7 benefícios que obtemos por incorporar sementes de chia

7 benefícios que obtemos ao incorporar sementes de chia na nossa dieta

Além de melhorar nosso estado de ânimo por ser uma fonte natural de triptófano, as sementes de chia também podem nos ajudar a conseguir mais energia e, inclusive, perder peso
7 benefícios que obtemos por incorporar sementes de chia a nossa dieta

As sementes de chia, também conhecidas como sálvia hispânica, ficaram famosas em todo o mundo desde a década de 1970.

São da família da hortelã e acredita-se que sejam provenientes do centro e sul do México e Guatemala. Diz a lenda que os primeiros a utilizarem foram os antigos guerreiros astecas, que aproveitavam seu importante valor energético para se prepararem antes de cada batalha.

Nos últimos anos ganharam o título de “superalimento”, já que se comprovou que as sementes de chia têm muitas qualidades nutricionais que podem ser muito úteis para melhorar a saúde e ajudar na perda de peso, sem sofrimento.

Ainda que não se trate de um produto milagroso, quem as incorporou em sua dieta revelou seus benefícios para ajudar a diminuir alguns quilos com mais facilidade.

Por isso, e por muitas outras razões, todos deveriam conhecê-las e, sobre tudo, incluí-las em seu plano de alimentação regular.

Aproveitando o espaço que temos hoje, decidimos compartilhar 7 importantes benefícios que as sementes de chia podem aportar ao seu organismo. Não perca!

1. Ajudam a emagrecer

Mulher-tomando-medidas

Uma das principais razões pelas quais essas sementes são aliadas para emagrecer é por seu grande efeito saciante, que ajuda a controlar a ansiedade por ingerir mais calorias.

Ao comê-las sem nenhum tipo de líquido, elas se expandem no estômago e dão uma satisfação mais rápida e duradoura.

Somado a isso, aportam uma quantidade significativa de fibra, nutriente essencial para manter o bom funcionamento dos órgãos mais importantes do corpo.

Não se esqueça de ler: Os 4 melhores sucos de poucas calorias para emagrecer

2. Diminuem os níveis de açúcar no sangue

A fibra é boa para nos manter cheios por mais tempo, mas também é responsável por regular os níveis de açúcar no sangue.

Em um estudo que contou com a participação de 11 homens e 9 mulheres com diabetes tipo 2, foi oferecido, de forma aleatória, 37 gramas de chia e 37 gramas de farelo de trigo durante 12 semanas, como complemento ao tratamento dessa doença.

Ao final da pesquisa, constatou-se que os participantes que haviam consumido a chia não apenas reduziram seus níveis de açúcar, com também mostraram uma diminuição na pressão arterial.

3. Promovem a digestão

Sua ingestão regular pode ser uma grande forma de prevenir a prisão de ventre e os problemas que afetam o sistema digestivo.

Sua combinação de fibra insolúvel e solúvel cria um equilíbrio perfeito para facilitar a passagem dos alimentos através do trato digestivo.

4. Protegem o coração

Chia-para-o-coracao

Um dos principais fatores desencadeantes das doenças cardiovasculares são os níveis altos de colesterol, que obstruem os vasos sanguíneos e dificulta a circulação.

Quando se tem deficiência no sistema circulatório, o sangue demora mais tempo em chegar às células do corpo e o coração pode sofrer danos sérios.

Nesse sentido, a chia pode resultar muito benéfica, já que suas propriedades podem ajudar a regular os níveis de colesterol, ajudando assim a reduzir os riscos de problemas cardíacos.

Além disso, sua quantidade de ácidos graxos essenciais e fibras podem ajudar a reduzir o processo inflamatório do corpo, associado com o risco de ataques cardíacos e acidentes cerebrovasculares.

5. Aumentam as energias

O consumo das sementes de chia pode favorecer o rendimento físico e mental, em especial naquelas pessoas que treinam e que devem cumprir com muitas tarefas durante sua jornada diária.

Contêm proteínas, minerais e ácidos graxos essenciais que atuam de forma positiva ao aumentar as energias em todo o corpo.

6. Fonte vegetal de proteínas

Estas sementes são uma boa opção para as pessoas que não querem consumir proteínas de origem animal. Estima-se que cada porção de 25 gramas pode aportar até 4,4 gramas de proteína em troca de 130 calorias.

Ainda que não seja a maior fonte vegetal desse nutriente, é um bom produto para se conseguir uma boa quantidade diária e, além disso, a chia também proporciona ao organismo antioxidantes, vitaminas, óleos essenciais e outras propriedades importantes para o bom funcionamento do corpo.

Querem conhecer mais? Leia: Emagrecer comendo mais proteína

7. Regulam o estado de ânimo

Mulher-feliz

A semente de chia é uma fonte natural de triptófano, que melhora o estado de ânimo e regula o apetite. Esse aminoácido essencial tem um efeito relaxante ao estimular a produção de serotonina e outros neurotransmissores relacionados com o bom humor.

Sabendo que é tão boa para a saúde e para o corpo, considere, a partir de agora, incluí-la com mais frequência à sua dieta.

Você pode tomá-la com água ou acrescentar a alimentos como:

  • Iogurte.
  • Cereais.
  • Massas.
  • Saladas.
  • Arroz.
  • Vitaminas.