8 propriedades do salsão para incluir em sua alimentação-Melhor com saúde

8 propriedades do salsão para incluir em sua alimentação

Você sabia que o salsão é anti-inflamatório, diurético e digestivo? E essas são apenas algumas de suas propriedades. Esta hortaliça é uma grande aliada para a nossa saúde.
8 propriedades do salsão para incluir em sua alimentação

O salsão é uma verdura muito popular em todo o mundo, conhecido por suas aplicações na gastronomia e na medicina alternativa. Seu aroma e sabor são aproveitados como complemento em saladas, sopas e outros tipos de receitas na cozinha.

Porém, o salsão é valorizado por seu mínimo aporte calórico e seu alto teor de nutrientes que contribuem para melhorar a saúde e o peso.

Trata-se de uma hortaliça perfeita para incluir de forma habitual na dieta, especialmente se seu objetivo for emagrecer de forma saudável.

Tendo em conta que muitos ainda desconhecem quais são os benefícios que se obtém ao comê-lo, a seguir queremos revelar 8 de suas principais propriedades. Não perca!

1. O salsão é livre de gordura e colesterol!

Salsão

Uma das razões pelas quais é tão recomendado nos planos de alimentação é porque é um alimento rico em água e livre de gorduras e colesterol.

Ingeri-lo de forma regular reduz o risco de desenvolvermos doenças cardiovasculares.

2. Contém muitas vitaminas e minerais

O salsão contém todas as vitaminas e minerais essenciais que o nosso organismo requer. Porém, é importante considerar que seus teores são mínimos em comparação com outros alimentos.

As vitaminas que o salsão contém são:

  • Vitamina A
  • Vitaminas do complexo B
  • Vitamina C
  • Vitamina E
  • Folatos

Em relação aos minerais, destaca-se a presença de:

  • Potássio
  • Sódio
  • Cálcio
  • Zinco
  • Magnésio
  • Ferro
  • Cobre
  • Enxofre
  • Fósforo
  • Silício

 

3. Oferece óleos essenciais

Salsão cortado

 

Devido ao seu alto teor de água, o salsão também contém óleos essenciais com qualidades antibacterianas e diuréticas.

É composto por substâncias tais como:

  • Apiol
  • Limoneno
  • Psoraleno
  • Apiin

Costuma-se utilizar como tratamento contra as doenças renais e também para combater as infecções bacterianas.

4. É rico em antioxidantes

Seu alto teor de fitonutrientes e seus poderosos antioxidantes, fazem com que seja um grande aliado contra os transtornos graves causados pela ação dos radicais livres.

Esses fitonutrientes atuam como uma barreira protetora contra os agentes externos do ambiente e, eles também são potentes redutores da deposição de colesterol nas artérias.

Por outro lado, também são uma fonte de flavonoides, antioxidantes que estão relacionados com a prevenção e tratamento de transtornos cardiovasculares e câncer.

5. Atua como um diurético natural

Mulher fazendo um check up médico

Seu alto teor de água e óleo essenciais o transforma em um alimento com poderosas qualidades diuréticas.

Isso indica que é um bom remédio contra os problemas que afetam os rins e retém os líquidos no tecido do corpo.

Seu consumo regular aumenta a produção de urina para reduzir o excesso de ácido úrico e ureia. Devido a isso também é recomendado como complemento para dissolver os cálculos renais e expulsar as toxinas.

6. Tem ação anti-inflamatória

Os flavonoides, contidos no óleo essencial de salsão, têm qualidades anti-inflamatórias que servem para complementar o tratamento de patologias crônicas como a gota e a artrite.

Essa substância, somada ao teor de vitaminas e minerais, estimula a renovação das células e do tecido conjuntivo.

7. É digestivo

O salsão facilita a digestão

O chá de salsão é usado desde a antiguidade como um dos remédios para aliviar os principais problemas digestivos, já que combate a inflamação, reduz os gases e alivia a dor.

Suas propriedades favorecem a secreção de saliva e sucos gástricos, por isso é perfeito para aqueles que têm perda de apetite e digestões muito lentas.

8. Contém fibra

Ainda que o teor de fibra do salsão não seja muito, é importante destacá-lo porque aporta os valores diários necessários ao organismo.

A fibra desempenha um papel primordial na saúde e no peso, já que sem ela ocorrem graves dificuldades de expulsar os rejeitos e o excesso de gordura.

Seu consumo diário conserva a saúde do sistema digestivo e promove a eliminação do excesso de colesterol.

Contraindicações do salsão

  • Por seu teor de glicosídeos não é recomendado para mulheres grávidas, porque aumenta o risco de aborto espontâneo.
  • Devido ao seu poder diurético, é desaconselhado para pacientes com inflamações na bexiga ou lesões graves nos rins.
  • Não se deve comer de forma excessiva, pois pode alterar as funções gastrointestinais.

Para aproveitar todos os seus benefícios é recomendável consumi-lo cru, seja em saladas ou vitaminas. Porém, como remédio para a dor estomacal é melhor consumi-lo em infusão ou cozido.