9 coisas do corpo humano que provavelmente você não sabia - Melhor Com Saúde

9 coisas do corpo humano que provavelmente você não sabia

As pessoas canhotas têm mais força quando a aplicam no sentido anti-horário. Por esse motivo elas têm mais facilidade do que um destro para abrir um frasco.

Nosso corpo é fantástico. Realiza diariamente milhares de funções que, por mais insignificantes que possam parecer, são imprescindíveis para gozarmos de boa saúde e nos sentirmos bem. Na maioria das vezes, conhecemos muitas dessas funções importantes que nosso organismo realiza. No entanto, desconhecemos muitas outras coisas que também são de suma importância e, inclusive, parecem incríveis. Em seguida, apresentaremos nove coisas a respeito do corpo humano que provavelmente você não sabia.

1. Temos a mesma quantidade de pelos que um chimpanzé

O corpo de um homem adulto em média contém a mesma quantidade de pelos que um chimpanzé. A diferença está em que, no caso dos homens, o pelo é muito mais fino que o do chimpanzé. Igualmente, em nosso caso o pelo perdeu sua função original que era de proteção. A situação atual dos pelos corporais se deve certamente à evolução e ao uso de roupa para nos proteger do frio.

2. Por que nos arrepiamos?

2

Muitas vezes experimentamos a sensação do arrepio. Trata-se do reflexo pilomotor, uma resposta que os humanos faziam na antiguidade para eriçar os pelos do corpo e se proteger do frio e de outros perigos como os animais. Tratava-se, de fato, de um aumento de tamanho. É claro que essa função atualmente é obsoleta. Como não temos mais tantos pelos no corpo, nossa pele segue tendo a mesma resposta, mas não a mesma função.

3. Quantos anos piscamos?

Os humanos passam o equivalente a cinco anos piscando. Como sabemos, esta ação é muito importante para nossos olhos, visto que serve como um mecanismo de proteção e de cuidado. Por meio da ação de piscar, lubrificamos e descansamos nossos olhos, os quais não podem permanecer permanentemente abertos. Igualmente, piscar é um impulso de proteção, já que temos o costume de fazê-lo quando algum objeto se aproxima de nosso rosto.

4. Os canhotos têm mais força

corpo humano.jpg 3

Talvez como resultado da física, as pessoas canhotas têm mais força quando a aplicam no sentido contrário aos ponteiros do relógio. Isso quer dizer que para um canhoto será muito mais fácil abrir um frasco que para uma pessoa destra. No entanto, no caso de fechar o frasco, em que se necessita aplicar a força contrária, o destro terá muito mais facilidade para fazê-lo.

5. O estômago armazena ácido

Nosso estômago armazena ácido clorídrico, o qual é produzido pelas células que aí estão. Na indústria, este tipo de ácido é altamente corrosivo pelo que se usa na metalurgia. Não obstante, o revestimento da parece mucosa do estômago nos protege do efeito daninho do ácido, pelo que não sofremos nenhum dano.

6. Somos um depósito de bactérias

Bacterias

O corpo humano é um imenso depósito de bactérias. De fato, os cálculos dizem que são muito mais que as células, mais ou menos em uma proporção de dez para um. É claro, isso não quer dizer que todas as bactérias de nosso organismo são nocivas para a saúde, muito pelo contrário, existem várias que são benéficas e que ajudam o nosso corpo a estar em bom estado.

7. As sestas são muito boas

Fazer uma sesta de 20 minutos é bom para nossa saúde. De fato, nos ajuda a melhorar nossa concentração, o humor e a produtividade. Não obstante, excedermos essa quantidade de tempo pode ter consequências negativas. Fazer isso pode provocar sensações de cansaço e irritabilidade.

8. Carregamos muitas células mortas

pele

Todos os dias nosso corpo elimina uma grande quantidade de células mortas, principalmente de nossa pele. Tal é a quantidade delas que ao longo do ano poderíamos juntar aproximadamente dois quilogramas de células dérmicas mortas.

9. Sensibilidade

Como sabemos, o corpo humano tem uma grande quantidade de terminações nervosas que nos permitem sentir as coisas. De todas elas, as mais sensíveis estão nos lábios e nos dedos, enquanto que as menos sensíveis estão no meio das costas.