6 soluções naturais para preservar a memória - Melhor com Saúde

6 soluções naturais para preservar a memória

Existem diferentes alimentos e chás que, graças às suas propriedades, podem ajudar a prevenir a perda de memória enquanto fortalecem as conexões entre os neurônios.
6 soluções naturais para preservar a memória

A memória é uma das coisas mais valiosas que temos. Assim, se você notar quaisquer sintomas de perda ou observar falha de memória, recomendamos que faça uso destas soluções naturais que irão ajudar a preservá-la.

Tenha em mente que os nossos genes desempenham em todos os momentos um papel fundamental.

No entanto, o fato é que existem alguns fatores que podemos controlar para manter nossa memória em bom estado.

Recomendamos a leitura:  Descubra como potencializar sua capacidade de memorização cuidando de suas emoções

O que você deve saber sobre a perda de memória?

preservar-a-memoria

Medicamentos e alterações no organismo podem promover este estado.

Existem certos medicamentos que podem “adormecer” o cérebro e causar perda de memória em detalhes concretos. É o caso de:

  • Antidepressivos
  • Anti-histamínicos
  • Pílulas para dieta
  • Medicamentos para controlar a pressão arterial

Por isso, são mais recomendadas alternativas naturais.

As alterações hormonais são outro fator a considerar.

  • Entre as alterações hormonais estão as que ocorrem durante a gravidez ou a menopausa, que podem provocar distúrbios de concentração e esquecimento.
  • Contudo, isso é considerado normal neste período de tempo.

A falta de sono é outro segredo quando se fala de soluções naturais para preservar a memória.

  • De acordo com várias investigações, ficar acordado por muito tempo, sofrer de insônia, ou não dormir adequadamente pode alterar os reflexos e a memória.

Soluções naturais para preservar a memória

1. Seja ativo

  • A atividade física reduz o risco da perda de memória e estimula a produção de novas células cerebrais, sendo o exercício cardiovascular o mais eficaz.
  • Por outro lado, você também pode exercitar o seu cérebro com certas atividades diárias tais como:
    • Leitura
    • Palavras cruzadas
    • Jogos de estratégia, como o xadrez.
    • Tocar um instrumento.
  • É imprescindível aprender a controlar o estresse: Você pode fazer isso com técnicas de respiração ou meditação, ou ainda praticar ioga.
  • Tudo isso aliado a um bom descanso. O sono é essencial para a função cognitiva e para preservar a sua memória.

2. Infusão de ginkgo biloba

Você também pode cuidar da sua mente através da alimentação.

Por exemplo, o ginkgo biloba é um bom remédio que tem a capacidade de melhorar a circulação nos capilares, aumentando sua resistência e impedindo que se rompam.

Assim, consegue-se manter a saúde do cérebro para evitar condições que possam causar perda de memória.

Para aproveitar os benefícios dessa planta, vamos preparar uma infusão.

Ingredientes

  • Uma colher de chá de folhas de ginkgo biloba (5 g)
  • Um copo de água (200 ml)

Preparação

  • Aqueça um copo de água e, quando levantar fervura, adicione a colher de chá de ginkgo.
  • Deixe repousar 3 a 5 minutos, coe e beba.
  • Você pode tomar até duas xícaras por dia.

3. Ginseng

ginseng

O ginseng é outro produto que pode ser grande aliado da memória.

  • Promove o fornecimento de sangue para o cérebro, uma vez que funciona como um vasodilatador, melhorando o trabalho mental.
  • Também aumenta a capacidade de compreender e permite uma maior facilidade na aprendizagem.

4. Mirtilos

Graças ao seu alto teor de antocianinas, exerce um efeito positivo sobre a memória e aprendizagem, melhorando as ligações entre os neurônios. Eles também são eficazes para reduzir o dano cerebral progressivo.

Podemos consumir in natura, ou preparar um suco ou chá.

Ingredientes

  • Um copo de água (250 ml)
  • 1 colher de chá de mirtilos secos (5 g)

Preparação

  • Aqueça a água e, quando ferver, adicione os mirtilos secos e deixe em infusão por 10 minutos.
  • Coe e consuma duas vezes ao dia.

5. Nozes

As nozes são um alimento altamente recomendado devido ao seu alto teor de ácidos graxos ômega 3 e vitamina E, o que as tornam muito eficazes contra o declínio cognitivo.

Aumentam e melhoram a memória quando ela começa a falhar, por isso, não deixe de incluir nozes em sua dieta.

Quer saber mais? Leia:  7 benefícios das nozes que você provavelmente ainda não conhece

6. Espinafre

espinafre

O espinafre é outro alimento muito recomendado para preservar a memória.

  • Graças ao seu teor de luteína, que funciona como uma proteção das células cerebrais, evita a degeneração.
  • O ácido fólico contido no espinafre também ajuda a prevenir a perda de memória e melhora a concentração.

Sendo assim, este é um dos vegetais mais completos no que diz respeito à saúde cerebral.