8 razões  pelas quais poderia se sentir esgotado

8 razões pelas quais poderia se sentir esgotado

Você sabia que o sedentarismo e a falta de atividade física podem ser os responsáveis pelo seu cansaço? Graças ao exercício, aumentamos nossa resistência e melhoramos nossa saúde cardiovascular.
8 razões pelas quais poderia se sentir esgotado

A sensação de cansaço ou de esgotamento pode ser o resultado de um excesso de esforço físico, uma doença ou um problema emocional; entretanto, quando não é assim, pode haver outros fatores influindo sem que você possa notar.

Se sentir fatigado ou com doenças corporais próprias do cansaço pode impedir que realizemos com normalidade nossas das atividades cotidianas.

Embora seja normal sofrê-lo de forma ocasional, é melhor prestar muita atenção quando aparece de forma recorrente e acompanhado de outros mal-estares.

Para erradicar por completo os episódios frequentes desse sintoma, é bom conhecer as possíveis causas que o estão desencadeando.

Por essa razão, hoje vamos compartilhar as 8 coisas que poderiam explicar por que você se sente esgotado com frequência.

1. Não tomar suficiente água pode fazer você se sentir esgotado

Agua

Os especialistas em saúde repetiram em várias oportunidades: “Estar desidratado é prejudicial para o corpo”.

De fato, estima-se que 2% de desidratação já supõe uma significativa perda de energia para o corpo, por isso aparece a fadiga e a fraqueza.

A falta de água faz com que se reduza o volume de sangue, tornando-o mais denso e reduzindo a atividade cardíaca.

Ao fazer com que o coração bombeie o sangue com menos força, o oxigênio e os nutrientes demoram mais em chegar às células do corpo e é exatamente aí quando se produz a fraqueza física e mental.

Quer saber mais? Leia: Benefícios de tomar um copo de água em jejum

2. Problemas de tireoide

Quando o cansaço e a debilidade é coisa de quase todos os dias, resulta conveniente consultar ao médico para checar a tireoide.

Essa glândula está localizada no pescoço é a responsável por regularizar o metabolismo e segregar alguns hormônios importantes para o funcionamento do corpo.

Quando ela desenvolve algum transtorno ou alteração se desencadeiam uma série de sintomas que podem diminuir a qualidade de vida se eles não forem controlarem.

3. Levar uma vida sedentária

Comer-assistindo-televisao

Algumas pessoas podem pensar que fazer atividade física pode fazê-los sentir mais esgotados durante o dia, mas, na realidade, isso não é assim.

Através do exercício se regulariza a força e aumenta a resistência para melhorar a função muscular e do sistema cardiovascular.

A prática regular desse hábito melhora a função do coração e faz com que o oxigênio e os nutrientes cheguem aos tecidos do corpo quando eles são necessários.

4. Anemia

A anemia é uma doença que é produzida pela deficiência de hemoglobina, substância rica em ferro cuja função é a de levar o oxigênio dos pulmões para outras partes do corpo.

Se o corpo não receber suficiente oxigênio, os músculos e as células se enfraquecem e pode ser originada uma fadiga crônica.

5. Infecções urinárias

Dor-na-area-genital

Essas doenças, de maior incidência nas mulheres, costumam se apresentar com sintomas como a febre, a ardência e a urgência de urinar.

Mas, quando não se controla a tempo, as bactérias continuam a se proliferar e enfraquecem a resposta imunológica do corpo, e terminam causando fraqueza.

6. Pular o café da manhã

Os alimentos desempenham um papel muito importante na saúde geral do corpo e, graças aos seus nutrientes, o organismo pode se manter ativo todo o dia.

Na hora de dormir, o corpo usa parte dos compostos do jantar anterior para manter o bombeamento do sangue e transportar o oxigênio.

Então ao se levantar no dia seguinte, o primeiro que a gente precisa é de se abastecer de combustível, tomando o café da manhã.

Pular essa refeição pode causar esgotamento físico e mental,  mesmo que sejam consumidas refeições em horas posteriores.

7. Ingerir comida pouco nutritiva

Fast-food

A comida pouco nutritiva ou Fast-food está carregada de açúcares, carboidratos e gorduras saturadas que a única coisa que fazem é gerar estragos no organismo.

Ao alterar o índice glicêmico e aumentar os níveis de açúcar no sangue são produzidas fortes recaídas físicas que, em ocasiões, só podem ser tratadas com repouso.

É essencial manter os níveis de açúcar em valores estáveis, não só para evitar se sentir esgotado, mas também para evitar doenças que requerem mais cuidados, como a diabetes tipo 2.

Não se esqueça de ler: 5 Alimentos que nunca deveríamos consumir novamente

8. Apneias do sono

A apneia do sono é um transtorno que gera interrupções momentâneas da respiração enquanto se está dormindo.

Cada vez que a apneia é produzida, o ciclo de sono se altera, por isso há uma grande possibilidade de desenvolver sintomas comuns como o esgotamento e irritação.

Se nenhuma dessas razões parece explicar o frequente cansaço e ele permanece durante mais de seis meses sem melhora alguma, é muito provável que se trate de uma condição conhecida como fadiga crônica.

Em casos tão extremos, é necessário procurar apoio médico, já que será preciso um tratamento especial e algumas avaliações profissionais.