Colesterol 7 Mitos que você deveria saber sobre o

7 Mitos que você deveria saber sobre o colesterol

Você sabia que o cérebro também tem colesterol? O excesso de colesterol é ruim, mas a ausência dele também, já que esta substância nos ajuda a formar células e glândulas.

Existe muita desinformação quando se trata do colesterol. Talvez você tenha ouvido falar várias vezes que seus níveis não estão onde deveriam. Talvez você ache que o LDL é o colesterol mau ou talvez não. Fique sabendo quais são os principais mitos sobre o colesterol (e suas verdades) neste artigo.

O que é?

A falta de informação ou o simples fato de ler uma publicação ou ouvir um amigo falar sobre o assunto pode nos causar vários problemas e isto não somente refere-se ao colesterol, mas também a qualquer questão relacionada à saúde. Por isso é que consultamos vários especialistas para poder conhecer os mitos e verdades mais “populares” de um dos inimigos públicos mais importantes do mundo. Para começar é bom saber o que é o colesterol.

Colesterol no organismo

Trata-se de um componente vital para o funcionamento das células, sempre e quando estiver nos níveis adequados. Encontra-se na maioria dos seres vivos, por isso é que os vegetais também têm colesterol, só que em menor proporção que as carnes vermelhas. O colesterol ajuda a formar estruturas e glândulas. No cérebro, aproximadamente entre 10-20% de sua composição é colesterol e o leite materno também contém uma boa dose. Algumas das funções do colesterol são:

  • Estabilizar e proteger as membranas celulares.
  • Resguardar a estrutura do sistema nervoso.
  • Metabolizar as gorduras alimentares e regular o excesso de colesterol orgânico.
  • Ajudar a formar hormônios sexuais, como os estrogênios.
  • Fornecer as substâncias necessárias para produzir outros hormônios.
  • Proteger a pele e evitar sua desidratação.
  • Participar na formação da vitamina D.
  • Melhorar o sistema imunológico.
  • Proteger de danos renais (principalmente nos diabéticos).
  • Dar elasticidade ao glóbulos vermelhos.
  • Desenvolver o cérebro nos recém-nascidos
  • Impedir malformações nos embriões.

Como você pode observar, o colesterol tem muitas funções muito importantes. Então, qual seria o problema de ter o colesterol alto? Por como sempre se diz, os excessos não são bons, mesmo sendo uma substância tão benéfica para nosso organismo.

Colesterol na mulher

Alguns mitos

Os mariscos contêm altas quantidades de colesterol

Não é bem assim. As pesquisas indicam que os mariscos possuem bastantes esteróis (entre eles o colesterol), mas não como se acreditava há algum tempo atrás. Além disso, os mariscos proporcionam ácidos graxos ômega 3 que reduzem o colesterol “mau”. Consuma ostras ou amêijoas em uma dieta equilibrada e poderá desfrutar de uma vida saudável.

O colesterol é uma moda

Antes as pessoas não sabiam que o colesterol “existia”, mas também não conheciam os problemas que ele ocasionava. As consequências de não controlar os níveis de colesterol são graves e isso não é uma tendência. O que sim é real é que muitos se preocupam mais pelo assunto, os médicos indicam aos seus pacientes que façam exames de sangue periodicamente e existem medicamentos e tratamentos naturais que antigamente não existiam.

Colesterol nas artérias

É bom baixar todo o colesterol

Isto é uma total mentira, como foi explicado antes, porque o colesterol possui muitas funções importantes em nosso corpo. Deverá ser reduzido até os níveis normais e não menos, pois também gera problemas. Ou seja, ter o colesterol alto é ruim, mas níveis muito baixos também. Existem estudos que indicam que a falta de colesterol traz como consequência problemas como a depressão ou o cansaço crônico.

Alguns alimentos não tem colesterol

Outro dos mitos que mencionamos anteriormente. Todos os seres vivos, incluindo animais, plantas e bactérias contêm colesterol, pois é um elemento que se encarrega de muitas coisas. É verdade que existem espécies que possuem menos colesterol do que outras, porém não existe nenhuma com zero de colesterol. Outra das coisas que pode aumentar o colesterol é a forma de cocção. As carnes fritas não são o mesmo que as grelhadas, para mencionar somente um exemplo.

As nozes aumentam o colesterol

Este mito parte da base de que as nozes possuem muita gordura. Mas deve se fazer uma ressalva, já que estas gorduras são “boas” principalmente para o cérebro, e para o corpo em geral. Assim que, se você comer um punhado de nozes (junto com outros frutos secos) não estará ingerindo muita gordura ruim. Evite os alimentos que realmente possuem gorduras ruins, como as batatas fritas.

Colesterol

A única causa do infarto é o colesterol

Parte disso é verdade, mas também existem outros fatores que podem estar envolvidos e podem aumentar as possibilidades de infartos do miocárdio ou paradas cardíacas. É verdade que o excesso de colesterol pode causar obstruções nas artérias, mas isso também é causado pelo sal, pelo estresse ou pelo sedentarismo. Por isso, não devemos pôr toda a culpa no colesterol pelo que acontece em nosso coração, ainda que ele seja um grande responsável.

É necessário consumir medicamentos para reduzir o colesterol

Isso depende de vários fatores. Por exemplo, algumas pessoas com um nível muito alto de colesterol não podem “esperar” que os remédios naturais façam efeito. Mesmo que as receitas caseiras sejam melhores por não conterem químicos, tudo vai depender do caso e do paciente. No caso de pessoas que tem o colesterol minimamente elevado, não seria necessário tomar comprimidos sempre que mudar a alimentação por mais frutas e vegetais, cereais integrais, entre outros.