7 razões pelas quais você deve limpar o fígado - Melhor Com Saúde

7 razões pelas quais você deve limpar o fígado

Há muitos fatores em nossas vidas diárias que podem afetar a saúde de nosso fígado, tais como alimentação ou inclusive respirar o ar poluído, por isso você deve depurá-lo

Desde alguns anos vem-se promovendo uma série de hábitos e remédios naturais com o fim de limpar o fígado para estimular a sua função.

Alguns fazem isso em uma base regular, enquanto outros ainda desconhecem por que é tão importante fazê-lo, independentemente dos possíveis fatores de risco de doenças.

Para entender isso, em primeiro lugar, é essencial saber que o fígado é um dos órgãos mais vitais do corpo, responsável ​​pela filtragem das toxinas, purificação do sangue, síntese de proteínas e participar de processos do metabolismo.

Embora ele tenha a capacidade de purificar-se a si mesmo, chega um momento em que apresenta algumas dificuldades devido ao excesso de trabalho fruto do estilo de vida pouco saudável.

Claro, isso implica em uma série de consequências que refletem no desenvolvimento de vários distúrbios de saúde; Portanto, é essencial estimular e fornecer todas as substâncias que ele precisa para se manter em perfeito estado.

A seguir, nós compartilhamos em detalhe as 7 razões pelas quais você deve limpar o fígado e desintoxicar o corpo com mais frequência. Descubra-as!

Veja também: 6 formas interessantes de tomar água para desintoxicar o corpo e se refrescar

1.Consumir gorduras e alimentos processados7-razoes-pelas-quais-voce-deve-limpar-o-figado-2-500x332

Infelizmente, muitos dos alimentos que estão incluídos na dieta diária são processados e tem grandes quantidades de gordura saturada.

O fígado está ativamente envolvido no metabolismo de gorduras, mas, por estar sobrecarregado de tarefas, ele não funciona corretamente.

Esta dificuldade pode levar a distúrbios, tais como fígado gordo, excesso de peso, obesidade e acumulação de lipídios no sangue.

Alguns desses alimentos são:

  • Carne vermelha.
  • Frituras.
  • Enchidos.
  • Enlatados.

2.Consumir carboidratos processados ​​

O consumo excessivo de carboidratos processados ​​eleva muito os níveis de açúcar no sangue, forçando o fígado a trabalhar mais para eliminar o desnecessário e estabilizar a glicose.

Estes alimentos incluem:

  • Os doces.
  • Os biscoitos.
  • O pão branco.
  • As massas.
  • As bebidas.

3.O ar que você respira está poluídoAr-contaminado-500x334

Mesmo quando você tenha uma dieta saudável não se salva de sofrer os efeitos da poluição. Infelizmente, é impossível não absorver esses agentes tóxicos do ar, especialmente ao manipular produtos químicos de limpeza ou passar perto de indústrias.

4.Você precisa perder peso

A perda de peso é uma das maiores razões para prestar  atenção ao fígado. Quando ele tem problemas para desempenhar suas funções, o metabolismo desacelera e o corpo tem mais dificuldade em queimar calorias.

Além disso, os níveis de açúcar no sangue sobem e, não são convertidos em energia, e acabam sendo armazenados em forma de gordura.

5.Você tem deficiência de nutrientes

Quando você tem uma dieta pobre em frutas, legumes e grãos, é comum que, mais cedo ou mais tarde apresente algum tipo de deficiência nutricional.

Os baixos níveis de vitaminas, minerais e outras substâncias afetam a função do fígado e outras partes do corpo.

No caso deste órgão em especial, é essencial provê-lo de quantidades significativas de:

  • Vitamina C.
  • Vitamina B.
  • Vitamina E.
  • Ácido fólico.
  • Cálcio.
  • Água.

Recomendamos a leitura: Como preparar hambúrgueres saudáveis de lentilhas e quinoa

6.Álcool e drogasAbuso-do-alcool-e-medicamentos-500x334

Tomar estas substâncias em excesso causa uma forte intoxicação no fígado que diminui significativamente a sua função.

A médio e longo prazo pode causar danos graves e favorecer  a aparição de doenças complexas, como a cirrose e o fígado gordo.

7.Para evitar a formação de cálculos biliares

Os cálculos biliares são depósitos duros que se formam na vesícula biliar e no fígado. Estes podem ter o tamanho mínimo de um grão de areia ou se tornarem tão grandes como uma bola de golfe.

Substâncias não controladas, como o colesterol e a bilirrubina influenciam na sua ocorrência. O importante é, que devem ser tratados o quanto antes, pois eles podem entupir os dutos que causam dor intensa e dificuldades na função deste órgão.

A desintoxicação, além de eliminar toxinas, remove as areias e promove a sua destruição evitando maiores inconvenientes.

Você se sente identificada com qualquer uma dessas razões? Se assim for, comece a procurar um método de limpeza que se adapte às suas necessidades.

No catálogo da medicina alternativa você vai encontrar chás, shakes e outros remédios naturais destinados a esse fim.

Além disso, é essencial que você reveja sua dieta e comece a substituir alimentos prejudiciais por frutas, legumes, cereais integrais e outros ingredientes saudáveis.