8 alimentos que podem causar câncer - Melhor Com Saúde

8 alimentos que podem causar câncer

Você sabia que os refrigerantes podem favorecer o surgimento do câncer? Tanto os normais quanto os light são ricos em produtos químicos e aditivos que alimentam estas células malignas.

Diversas pesquisas indicam que a alimentação está mais que relacionada com as doenças e patologias que sofremos diariamente. No caso do câncer, foi comprovado que seguir uma dieta desequilibrada e repleta de química, favorece muito sua aparição. Por isso, leia este artigo, no qual você aprenderá quais são os alimentos mais prejudiciais nesse sentido.

Determinados alimentos que consumimos em nosso dia a dia sem nos darmos conta, aumentam substancialmente a possibilidade de sofreremos algum tipo de câncer que provoca a morte de milhares de pessoal anualmente em todo o mundo.

Alimentos que podem causar  ou agravar o câncer

  • Transgênicos: os organismos geneticamente modificados (GMO, em sua sigla em inglês), mais conhecidos como “transgênicos” provocam muitas doenças em nosso organismo, entre elas, a mais frequente é o câncer. Os produtos químicos que são usados para seu cultivo causam tumores. O problema é que os transgênicos estão dissimulados em todas as partes. Na maioria dos alimentos de soja, milho ou canola (e derivados), sobretudo. Se for possível, evitá-los, deixando seu consumo e, ao mesmo tempo, optar por uma alimentação orgânica certificada e comprovada, isto é, que não utilizam biotecnologia para cultivá-los.

trans

  • As carnes processadas: todos os produtos com carne, como, por exemplo, os embutidos, toucinho, salsichas, mortadelas etc., têm conservantes químicos para que pareçam mais frescos e atrativos, mas por trás disso guardam substâncias cancerígenas. O nitrito e o nitrato de sócio estão relacionados com o aumento significativo dos riscos de se desenvolver o câncer, sobretudo o de cólon. É necessário, se se deseja comer carne, escolher produtos de carne curada sem usar nitratos.
  • As pipocas de micro-ondas: as pipocas são fáceis de preparar, principalmente as de micro-ondas, bastando colocar o saquinho no eletrodoméstico e em dois minutos já temos a companhia ideal para um filme. No entanto, a combinação dos ingredientes com as radiações deste aparelho está relacionada com o câncer e a infertilidade. Ao mesmo tempo, nestas pipocas é usado o diacetilo, um composto que lhe dá sabor de manteiga (artificial), vinculado a doenças pulmonares graves. Como se fosse pouco, vários dos ingredientes usados podem conter materiais modificados geneticamente. Se você deseja desfrutar deste alimento, melhor comprar o milho e fazer você mesma em uma panela fechada e um pouco de óleo.
  • Os refrigerantes comuns ou “diet”: Os refrigerantes podem provocar câncer, simples assim. Isso se deve ao fato de que contêm não apenas grandes quantidades de açúcar (os que não são light), mas também produtos químicos, colorantes, aditivos etc. Os refrigerantes e as sodas acidificam o corpo e “alimentam” as células cancerosas. No caso das opções com baixas calorias, são ainda mais perigosas, já que contam com aspartamo, um edulcorante artificial que trás como consequência várias doenças, entre elas, o câncer e defeitos congênitos. Outros adoçantes como sucralose (Splenda) e sacarina foram vinculados a diferentes patologias. Prefira sempre os sucos naturais e no melhor dos casos, água.

refri

  • A farinha refinada: é a de cor branca, um ingrediente comum em muitos alimentos processados. Seu excesso de hidratos de carbono é preocupante. O consumo regular desses está relacionado ao aumento de 220% dos casos de câncer de mama nas mulheres. Ao mesmo tempo, ao alto teor de índice glicêmico, fazendo com que os níveis de açúcar no sangue aumentem rapidamente, algo que alimenta o crescimento de células cancerosas. Escolha cereais integrais (os de cor amarela ou marrom) e prepara seus próprios alimentos, não compre empanados ou processados.
  • O açúcar refinado: o mesmo que ocorre com a farinha, o açúcar de cor branca tende a aumentar a insulina e as células cancerosas no corpo. Tenha cuidado com os alimentos ricos em frutose, como é o caso do xarope de milho (presente em muitos produtos que compramos no mercado) que são bastante perigosos para o organismo. Os biscoitos recheados, os bolos de confeitaria, tortas, molhos, cereais e bebidas que o contenham. Isso explica, em parte, por que cada vez mais existem casos de câncer no mundo. Para adoçar nada melhor que a stévia (comprar a planta seca) ou o mel (orgânico).

açucar

  • Os óleos hidrogenados: são usados para poder conservar os alimentos processados, para que se mantenham “estáveis”. Mas têm uma contrapartida, porque alteram a estrutura e a flexibilidade das membranas celulares de nosso corpo. Isso pode causar doenças do tipo “debilitantes”, ou seja, câncer (entre outras). As gorduras trans estão em uma grande quantidade de alimentos que compramos e consumimos diariamente. Ainda que muito fabricantes estejam substituindo seu uso por alternativas mais seguras, como é o óleo de palma (ou dendê), ainda nos resta um grande caminho a percorrer. Como conselho, não consuma produtos cuja informação nutricional indica que têm gorduras trans.
  • As frutas e vegetais de produção industrial: como pode ser que as frutas mais saudáveis causem câncer? Na realidade, o problema não está no alimento em si, mas na maneira como são cultivadas antes de sair para  mercado. 98% das frutas e verduras estão contaminadas com pesticidas, os quais provocam câncer. Em primeiro lugar deste fatídico ranking estão as maçãs, seguidas pelas uvas, os morangos, coentro e as batatas. Os produtos que usados nos cultivos para evitar as pragas e doenças, justamente, adoecem as pessoas que os consomem. A ingestão por parte das mulheres em idade fértil trás como consequência, por sua vez, aos seus filhos, como pode ser o quociente de inteligência mais baixo ou distúrbios de atenção. Para evitar isso, escolha produtos orgânicos ou certificados como “livres de pesticidas”. Procure as feiras locais.

frutas