7 pequenas mudanças que te ajudam a reduzir o peso

7 pequenas mudanças que te ajudam a reduzir o peso

Já que à tarde e à noite quase não realizamos atividade física, não temos tempo para queimar aquilo que consumimos. Por isso, deveríamos ingerir alimentos leves para evitar o ganho de peso.

Você sabia que comer fruta durante uma refeição pode engordar? Ou ainda, que é melhor não misturar muitos alimentos em uma refeição? Que a proteína ajuda a reduzir a cintura? Que o que comemos a partir do entardecer engorda muito mais? E que as gorduras saudáveis não engordam igual as que não são?

Daremos 7 dicas que te surpreenderão porque são pequenas mudanças que você pode fazer que ajudarão a reduzir seu peso sem fazer tanto esforço, mudando alguns hábitos, sem sofrimentos nem sacrifícios desnecessários. 

A fruta, melhor entre as refeições para perder peso

A fruta é muito saudável e necessária em nossa dieta. Deveríamos consumir duas ou três unidades de fruta fresca por dia, já que elas nos dão vitaminas, minerais e fibra. Mas, por seu teor de ácidos e açúcares, e por sua rápida digestão, se as consumimos como sobremesa prejudicará nosso sistema digestivo, provocando fermentações que podem causar gases. Ao contrário, se as comemos no meio da manhã ou no meio da tarde o efeito é totalmente oposto, já que a fruta é muito saciante e nos ajuda a evitar que fiquemos beliscando coisas menos saudáveis. As únicas exceções que podemos comer como sobremesa são as maças e as peras, que são consideradas frutas neutras.

comer frutas para perder peso

Comer de maneira simples, sem misturar muitas coisas

Todos podemos fazer exceções quando temos convidados ou comemos fora de casa, mas no dia a dia é conveniente preparar pratos mais simples nos quais haja algo de vegetal, algo de cereal ou fécula e algo de proteína. Com isso, temos um menu completo e equilibrado e facilitamos a absorção positiva dos nutrientes. Como preparar um menu?

1. Vegetal: salada, verdura, cremes, sopas, maça ou pera.

2. Cereal ou fécula: arroz, massas, pães etc.

3. Proteínas: carnes vermelhas, peixes, ovo, legumes, frutos secos e proteína vegetal

A proteína emagrece

Hoje em dia se abusa muito dos carboidratos, como, por exemplo, os sanduíches, as massas, as pizzas, os bolos etc. Os carboidratos nos dão energia para todo o dia, mas se abusamos e não usamos essa energia, ela se transformará em reservas, ou seja, gordura. Ao contrário, no outro extremo temos as dietas com alto teor de proteínas que muito menos são saudáveis, porque mesmo que se possa emagrecer rápido, podem sobrecarregar os rins e o fígado além de causar o efeito sanfona. Por isso, recomendamos incluir uma boa quantidade de proteína, mas sem abusar. Que em cada refeição haja algo de proteína. Não apenas queimaremos mais calorias, mas também veremos como reduz a nossa cintura.

A fibra reduz o inchaço

A fibra é imprescindível para o bom funcionamento intestinal, já que se estes órgãos não funcionam corretamente devido a prisão de ventre, diarreias ou qualquer outro problema, a barriga fica inchada. Por isso, é necessário consumir alimentos ricos em fibra, como frutas e verduras, e os carboidratos preferencialmente sempre integrais. Também deveremos beber mais água entre as refeições para ajudar a eliminar bem a fibra.

saladas que te ajudam a perder peso

A partir da tarde, coma menos

Cada país tem seus horários e não é o mesmo durante o inverno e o verão, mas a verdade é que o que consumimos na parte da tarde e à noite não queimamos rápido e, portanto, pode nos levar a ganhar um pouco de peso. Além disso, pode dificultar o sono e o descanso do fígado. Ao entardecer opte por infusões, cremes de verduras, sopas, saladas, frutas pouco doces, algumas proteína etc.

Nem todas as gorduras são iguais

Não devemos nos limitar a contar as calorias, mas sim devemos considerar que as gorduras saudáveis são imprescindíveis para nosso organismo, o qual as usa para nutrir os órgãos, hidratar a pele, as mucosas etc. Ao contrário, as prejudiciais não aportam tantos nutrientes e são maléficas, devido a que o corpo as considera “reservas”. Escolha gorduras saudáveis como os frutos secos, os óleos vegetais de qualidade, os peixes ou o ovo e evita as gorduras hidrogenadas, as frituras, os embutidos etc.

Aprenda a comer

Engordar ou emagrecer não depende apenas das calorias que ingerimos, mas também da maneira como comemos:

  • Mastigar bastante os alimentos
  • Não comer em pé ou com pressa
  • Descansar ao menos 10 minutos antes de voltar às atividades
  • Não beber muito durante a refeição
  • Não comer grandes quantidades de uma vez
  • Desfrutar da comida, mas não se obcecar por ela

Imagens por cortesia de vastfield e diekatrin