7 coisas que você deve esperar em sua primeira mamografia

7 coisas que você deve esperar em sua primeira mamografia

A idade em que nos submetemos a nossa primeira mamografia geralmente é perto dos 40 anos, ainda que isso também dependa de nossos antecedentes familiares e de nosso histórico médico prévio.

O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais frequente no mundo, e o mais comum entre as mulheres. Felizmente, se for diagnosticado precocemente existem muitas probabilidades de cura. As principais formas de detecção são a mamografia anual e os exames clínicos feitos com um especialista.

As mamografias não são recomendadas para mulheres com menos de 45 anos, porque a densidade do tecido mamário torna a interpretação dos resultados mais difícil e, por consequência, a detecção de problemas.

Além disso, a incidência de câncer de mama nessas etapas é muito menor.

Se você tem entre 35 e 40 anos e está prestes a experimentar sua primeira mamografia, anote estas dicas.

1. Você sentirá uma compressão incômoda

Mamografia-após-chegar-na-menopausa

Para obter mamografias de alta qualidade e expor o paciente o menos possível à radiação, durante o exame de mama é preciso fazer uma leve compressão dos seios.

Em algumas mulheres isso pode causar dor e em outras apenas um leve incômodo.

Este sintoma não implica nada negativo por si só. É muito comum essa variação de sensações, porque cada mulher tem um limiar de dor muito individual.

Se você sentir dor, apenas lembre-se de que será por alguns minutos e logo passará.

2. Evite programar sua primeira mamografia para poucos dias antes de sua menstruação

Preferencialmente, a mamografia deve ser feita durante a segunda e terceira semana do ciclo menstrual. Neste período há menor densidade do tecido glandular das mamas, o que permite que o exame seja mais detalhado e com menos incômodos.

Além disso, no período da menstruação ou nas semanas próximas os seios costumam estar mais sensíveis devido às alterações hormonais. Isso pode aumentar o incômodo e causar dor durante o exame.

3. Avise se tiver implantes de silicone

implantes-de-seios-na-mamografia

As próteses de silicone podem interferir na visualização das mamas na radiografia. Por isso é de extrema importância comunicar ao técnico que fará o exame que você tem implantes.

O especialista deverá ajustar a dose de radiação, de forma que as glândulas dos seios sejam melhor visualizadas. O posicionamento também será um pouco diferente, dependendo o tamanho dos implantes.

4. Vista duas peças de roupa separadas

Normalmente deve-se tirar toda a parte superior da vestimenta e usar um avental descartável que o radiologista lhe dará para fazer sua primeira mamografia.

Então, é melhor evitar peças únicas, como vestidos ou roupas difíceis de tirar.

O ideal seria usar uma camisa de botões no dia do exame, assim é fácil retirá-la e colocá-la novamente depois. Pense que ir com roupas demais ou com peças difíceis de tirar são situações que lhe farão perder tempo.

Assim, se quer diminuir o tempo de exame, vista alto prático.

5. Evite alguns cosméticos nas axilas

A paciente não deve passar nenhum tipo de produto nas mamas e nem nas axilas no dia do exame.

Eles podem gerar imagens no resultado que confundirão o médico, que por consequência poderá dar um diagnóstico equivocado.

Devemos prestar atenção especial a aqueles produtos que deixam resíduos, como cremes, desodorantes e talcos.

Para evitar qualquer dúvida, pergunte ao médico se seu desodorante habitual pode causar algum problema.

Se você for fazer a mamografia no período da tarde e não quiser passar o dia sem desodorante, vá ao banheiro antes do exame e lave as axilas. Ao terminar, volte a aplicar o desodorante e pronto!

6. Posicione-se de forma cômoda

mamografia-comoda

No momento do exame permita que o radiologista a coloque na posição correta e avise-o caso ela fique muito incômoda para você.

O posicionamento das mamas no aparelho é importantíssimo para que toda a glândula seja examinada e, para que isso aconteça, é preciso que a paciente se sinta relaxada.

Os especialistas assinalam que qualquer mudança de posição durante o exame pode prejudicar o resultado. Por isso, converse como técnico e procurem juntos a melhor posição para sua primeira mamografia.

Você deverá comunicá-lo sobre qualquer limitação que tiver, tais como rigidez muscular ou dificuldades para levantar os braços, entre outras.

Se de qualquer maneira adotar a posição indicada for impossível, o que acontece em raros casos, procure outros métodos para fazer o exame, como o ultrassom.

7. Apenas o especialista pode explicar os resultados

resultados-mamografia

É fundamental saber que o técnico radiologista é o profissional que vai realizar o exame, porém ele não está capacitado a interpretar os resultados.

Ele pode descrever os principais fatores encontrados na mamografia usando termos específicos para cada tipo de lesão.

Porém, apenas seu médico especialista pode explicar os resultados de forma mais detalhada. É importante que não se assuste com qualquer termo esquisito que veja e não se preocupe demais.

Dê tempo ao seu médico para ver os resultados e explicar a real situação.

Quer saber mais? Leia: 4 autoexames que podem salvar sua vida

Mantenha a tranquilidade durante sua primeira mamografia

Em sua primeira mamografia você pode se sentir ansiosa porque não sabe ao certo o que esperar.

Porém, se quiser ter uma ótima qualidade de vida, é uma realidade da qual não poderá escapar e é fundamental se preparar em qualquer momento dentro dos 40 anos de idade ou antes, se tiver fatores de risco.

Analise as coisas que deve esperar deste exame, deixe as preocupações para trás e discuta com seu médico o melhor momento para realizar o procedimento.