8 Incríveis benefícios curativos da canela - Melhor Com Saúde

8 Incríveis benefícios curativos da canela

A canela pode ser um grande remédio para aquelas pessoas com diabetes ou resistência à insulina, já que reduz os níveis de glicose no sangue.

Certamente você conhece a canela, um condimento usado no café e nas sobremesas. No entanto, além de seu uso na culinária, ela também oferece excelentes propriedades para a saúde. No seguinte artigo, você poderá conhecer quais são os benefícios comprovados da canela.

A canela, um grande tesouro

Há milhares de anos, a canela vem sendo utilizada em diferentes remédios caseiros. A ciência moderna confirmou muitos dos benefícios que ela possui após várias pesquisas e estudos.

Este condimento é obtido da casca interna de uma árvore chamada Cinnamomum, encontrada em alguns países como Egito. É deste país que são datados os primeiros vestígios do uso da canela. Antigamente, era um produto muito valioso, raro e caro, um presente ao que somente os reis podiam ter acesso.

O processo de elaboração se realiza cortando os caules da árvore, extraindo a casca e deixando-a secar. Depois, a casca é cortada em tiras e enroladas até formarem palitos, ou triturada para obter a canela em pó.

canela-ion-bogdan-dumitrescu

Felizmente, hoje em dia a canela é bastante acessível e pode ser obtida nos mercados e outras lojas. O aroma característico é devido a um composto da parte gordurosa da especiaria chamado cinamaldeído, encarregado da maioria das propriedades do condimento, notáveis para o metabolismo e a saúde.

Existem dois tipos de canela:

  • Canela de Ceilão, também conhecida como canela verdadeira.
  • Canela de Cássia, que é a variedade mais comum na atualidade.

Benefícios da canela

De sabor inconfundível e aplicações culinárias, estes são alguns benefícios comprovados cientificamente:

Antioxidante

Contém substâncias antioxidantes que protegem nosso corpo dos danos oxidativos provocados pelos chamados “radicais livres”. A canela oferece polifenóis de excelente qualidade, de acordo com estudos. Nestas pesquisas também foram comparados os poderes antioxidantes de 26 especiarias e a canela foi a vencedora, acima de outros alimentos como o orégano e o alho.

Ação anti-inflamatória

A canela permite reduzir o inchaço em diferentes partes do corpo, assim como também combater as infecções, reparar o tecido danificado e melhorar os sintomas de pacientes com artrite ou gota.

canela5

Reduz o risco de sofrer problemas cardíacos

Caso tenha antecedentes de doenças cardiovasculares em sua família ou se você for um paciente de risco (obesidade, colesterol elevado, pressão arterial alta), não tenha dúvida em consumir mais canela. Esta especiaria tem a capacidade de reduzir o risco de sofrer estes problemas cardíacos, que podem causar até a morte. Nas pessoas que sofrem diabetes do tipo II, 1 grama de canela por dia tem efeitos excelentes sobre o açúcar no sangue.

Além disso, a canela serve para reduzir os níveis de colesterol “mau” e os triglicerídeos. Alguns estudos indicam que aumenta a quantidade de colesterol “bom” e que também reduz a hipertensão. Tudo isso ajuda a ter um coração mais saudável.

Melhora a sensibilidade à insulina

Outro dos benefícios da canela para os diabéticos é poder melhorar a sensibilidade ao hormônio insulina. A insulina é um dos principais reguladores do metabolismo e dos níveis de energia do corpo. Também transporta o açúcar por toda a corrente sanguínea e para as células. Os pacientes com resistência à insulina podem sofrer doenças graves além da diabetes, mas a boa notícia é que a canela reduz este problema.

canela4

Poder “antidiabético”

Em relação ao indicado anteriormente, a canela reduz os níveis de açúcar no sangue e por isso é recomendada para os diabéticos. Foi demonstrado que a canela reduz a quantidade de glicose que entra na corrente sanguínea depois de comer, consegue interferir nas enzimas digestivas, reduz a degradação dos carboidratos no trato digestivo e atua sobre as células transportadoras de insulina.

Aconselha-se consumir a canela em sobremesas sem açúcar ou com café depois de almoçar ou jantar. Os testes em pacientes diabéticos demonstraram que a especiaria poderia reduzir em até 30% os níveis de açúcar no sangue. A dose diária recomendada é de até 6 gramas.

Reduz as doenças degenerativas

Os problemas neurodegenerativos são caracterizados por uma perda progressiva da função ou estrutura das células cerebrais. As duas doenças mais comuns são o Alzheimer e o mal de Parkinson. Dois compostos encontrados na canela possuem a capacidade de inibir a acumulação de uma proteína no cérebro, que desencadeia o Alzheimer, assim como também protege os neurônios, melhora a função motora e normaliza os níveis de neurotransmissores nos pacientes com Parkinson.

Protege do câncer

O câncer é provocado por um crescimento descontrolado de células malignas. Há muitos anos se estuda a relação entre o consumo de canela e a redução dos pacientes com esta doença, assim como também as melhoras naqueles que já sofrem com o câncer. É por isso que vários pesquisadores afirmam que a canela pode ser um remédio caseiro para prevenir este mal. A canela atua reduzindo a formação de vasos sanguíneos nos tumores, o que causa a morte das células ruins. Além disso, ao expulsar os radicais livres, evita, por exemplo, o câncer de cólon, muito frequente hoje em dia.

Combate infecções fúngicas e bacterianas

canela-louro

O principal componente ativo da canela (cinamaldeído) combate alguns tipos de infecção como as do trato respiratório por fungos, inibe o crescimento de bactérias tais como a Salmonela, previne as cáries dentárias e o mau hálito.