

4. Bochechas e maçãs do rosto

Espinhas no rosto

Se temos espinhas tanto nas maçãs do rosto quanto na parte superior das bochechas, devemos ter cuidado.

Essas regiões poderiam indicar um problema relacionado ao funcionamento dos pulmões e dos brônquios, certamente no sistema respiratório.

No entanto, também podem ser um sintoma simplesmente relacionado a uma alergia, ou a problemas dentais, caso apareçam nas bochechas; portanto, não devemos nos alarmar.

Descubra estes remédios naturais para limpar e fortalecer os pulmões

Possível solução

  • O melhor que podemos fazer para combatê-las será observar nosso sistema respiratório para checar se tudo vai bem.
  • Também será bom passear ao ar livre, e evitar o cigarro, sempre. Assim, além de não fumar, seria conveniente se afastar dos fumantes para não se tornar fumante passivo.
  • Não se esqueça de cuidar da sua higiene bucal e tente ingerir menos doces e refrigerantes.

5. Espinhas nos lábios

Se as espinhas ou acne aparecem na região ao redor da boca, talvez tenhamos algum tipo de problema relacionado à digestão e, como consequência, também é possível que soframos com dor de estômago e cólicas.

Possível solução

  • Se você consome muito fast food, deve tentar parar (ou, pelo menos, diminuir o consumo).
  • Além disso, deve introduzir em sua dieta alimentos ricos em fibras, como verduras e frutas.

Conheça também: Hábitos que prejudicam nosso intestino

6. Espinhas na testa

As espinhas na testa estão associadas a problemas de ovários e, definitivamente, ao sistema reprodutor.

Outro motivo são os desequilíbrios hormonais fruto da menstruação.

Na hora de avaliar o alcance do problema, devemos ter em conta a quantidade, assim como a frequência com que aparecem.

Possível solução

  • Podemos aplicar um creme específico que nos ajude a secar as espinhas.
  • No entanto, no caso disso se tornar um problema recorrente, é bom consultar um dermatologista.