9 alimentos para ganhar a batalha contra a depressão

9 alimentos para ganhar a batalha contra a depressão

Você sabia que os alimentos picantes podem ser aliados no combate aos estados depressivos? A capsaicina presente entre seus compostos ativos estimula a produção de endorfinas e melhora o humor.
9 alimentos para ganhar a batalha contra a depressão

A depressão é um transtorno que afeta milhões de pessoas na atualidade como resultado do ritmo de vida acelerado, das preocupações e de certos desequilíbrios hormonais que afetam a mulher em diferentes etapas.

Cada pessoa pode experimentar este problema emocional de diferentes formas e, caso não seja controlado, pode afetar a qualidade de vida.

A profunda tristeza e a falta de interesse por coisas que antes eram importantes são apenas alguns dos sintomas que permitem identificar esta doença.

No entanto, não são os únicos e quase sempre aparecem de forma gradual de acordo com a gravidade com a qual se apresentam.

Sair de um estado de depressão não é algo que se consegue da noite para o dia, mas tampouco é impossível. O acompanhamento de outras pessoas, uma boa atitude e a ingestão de alguns nutrientes essenciais podem ser o primeiro passo para ganhar a batalha.

Certos alimentos, por sua composição química, apresentam um efeito positivo sobre as funções cerebrais, controlando hormônios que contribuem para manter este estado emocional.

Levando isso em consideração, a seguir iremos compartilhar os 9 melhores alimentos para combater a depressão e obter um maior bem-estar.

1. Mel de cana-de-açúcar contra a depressão

Este alimento líquido derivado da cana-de-açúcar contém uma molécula conhecida como uridina, que atua sobre o sistema nervoso e influencia a concentração de neurotransmissores capazes de reduzir a depressão.

No entanto, não é para todos, já que por ser tão rico em açúcares, pode ser prejudicial para as pessoas com diabetes e obesidade.

2. Canela

canela

Esta especiaria que tanto utilizamos no preparo de sobremesas e outras receitas pode combater a depressão por ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue.

Poucas pessoas sabem, mas a redução dos índices de glicemia pode afetar o estado de humor.

3. Banana

Seu sabor doce tende a ser muito agradável e, além disso, complementa-se muito bem com outros sabores. Seu principal benefício no combate à depressão está em seu elevado conteúdo de magnésio e potássio, minerais essenciais para reduzir os níveis de cortisol, também conhecido como o hormônio do estresse.

4. Aveia integral

beneficios-da-aveia

Este alimento é uma fonte natural de vitaminas do complexo B (B1, B5, B6 e B9) e fibras que favorecem a digestão e equilibram o açúcar no sangue evitando quedas bruscas, que podem influenciar na irritabilidade.

Além disso, a aveia é uma fonte saudável de triptofano, um aminoácido essencial para a produção de serotonina, neurotransmissor necessário para eliminar o comportamento depressivo.

5. Peixes azuis

São uma fonte de ácidos graxos essenciais e proteína que dão um suporte para a dieta e para manter um peso controlado, a fim de manter uma boa saúde cardiovascular.

No caso da depressão são extremamente recomendados, já que são fonte de um ácido graxo essencial conhecido como EPA, cuja deficiência está associada com a depressão.

Este nutriente que não pode ser produzido de forma natural no organismo pode ajudar a reduzir os sintomas de ansiedade, transtornos do sono e sentimento de tristeza.

Alguns exemplos de peixes azuis:

  • O salmão
  • O atum
  • A sardinha
  • A cavalinha
  • A anchova

6. Chocolate amargo

chocolate-amargo

O chocolate amargo, fabricado com pelo menos 65% de cacau, é um dos alimentos mais populares para tratar os sintomas da depressão.

Seus compostos antioxidantes, somados ao seu elevado conteúdo de selênio, contribuem para fortalecer a memória, prevenir o envelhecimento e melhorar o humor.

Consumindo no máximo 32 gramas de chocolate por dia pode-se diminuir os níveis de cortisol, hormônio associado ao estresse e à tristeza.

7. Oleaginosas

As oleaginosas, como as amêndoas, castanhas e nozes, são uma fonte vegetal de ácidos graxos ômega 3, nutriente essencial que tem um efeito positivo na depressão, assim como na redução do colesterol alto e dos problemas cardiovasculares.

Um punhado delas diariamente é suficiente para se obter os benefícios destes deliciosos alimentos.

8. Pimenta

pimenta

As especiarias que entre seus principais compostos ativos contêm a capsaicina podem ser uma ajuda na redução dos sintomas da depressão por estimular a produção de endorfinas, também conhecidas como os “hormônios da felicidade”.

Entre elas cabe destacar:

  • A pimenta caiena
  • Pimenta-do-reino
  • Pimentões doces

9. Vegetais de folhas verdes

As verduras de folhas verdes são ricas em vitaminas, minerais e compostos antioxidantes que têm um efeito positivo sobre o sistema nervoso.

Graças ao seu aporte de vitamina B, C e ácido fólico, este tipo de alimento reduz o estresse e apoia o tratamento da depressão e outros transtornos mentais.