Proteger os olhos dos danos por dispositivos eletrônicos

8 formas de proteger os olhos dos danos causados por dispositivos eletrônicos

Além de nos lembrarmos de piscar com frequência quando estivermos em frente à tela, é importante realizarmos pausas a cada certo tempo para descansar a vista.
8 formas de proteger os olhos dos danos causados por dispositivos eletrônicos

Em um mundo tão invadido pela tecnologia, especialmente por novos dispositivos eletrônicos que facilitam o uso da internet, são muitas as pessoas que passam longas horas em frente à tela sem fazer uma proteção visual adequada.

Ainda que a grande maioria dos usuários o ignore, a luz que os aparelhos digitais emitem tem um impacto negativo nos olhos, o que por sua vez acarreta graves problemas a médio e longo prazo.


A taxa de pessoas com doenças visuais aumentou conforme a tecnologia evoluiu e, o pior, é que estima-se que continuará crescendo, porque cada vez mais pessoas utilizam esses aparelhos quase sem descanso.

Considerando o grande risco que corremos pelo uso frequente de todos esses aparelhos tecnológicos, desde algum tempo se conhecem recomendações para diminuir o impacto e proteger a saúde visual.

Nesta ocasião recompilamos as 8 dicas mais importantes. Aplique-as!

1. Exercitar a vista para proteger os olhos

Proteger-os-olhos

Quando passamos muito tempo em frente aos dispositivos digitais, os olhos não piscam como deveriam e, em algum momento, desenvolvem algum grau de ressecamento.

É importante tomar alguns segundos, no mínimo a cada 20 minutos, para fazer algum exercício que facilite a lubrificação dos olhos.

Uma boa ideia é piscar várias vezes mantendo o foco em um mesmo ponto ou, ainda, cobrir um dos olhos, olhar fixamente um ponto específico e, depois, repetir com o olho que estava coberto.

2. Manter certa distância em relação à tela

Os oftalmologistas estão recomendando que as pessoas mantenham uma distância de, no mínimo, um antebraço da tela.

Aqueles que trabalham com um computador no escritório precisam adotar uma posição adequada que facilite o uso do teclado, mas conservando uma distância segura.

3. Expor os olhos à luz do dia

Mulher-relaxada-tomando-sol

Se os olhos estiverem expostos à luz que esses aparelhos emitem e também às lâmpadas LED, o problema pode ser duplo.

A luz natural é saudável e reduz o impacto que as luzes artificiais têm sobre a vista. Uma boa ideia é sair um pouco, passear por um parque ou qualquer outro lugar onde possa ocorrer alguma conexão com a natureza e a luz natural.

Este hábito também ajudará a ajustar os ritmos circadianos naturais, melhorando a qualidade do sono e o humor.

4. Ajustar a iluminação da tela

Telefone-celular

Todos os dispositivos permitem ajudar a iluminação da tela para adequá-la segundo o ambiente e a necessidade visual.

Por exemplo, se o lugar for iluminado, o brilho deve ser aumentado para reduzir os reflexos sobre a tela. Em contrapartida, se o ambiente for escuro ou já for de noite, a luz deve ser diminuída o máximo possível.

Quando se utiliza muito brilho na tela do celular sem ser necessário, a única coisa que conseguimos é forçar a visão e gerar danos a longo prazo.

5. Usar óculos de proteção

Mesmo que muitos ainda não tenham desenvolvido um problema de vista, é bom consultar um médico para receber a formulação de óculos de proteção.

Este acessório que durante anos permitiu que muitos enxergassem melhor também é desenhado para reduzir o deslumbre e a fatiga visual. Devem ser usados sempre que estivermos em frente a uma tela, já que é a melhor forma de proteger os olhos frente ao resplendor prejudicial.

6. Melhorar a alimentação

Como ocorre com a saúde do corpo em geral, os olhos também precisam de alguns nutrientes essenciais para reduzir os efeitos nocivos dos elementos digitais e outros agentes que os prejudicam.

Para conservar a boa visão e melhorar o rendimento dos nervos, é aconselhável tomar mais:

  • Ácidos graxos essenciais ômega 3.
  • Vitamina A.
  • Zinco.
  • Vitamina C.
  • Vitamina E.
  • Antioxidantes

7. Fazer descansos regulares

Descancar

Especialistas em saúde visual recomendam um descanso de 15 a 20 minutos por cada duas horas na frente de uma tela de eletrônicos.

Nos minutos de repouso não se deve usar nenhum outro elemento eletrônico e, se possível, deve-se piscar ou fechar os olhos por um tempo para lubrificá-los bem.

8. Diminuir o uso desses dispositivos

Muitos anseiam aqueles tempos em que não havia tanta dependência da tecnologia e era possível desenvolver mais atividades no entorno social.

Porque deixar que os bons costumes se percam? Nenhuma saudação por redes sociais mudará aquele aperto de mãos ou aquele abraço nas pessoas que amamos. Estando conscientes disso e do problema que a tecnologia pode causar à saúde dos olhos, é uma grande decisão começar a reduzir seu uso o tanto quanto for possível diariamente e voltar a realizar outras atividades.