7 sinais que revelam a infidelidade de seu(ua) parceiro(a) - Melhor Com Saúde

7 sinais que revelam a infidelidade de seu(ua) parceiro(a)

Devemos colocar em uma balança o bom e o ruim que nossos(as) parceiros(as) nos proporcionam, e assim levar em consideração o que mais compensa.

As vezes somos surpreendidas(os) ao descobrirmos que nossos(as) parceiros(as) estão nos traindo ou brincando com nossa confiança. Pode ser que tenhamos apenas pequenas pistas que dão a entender que isso esta acontecendo, mesmo nosso parceiro(a) negando tudo, mas mesmo assim sentimos que algo não esta bem e isso acaba nos angustiando.

Entretanto, é complicado ter uma absoluta certeza se não nos depararmos com uma situação comprometedora ou se ele(a) não confesse.

Em seguida, vamos tratar esclarecer esse assunto e dar algumas dicas que podem te ajudar a abrir os olhos sobre o que esta acontecendo. Não obstante, é importante destacar que nada do que explicaremos nesse artigo pode dar uma resposta definitiva,são apenas dicas.

Por isso, é preciso que sejamos muito cuidadosas(os) e não tirar conclusões precipitadas sobre a possível ou impossível infidelidade de nosso(a) parceiro(a).

1. Uma obsessão repentina pelo celular ou pelas redes sociais

Aqui existem dois fatos importantes que temos que avaliar antes de mais nada. Em primeiro lugar, pode ser que nosso(a) parceiro(a) tenha um problema e seja viciado(a) pelas redes sociais e que tenhamos que ajudá-lo(la) a superá-lo.

Por isso,é preciso analisarmos para ver se a necessidade de estar conectado(a) constantemente foi repentina ou se começou de maneira gradual.

O fato de que por detrás do uso excessivo possa se esconder uma infidelidade esta relacionado com um excesso de desconfiança e ocultismo. Basta observar se ele(a) leva o celular para cima e para baixo todo o tempo, se checa constantemente suas mensagens e as ligações, se apaga os registros ou se usa o telefone em horas impróprias.

Não obstante, temos que destacar que por nada nesse mundo devemos olhar seu celular ou suas redes sociais, ainda que estejamos certas(os) de sua traição, pois isso supõe uma quebra total e absoluta de sua intimidade e da confiança.

Não esqueça de ler: 10 hábitos para ser mais feliz

infiel2

2. Existe uma parcela de sua vida que não deixa você participar dela

De repente seu(ua) parceiro(a) tem uma nova e assombrosa fixação que antes não tinha, que é impossível de você entender como começou e porque ele(a) não quer compartilhar com você absolutamente nada  que tenha a ver com o tema.

Neste caso, você precisa ser cautelosa(o) e compreender que isso pode ser uma forma dele(a) reclamar um espaço pessoal e íntimo.

Por essa razão, é necessário examinar delicadamente o que pode levar a isso e nunca considerar como um sinal equivocado de infidelidade. Vale a pena lembrar de novo que não existe nada que garanta 100% que ele(a) esta te traindo.

3. Cada dia tem novas reuniões e obrigações

Estes tipos de coisas são os primeiros sinais que nos fazem perceber que algo não vai bem. Se seu(ua) parceiro(a) começa a ter reuniões fora do horário de trabalho com muita frequência, é norma suspeitar.

Se em cada uma dessas ocasiões, ele(a) começa a detalhar muuuito o lugar ou o que tem feito, é provável que não esteja falando com naturalidade. Como dizem: a desculpa antecipada que é dada sem se pedir manifesta a culpa.

De todas as formas, voltemos a lembrar que nem sempre isso acontece e, caso esteja acontecendo, não é uma confirmação da infidelidade.

4. Encontramos entre suas roupas ou em seu corpo marcas de beijos, pelos, objetos estranhos, etc.

As provas físicas sempre destacam uma evidência maior sobre infidelidade ou qualquer outra questão. Observar e controlar a existência destes indícios podem apontar um prova irrefutável que nos ajude a confrontar essa situação no momento de conversar com nosso(a) parceiro(a).

batom

5. De repente, o nosso parceiro(a) está seguro(a) de si mesmo(a)

As novas relações costumam ser um sopro de ar fresco em nossa autoestima e autoconfiança. Portanto, se seu parceiro(a) de uma hora para outra aparenta está super confiante e você não vê motivos para tanto, pode ser um motivo para suspeitar.

De todas as formas, esta atitude de seu(ua) parceiro(a) não têm poque ser de todo ruim. Não obstante, quando esses indícios unem-se a outros que já comentamos, pode estar indicando que haja uma terceira pessoa.

6. Começa a cuidar de sua aparência, repentinamente

Este ponto está unido com o anterior. Pode ser que seu(ua) parceiro(a) comece a se cuidar ou comece a se arrumar muito de repente, coisa que não fazia antes. Isso pode acontecer porque ele(a) começou a ter vontade, ou alguma coisa o(a) faz querer se arrumar mais, ou pode querer estar mais bonito(a) para você, ou pode estar te traindo.

Contudo, ainda que possa parecer um sinal de infidelidade, novamente apontamos que você não deve fazer conclusões precipitadas olhando apenas para esse indício.

7. Renova seus cuidados com você

Pode ser que com alguns anos de uma rotina de sexo, seu(ua) parceiro(a) te surpreenda com novos interesses e te dando uma dedicação especial. Pode ser que isso ocorra porque seu(ua) parceiro(a) está com vontade de renovar a relação ou que aprendeu novas coisas fora, por exemplo.

Quer saber mais? Leia: Como manter a atração com seu parceiro?

O que há por trás de uma traição?

Como já mencionamos, apesar do fato de que estes ou outros comportamentos possam ser indicativos de que haja uma outra pessoa na vida de seu(ua) parceiro(a),também pode ser que nenhum desses indiquem uma possível traição.

Por isso, voltamos a repetir que é preciso ser muito cautelosa(o) e não danificar, de maneira desnecessária, a imagem que um tem do outro.

aliança

Em primeiro lugar, sempre temos que analisar se algo vai mal ou não no relacionamento.

Dado que a infidelidade é um dos temas que mais suscita interesse, numerosos estudos juntaram informações sobre os fatores que estão associados com a mentira entre um casal.

Gostaríamos de destacar alguns desses para que, caso aconteça algo do tipo com você, leve-os em consideração para avaliar se romper com seu(ua) parceiro(a) de vez é a melhor solução:

  • A falta de amor. É comum que,como tempo, deixemos de amar nosso parceiro(a) apesar de querê-lo(la) com loucura. Isso pode fortalecer a ideia de buscar outra pessoa e ser fiel a esta, apesar de estar enganando a outra.
  • A rotina e o tédio. Com o tempo, a rotina deixa de nos entreter e pode fazer com que tenhamos a necessidade de sair e buscar novos estímulos. Além disso, a curiosidade e a inquietude sexual e afetiva podem favorecer a infidelidade.
  • A necessidade de sedução. Existem pessoas que estão presas em suas vaidades e narcisismos e acabam medindo o quão atrativas são e seu valor segundo apenas suas conquistas.
  • Falsas crenças ou crenças egoístas que pretendem justificar a infidelidade: ” só dessa vez“, “nunca estive com outra pessoa e tenho que experimentar“, “não tem por que você saber“, “é só sexo“, “não vou perder a oportunidade“,etc.
  • Um sistema de valores que não sancione a infidelidade.
  • Problemas de comunicação que se escondem e não se resolvem podem criar ressentimentos que se acumulam na relação.
  • O sentimento de solidão dentro da relação por um distanciamento afetivo e uma falta de afeto.
  • Falta de satisfação sexual. Isto só favorece a busca por outro companheiro(a) mais compatível.
  • Expectativas irreais e idealização da relação e do(a) parceiro(a) podem produzir grandes decepções que acabam distanciando um do outro.

Imágens destacadas por cortesia de irin-k