8 remédios caseiros que realmente funcionam

8 remédios caseiros que realmente funcionam

Antes do desenvolvimento e crescimento da indústria farmacêutica, os remédios caseiros foram os protagonistas do tratamento de inúmeras doenças desde a antiguidade. Embora hoje tenhamos muitas opções farmacológicas, nem por isso eles se tornaram menos eficazes.
remédios caseiros

A grande vantagem dos remédios naturais é que eles são extremamente econômicos e estão ao alcance de todos. Muitas vezes, inclusive, são ingredientes simples que já fazem parte do nosso dia a dia.

Além disso, diferentemente de muitos dos medicamentos encontrados nas farmácias, eles não costumam causar efeitos colaterais indesejáveis, algo que certamente queremos evitar.

Muitas pessoas podem acreditar que a eficácia de alguns destes remédios caseiros não se passa de “lenda”, ou algo que foi propagado com o passar dos anos sem nenhuma comprovação científica. No entanto, muitos deles realmente funcionam e podem nos ajudar a tratar uma infinidade de doenças de condições de forma totalmente natural.

Hoje selecionamos oito remédios caseiros que ajudam a tratar oito afecções diferentes de maneira eficaz. Vale a pena conhecê-los para contar com esta opção em caso de alguma emergência.

Tomate para cuidar da pele

tomate-cura-a-acne

O consumo regular de tomate ajuda a manter a pele com uma aparência saudável, pois ele é rico em licopeno, um antioxidante que ajuda a proteger a pele dos danos causados pela exposição ao sol. Ele também diminui a sensibilidade aos raios ultravioleta, contribuindo para prevenir o surgimento de rugas.

Além de aumentar o consumo na alimentação, a polpa dos tomates pode ser aplicada localmente na pele para fechar os poros, tratar a acne e atenuar cicatrizes.

Enxaguante bucal para as bolhas

Os enxaguantes bucais são excelentes para manter a saúde dos dentes e da boca, além de proporcionar um hálito fresco e funcionar como um antisséptico natural. No entanto, eles também são úteis para curar bolhas.

Embeba um algodão com um pouco de enxaguante e coloque na bolha três vezes por dia, até que a área afetada seque e pare de doer.

Sal para a garganta e o nariz

Sal para a garganta

Se você sentir dor de garganta, saiba que fazer um gargarejo com sal é uma ótima opção para curar este incômodo naturalmente. Basta adicionar 1 colher de chá de sal a um copo de água morna e fazer o gargarejo várias vezes ao dia. O sabor pode não ser o mais agradável, mas este remédio caseiro é realmente eficaz.

Aloe vera para os cabelos

Aloe-vera-500x325-500x325

A aloe vera é excelente para cuidar dos cabelos e mantê-los sempre bonitos e saudáveis. Ela atua como um protetor solar natural, cuidando do couro cabeludo e protegendo-o dos raios ultravioleta. Além disso, previne que os fios sofram danos decorrentes do clima seco, o vento, a chuva e a oleosidade. Por último, ela também contribui para eliminar a caspa, e proporciona um brilho natural e um aspecto sedoso.

Pasta de dente para picadas

A maioria dos cremes dentais tem um sabor de menta ou hortelã, ingredientes que fornecem uma sensação de frescor para a pele. Colocar um pouco de pasta de dente sobre a ferida ajuda a aliviar a dor e a coceira das picadas de insetos. Além disso, suas propriedades adstringentes ajudam a reduzir o inchaço na área afetada.

Cebola para dor de ouvido

A dor de ouvido é mais comum na infância, e muitas vezes não sabemos o motivo do seu surgimento. As propriedades antissépticas da cebola podem desinfetar o canal auditivo, aliviando a dor, que muitas vezes ocorre porque os fluidos ficam presos no canal e causam infecção.

Para utilizá-la, basta ferver uma cebola até que fique macia. Em seguida, deixe esfriar até que seja possível tocar nela. Esprema um pouco do suco em um recipiente e, usando um conta-gotas, aplique entre 2 e 5 gotas no ouvido afetado.

Limão para o enjoo matinal

limão

O limão pode ser um excelente aliado para acabar com os enjoos matinais que acompanham a gravidez. Muitas mulheres não querem ingerir medicamentos nesta época tão delicada, por isso os remédios caseiros são uma boa opção. Para utilizá-los, basta apostar na aromaterapia: corte algumas fatias de limão e aproveite o aroma cítrico. Ele é capaz de aliviar o enjoo quase imediatamente.

Iogurte para infecções fúngicas

Muitas infecções fúngicas são resultado de desequilíbrios no pH do corpo, algo que pode ocorrer por diversos motivos. Ao ingerir iogurte, as bactérias saudáveis que ele contém podem trazer o pH de volta a níveis normais, aliviando a infecção de forma totalmente natural.