8 sintomas que podem te ajudar a reconhecer o hipotireoidismo - Melhor com saúde

8 sintomas que podem ajudar a reconhecer o hipotireoidismo

Ainda que muitos destes sintomas também possam ocorrer devido a doenças comuns, é conveniente consultar um especialista para descartar a possibilidade de um problema de hipotireoidismo.
8 sintomas que podem ajudar a reconhecer o hipotireoidismo

O hipotireoidismo é um transtorno que altera o funcionamento da glândula tireoide. Ela é responsável por processos importantes como o metabolismo e a produção de hormônios.

É uma doença comum na população atua, que afeta em sua maioria mulheres. Acontece quando o nível de hormônios tireoides diminui.

Isto vai causando uma série de mudanças em muitos dos sistemas principais do organismo e reduz a capacidade de manter um peso saudável e equilibrado.

O problema é que vai se desenvolvendo de maneira gradual. Devido aos seus sintomas, é comum que se confunda com problemas mais comuns e esporádicos.

Hoje queremos compartilhar 8 sintomas que poderiam ser determinantes para reconhecer a doença e tratá-la a tempo.

1. Ganho repentino de peso

Barriga no hiportireoidismo

O excesso de peso corporal costuma ocorrer devido aos maus hábitos alimentares e ao estilo de vida sedentário.

  • Porém, quando a pessoa mantém uma dieta saudável e ainda assim vai ganhando alguns quilos, é muito provável que sua causa seja o hipotireoidismo.
  • Esta doença influencia de forma direta nas funções metabólicas, retardando os processos que se encarregam de queimar a gordura.

Veja também: 6 alimentos para controlar a ansiedade por comida

2. Sensação de cansaço

A sensação de cansaço físico e mental, ou fatiga crônica, é comum entre os pacientes que começam a ter problemas com a tireoide.

Apesar de ser um sintoma que tem relação com muitos problemas de saúde, não há que se descartar que tenha a ver com este problema.

 

3. Colesterol alto

Colesterol no hipotireoidismo

Os níveis altos de colesterol mau podem ocorrer pelo consumo de alimentos ricos em gordura, carboidratos e outras substâncias que afetam a atividade do metabolismo.

Porém, quando vem acompanhado com os sintomas anteriores, ou ocorre sem razão aparente, pode ser que se esteja desenvolvendo o hipotireoidismo.

É que o organismo reduz sua capacidade para remover este lipídeo das artérias, o que dificulta a limpeza do sangue.

4. Mudanças de humor repentinas

Quando as glândulas tireoides deixam de segregar a quantidade necessária de hormônios, costuma aparecer mudanças de humor bruscas e repentinas.

  • Os pacientes com hipotireoidismo estão em um alto risco de cair em períodos de ansiedade, depressão e estresse.
  • Apesar destes problemas poderem se originar por múltiplos fatores, não se pode destacar esta como uma possível causa.

5. Problemas de memória

Mulher com hipotireoidismo

As alterações nas funções das tireoides influenciam de forma direta na saúde do sistema nervoso e do cérebro.

  • Os desequilíbrios hormonais que ocorrem com esta condição costumam influenciar no enfraquecimento do cérebro e na perda da memória.
  • Isto se deve ao fato de que os neurônios demoram mais a enviar sinais ao cérebro e, por sua vez, ele tende a se cansar com mais facilidade.

 

6. Pele seca

A diminuição de hormônios que ocorre com o hipotireoidismo acarreta em reações negativas na pele, que afetam sua produção natural de óleos.

Isto gera excesso de ressecamento e, com os dias, faz com que a pele pareça áspera e com imperfeições.

Inclusive, em muitos casos, este sintoma é acompanhado por enfraquecimento das unhas, queda excessiva de cabelo e dificuldades para o processo de regeneração e cicatrização.

7. Prisão de ventre

Prisão de ventre no hipotireoidismo

A prisão de ventre é uma condição que acontece quando o corpo tem dificuldades para eliminar os rejeitos que estão retidos no cólon.

Ainda que seja um sintoma habitual em muitos problemas digestivos, seu desenvolvimento também pode ocorrer devido a uma redução de hormônios tireoide.

  • Isto se deve ao fato de que a glândula tireoide participa no metabolismo e nas atividades do trato digestivo, ambos chaves para uma ótima eliminação dos rejeitos.
  • Por sua vez, esta condição enfraquece a capacidade para contrair o intestino, por isso afeta a passagem dos resíduos através deste.

 

Recomendamos ler: Por que é fundamental tratar a prisão de ventre?

 

8. Dores musculares

As dores musculares são comuns entre aqueles que sofrem problemas inflamatórios, ou bem, nos que praticam exercícios de alta intensidade.

Porém, quando nenhuma destas é sua causa, é preciso analisar se sua recorrência tem a ver com o enfraquecimento e disfunção da tireoide.

  • Ainda que a maioria costume ignorar, quando os hormônios que regulam o metabolismo diminuem, os músculos e as articulações tendem a se enfraquecer.

Porém, é um sintoma que pode ser superado graças à prática de hábitos saudáveis como os exercícios e alongamentos de baixo impacto.

Em conclusão, ainda que os sintomas mencionados também se apresentem em outras doenças, é importante considerar que podem ser por problemas da tireoide.

Se você tem antecedentes familiares ou fatores de risco associados ao hipotireoidismo, consulte um médico.