7 alimentos que não devem ser reaquecidos. Você poderia ficar doente!

7 alimentos que não devem ser reaquecidos. Você poderia ficar doente!

Há muitos alimentos que, se forem reaquecidos, podem se tornar tóxicos. É melhor reutilizá-los em saladas e pratos frios para não correr riscos.
reaquecidos

É muito provável que, em sua casa, exista uma regra que diz que não devemos desperdiçar comida. São vários os registros mundiais que revelaram que todos os dias são desperdiçadas toneladas de comida em todo o mundo, enquanto em alguns lugares muitas pessoas estão passando fome e necessidades alimentares.

Graças a isso, recomenda-se guardar a comida pronta na geladeira e reaquecê-la no dia seguinte ou em outros dias, para não ter que jogá-la fora.

No entanto, muitas pessoas não sabem que há alguns alimentos que não deveriam ser reaquecidos, já que podem causar problemas de saúde. Você conhece estes alimentos?

Frango

O frango é um dos alimentos que mais guardamos na geladeira, pois não estraga facilmente e, ao reaquecê-lo, ele costuma conservar seu sabor agradável. No entanto, este alimento deve ser consumido recém-preparado, ou então frio em horas posteriores ao seu preparo.

Embora você não perceba, quando reaquecemos o frango a sua composição de proteínas muda, e pode causar problemas digestivos. No caso de não consumi-lo no tempo recomendado, você pode aquecê-lo posteriormente, mas sempre a uma temperatura baixa.

Quer saber mais? Leia: O uso de papel alumínio para conservar alimentos é seguro?

Cogumelos

cogumelos

Podem ser preparados de muitas formas e reaquecê-los pode parecer uma boa opção. No entanto, o ideal é que os cogumelos sejam consumidos assim que preparados para que conservem todas as suas propriedades e ofereçam diversos benefícios para a saúde.

Se sobrar um pouco, coma-os frios em momentos posteriores. Os cogumelos também sofrem mudanças ao serem reaquecidos a altas temperaturas e podem causar dores de estômago e inchaço.

Batatas

Este alimento é muito nutritivo e, ainda que possa ser guardado na geladeira durante vários dias, não deve ser comido reaquecido. Ao requentar as batatas alteramos o seu sabor, e se reduzem as suas propriedades. Elas podem chegar a ser tóxicas para o organismo.

O melhor que podemos fazer com as batatas é reutilizá-las preparando um purê ou uma salada fria.

Espinafre

espinafre

Este vegetal verde que é tão recomendado nas dietas saudáveis não deve ser reaquecido, pois contém um alto percentual de nitrato, que ao ser submetido de forma brusca a altas temperaturas, se converte em nitrito. Este composto não é nem um pouco saudável e pode trazer sérios efeitos à saúde. Por isso, sempre coma espinafre fresco.

Beterraba

As beterrabas também contêm nitratos, que ao serem reaquecidos se transformam em nitritos. Por esse motivo, este é outro dos alimentos que devemos evitar reaquecer se não quisermos ter problemas de saúde. De fato, para aproveitar ao máximo as propriedades da beterraba, recomenda-se que ela seja consumida em saladas e batidas.

Aipo

aipo

Se você incorporou o aipo às suas sopas e cremes, deve evitar reaquecê-las para que não façam dano ao seu corpo. Assim como os alimentos anteriores, o aipo tem nitratos que se convertem em nitritos quando são reaquecidos.

Isso indica que podem se converter em um alimento cancerígeno quando é submetido ao reaquecimento. Por isso, no caso de usar este alimento em suas sopas, trate de tirá-lo das mesmas se quiser requentá-las.

Ovos

Poucas vezes chegamos a reaquecer os ovos, porque costumam mudar de aroma e sabor quando não são ingeridos de forma imediata. No entanto, se alguém fizer isso, é importante saber que reaquecer os ovos pode ser prejudicial para a saúde, já que seus compostos podem se tornar tóxicos quando são submetidos a altas temperaturas.

Não se esqueça de ler: Os 12 tóxicos mais temidos em alimentos processados

Como reaquecer os alimentos de forma segura?

reaquecer-alimentos-forma-segura

Ainda que os alimentos que acabamos de mencionar não devam ser reaquecidos, isso não quer dizer que você não possa reutilizar outras comidas que tenham sobrado. Para que este processo seja seguro para a sua saúde, é importante seguir os seguintes conselhos:

  • O reaquecimento deve ser feito de forma rápida e deve alcançar uma temperatura de 70°C no centro do produto.
  • Recomenda-se reaquecer somente a quantidade de comida que deseje reutilizar, já que não devemos aquecer os mesmos alimentos repetidas vezes.
  • Os alimentos cozidos não devem entrar em contato com alimentos crus, já que poderia ocorrer uma contaminação cruzada.
  • Tenha em mente que todos os ingredientes são diferentes e não se aquecem da mesma maneira. Quando voltar a aquecer comidas que utilizem mais de um alimento, cubra-os para que o aquecimento possa ser homogêneo.
  • Se você achar que não vai consumir os alimentos em um prazo de quatro dias, o melhor a fazer é congelá-los.