9 fatos sobre os cistos ovarianos que toda mulher deve saber - Melhor ocm Saúde

9 fatos sobre os cistos ovarianos que toda mulher deve saber

Apesar dos cistos ovarianos geralmente serem exclusivos da idade fértil eles também podem ocorrer após a menopausa e ser indicativos de câncer, por isso os exames médicos são essenciais
9 fatos sobre os cistos ovarianos que toda mulher deve saber

A palavra cisto não é desconhecida da população feminina, pois é uma das condições que pode afetar o sistema reprodutor feminino durante a sua vida.

É uma doença benigna que se desenvolve nos ovários e que pode trazer complicações quando os cuidados adequados não forem tomados.

Embora a maioria não represente um perigo real para a saúde, é importante que todas saibam o que são e como agir se forem diagnosticados.

Abaixo, revelamos os 9 fatos mais importantes sobre esta condição para que todas estejam alerta.

1. O que são os cistos de ovário?

Os cistos são pequenas bolsas cheias de líquido que se formam nos ovários e que podem chegar a medir de milímetros a um pouco mais de cinco centímetros.

Toda vez que a mulher ovula, um pequeno folículo ou célula se forma em um de seus ovários, que se rompe quando o ovo está maduro e pronto para ser fecundado.

Se a gravidez não ocorrer, o folículo é reabsorvido naturalmente. No entanto, se este processo falhar, a célula forma um cisto e dá origem a estes corpos estranhos.

Não se esqueça de ler: O que você deve saber antes de decidir remover os ovários?

2. Idades de risco

As mulheres estão em risco de desenvolver esta condição após atingir a puberdade e durante seus anos férteis.

Ele, geralmente desaparece com o início da menopausa, mas em casos especiais, também pode ocorrer depois.

3. Fatores relacionadosMulher com dor pélvico por causa de cistos ovarianos

Até agora não há nenhuma causa exata que defina por que esses pequenos tumores são produzidos nos ovários.

No entanto, existem vários fatores que têm sido associados:

  • Ciclos menstruais irregulares.
  • Submeter-se a tratamentos de fertilidade.
  • Desajustes hormonais.
  • Questões genéticas.

4. Principais sintomas

Como acontece com outras doenças do sistema reprodutor, os sintomas tendem a ser confundidos com outras condições mais comuns.

O problema é que, normalmente, manifestam-se desde cedo e quase todas as mulheres preferem ignorá-los.

Entre eles se destacam:

  • Irregularidades no período menstrual.
  • Dor abdominal e pélvica que irradia para as costas ou pernas.
  • Forte dor pélvica antes e durante a menstruação.
  • Dor intensa durante relações sexuais.
  • Vômitos e náuseas.
  • Sensibilidade nos tecidos mamários.
  • Sensação de estar pesado.
  • Distensão abdominal.
  • Pressão no reto e na bexiga.

5. Como são detectados os cistos ovarianos?Mulher consultando sobre cistos ovarianos com o médico

Em caso de suspeita de cistos ovarianos, você deve realizar um exame pélvico e comprovar através de uma ultrassonografia ou ressonância magnética. Se o resultado for positivo, um exame de sangue é feito para determinar se eles devem ser removidos ou não.

6. Qual é o tratamento?

Em geral, o ginecologista recomenda realizar revisões periódicas para determinar se o ou os cistos são reabsorvidos ao longo do tempo.

Se eles aumentarem de tamanho, causarem dor ou apresentarem outras complicações, recomenda-se tomar contraceptivos ou realizar um procedimento cirúrgico.

7. Os cistos e a fertilidadeMulher com cistos ovarianos buscando engravidar

Uma das preocupações de toda mulher ao ser diagnosticada com cistos é a sua fertilidade. Normalmente, eles não representam um risco à concepção, mas em alguns casos impedem que a ovulação se dê corretamente.

Por outro lado, o tamanho do cisto pode aumentar e alterar a função dos ovários ou deformar-se, o que comprometeria a fertilidade no futuro

Por outro lado, o tamanho do cisto pode aumentar e alterar o funcionamento dos ovários ou deformá-los, o que realmente compromete, no futuro, a fertilidade.

8. Não são normais na menopausa

Uma mulher na menopausa não tem nenhum risco de sofrer com cistos. A detecção de algum é um motivo para preocupação.

De acordo com especialistas, os cistos ou tumores na menopausa podem ser um forte sinal de câncer.

Isto deve ser examinado minuciosamente.

Quer saber mais? Leia: Como manter a densidade óssea ao chegar na menopausa

9. Ovário Policístico (SOP)Mulher consultando sobre cistos ovarianos

O aparecimento de cistos em várias partes do ovário, uma espécie de “clusters com 7 ou 10 folículos”, torna-se uma condição conhecida como Síndrome do Ovário Policístico (SOP).

Neste caso eles são causados por dificuldades na ovulação e sua principal causa são os desequilíbrios hormonais.

Quando isso acontece é necessário mais cuidado e atenção, pois está diretamente relacionado com alterações do período menstrual, infertilidade ou excesso de pelos corporais, entre outros.

Na maioria dos casos, os cistos não causam alterações e desaparecem por si mesmos ao longo do tempo.

Apesar disso, é essencial realizar exames médicos para ter certeza de que tudo está bem.