7 exercícios para trabalhar e reduzir a papada naturalmente

7 exercícios para trabalhar e reduzir a papada

Se você não quer recorrer à cirurgia para eliminar sua papada, graças a estes exercícios você conseguirá fortalecer os músculos do pescoço e da face, reduzindo-a de forma natural.
7 exercícios para trabalhar e reduzir a papada

Bom, chegou o momento de falar da papada. Talvez se trate de uma zona do corpo relativamente pequena, mas que não deixa de ser bastante importante, tanto a nível estético quanto médico. A acumulação de gordura nesta área do corpo é mal vista esteticamente, mas também pode ser um sinal de risco cardiometabólico.

Além da acumulação de gordura nesta área do corpo, também pode-se evidenciar papadas flácidas, ou seja, “penduradas”. Felizmente, existe uma solução que não envolve nenhum tipo de cirurgia e que deixará a papada mais saudável e esteticamente mais apresentável.

Caso você apresente sobrepeso, pode reduzi-la perdendo alguns quilos ou simplesmente realizando exercícios que fortaleçam os músculos do pescoço e do rosto. A seguir apresentamos uma rotina interessante e eficaz.

Exercícios interessantes para diminuir a papada

Língua de prensa

Primeiro, sente-se com as costas totalmente retas e com os ombros soltos ou para baixo, depois estique o pescoço (jogue a cabeça para trás, como se estivesse olhando para cima). Nessa posição, pressione sua língua contra o palato superior e posterior, enquanto flexiona a cabeça (buscando encostar o peito com o queixo). Faça-o sem deixar de pressionar a língua contra o palato superior. Relaxe a língua e retorne a posição inicial. Realize vinte repetições deste exercício por dia.

Fazer bico e inclinar

fazer-bico

Este exercício pode ser realizado tanto sentado quanto em pé. Alongue seu lábio inferior tão longe quanto puder (enquanto faz bico e contrai o pescoço). Depois, contraindo os músculos do pescoço, flexione a cabeça, inclinando o queixo para o peito. Faça este exercício sem curvar as costas ou levantar os ombros. Ao terminar, volte para a posição inicial e faça em torno de vinte repetições por dia.

O “O”

Da mesma forma que nos exercícios anteriores, este exercício deve ser realizado com as costas totalmente retas e com os ombros para baixo. Estique o pescoço (jogue a cabeça para trás), feche os lábios e, ao fechá-los procure formar um “O” com eles. Mantenha os lábios fechados formando o “O” enquanto mantém a posição esticada do pescoço durante, aproximadamente, vinte segundos. Volte para a posição inicial e faça dez repetições por dia.

“Beijando” o teto

Este exercício é realizado de pé e com os braços pendendo por completo. Nesta posição, estique o pescoço (colocando a cabeça para trás, olhando o teto). Agora, comece a franzir os lábios, como se estivesse tentando beijar o teto, e tente esticar os lábios o máximo possível, enquanto percebe o endurecimento dos músculos do pescoço e do queixo. Procure manter a posição dos lábios por pelo menos cinco segundos e volte à posição inicial. Faça em torno de quinze repetições deste exercício todos os dias.

Rotação do pescoço

alongar-pescoco

A rotação do pescoço pode ser realizada sentada ou de pé. Erga a coluna o máximo possível e, depois, movimente o queixo para um dos ombros e depois para o outro. Faça um semicírculo enquanto se movimenta de um ombro para o outro, passando pelo peito. Assegure-se de que os ombros estejam relaxados. Faça 10 repetições diárias.

Para os lados

Neste exercícios parta da seguinte posição: sentado no chão, coloque uma mão apoiada no chão e situada a dez centímetros dos quadris. Agora, com a mão direita, por cima da cabeça, segure o osso parietal esquerdo e apoie a orelha no ombro, enquanto pressiona levemente com a mão. Faça este exercício durante 10 segundos e troque de mão e lado, repita o procedimento. Faça três repetições diárias.

O jogo das vocais

exercicios-faciais-reduzir-papada

Em pé e com a coluna reta, tente dizer todas as vocais, de maneira pausada e pronunciada, com a boca totalmente aberta. Repita este exercício quantas vezes for possível.