9 remédios naturais para combater o mau cheiro vaginal

Ainda que o odor vaginal seja algo comum, se este é muito forte ou desagradável pode estar nos alertando a respeito de alguma infecção ou de problemas bacterianos que precisam ser tratados.

Quer saber como combater o mau cheiro vaginal? A vagina tem um ambiente úmido, rico em flora e fluidos, que produzem umidade e secreções.

As secreções vaginais são produto da combinação destes fluidos e bactérias e, em ocasiões, podem emitir um certo cheiro.

É importante esclarecer que a maioria destes odores são normais, sempre e quando não forem excessivos.

Quando experimentamos um corrimento com mau cheiro na vagina, isso pode ser por conta de um crescimento excessivo das leveduras (fungos) ou bactérias vaginais que normalmente se desenvolvem nesta região.

Para muitas mulheres, apresentar mau cheiro vaginal pode ser vergonhoso. Porém, a mudança do cheiro vaginal durante a menstruação é normal.

O mau cheiro vaginal se descreve como um cheiro de peixe e, em geral, apresenta ou é acompanhado de coceira e vermelhidão da vagina, secreção amarelada ou branca, ardor e irritação.

Assim como os pés ou o hálito contam com um odor característico, a vagina tem seu próprio cheiro pela presença de bactérias.

A vaginose bacteriana (VB) e candidíase vaginal causam mau cheiro na vagina, e podem aparecer esporadicamente durante a idade fértil da mulher.

Causas do cheiro vaginal

Saúde íntima feminina

  • Duchas vaginais frequentes;
  • Má higiene íntima, frequência baixa de mudança dos absorventes;
  • Uso de produtos nas relações sexuais;
  • Consumo de certos alimentos;
  • Causas hormonais;
  • Usar roupa muito justa ou ficar com roupa úmida por muito tempo;
  • Aumento das bactérias que regulam o pH na vagina;
  • Infecções;
  • Doenças de transmissão sexual;
  • Fístula retovaginal;
  • Câncer de colo do útero;

Por que ocorre ou a que se deve o mau cheiro vaginal?

O mau cheiro vaginal se deve a uma carência ou excesso das bactérias que se alojam de forma natural na vagina.

Quando ocorre um aumento excessivo das bactérias encarregadas de regular o pH na vagina, causa um corrimento de cor cinza ou amarela muito espesso que se decompõe rapidamente e causa esse mau cheiro.

Quando não é uma condição grave, uma infecção vaginal pode ser aliviada com remédios caseiros naturais.

Remédios naturais para combater o mau cheiro vaginal

1. Iogurte

Iogurte natural

O iogurte ajuda a se desfazer desse odor vaginal desagradável. É rico em lactobacilos, que são bactérias saudáveis que reduzem a infecção pelos fungos na vagina.

Também contribuem para a restauração do nível normal do pH vaginal, eliminando o mau cheiro. Você pode consumi-lo (pelo menos 2 xícaras de iogurte todos os dias) ou aplicá-lo de forma tópica.

Ingredientes

  • ¼ de xícara de iogurte (50 g)
  • 1 bolinha de algodão

O que fazer?

  • Mergulhe a bolinha de algodão no iogurte e molhe-a bem.
  • Aplique-o na vagina esfregando suavemente.
  • Deixe agir por 10 minutos.
  • Lave com água e seque.
  • Repita este procedimento três ou quatro vezes ao dia.

Nota: Se você é alérgica aos laticínios, evite este remédio.

2. Remédios com alho

O alho é uma especiaria antibacteriana. Consumir alho ajuda a erradicar as bactérias prejudiciais que causam o forte cheiro vaginal.

Pratique os seguintes conselhos:

  • Coma 1 ou 2 dentes de alho crus e beba um copo de água morna pela manhã, com o estômago vazio.
  • Inclua o alho em seus pratos, como saladas e molhos.

3. Vinagre de maçã

Vinagre de maçã

Este produto tem propriedades antifúngicas e antimicrobianas. Também equilibra os níveis de pH de forma muito eficaz.

O que fazer?

  • Encha sua banheira (ou bacia) com água morna e adicione 3 xícaras de vinagre de maçã (750 ml).
  • Sente-se nesta água durante 20 ou 30 minutos.
  • Repita o uso deste remédio 1 ou 2 vezes por semana.
  • Se o mau cheiro for persistente, pode aumentar para 4 a 5 vezes por semana.

Outras alternativas

  • Dilua um pouco de vinagre de maçã com água e enxágue a região íntima.
  • Embeba um algodão na solução anterior e insira-o na vagina por 30 a 60 minutos.
  • Adicione 3 colheres de sopa de vinagre (30 ml) em 1 xícara de água (250 ml) e beba diariamente para equilibrar o nível do pH do seu corpo.

4. Óleo de árvore do chá

O óleo de árvore do chá é o melhor antisséptico natural conhecido. Livra o corpo de germes e bactérias rapidamente.

Poucas gotas deste forte óleo antisséptico e antibacteriano misturadas com um pouco de água são suficientes para curar o mau cheiro vaginal.

O que fazer?

  • Adicione 4 ou 5 gotas de óleo de árvore do chá em uma bacia cheia de água e sente-se durante 20 ou 30 minutos.
  • Depois lave-se com água corrente e se seque.
  • Repita este procedimento 2 ou 3 vezes ao dia.

5. Bicarbonato de sódio

Bicarbonato de sódio

O bicarbonato de sódio pode nivelar o pH.

Ingredientes

  • 1 copo de água (200 ml)
  • 1 colher de chá de bicarbonato de sódio (5 g)

O que fazer?

  • Adicione o bicarbonato de sódio em água e lave a região íntima.
  • Faça este procedimento regularmente.

Outras alternativas

  • Adicione meia xícara (75 g) de bicarbonato de sódio na água de uma bacia e fique de molho nela por uns 20 minutos.
  • Isso serve como tratamento para a infecção por leveduras e ajuda a combater o mau cheiro vaginal.

6. Alume

As propriedades antissépticas e adstringentes do mineral de alume são ideais, já que restringem o crescimento das bactérias que dão lugar ao mau cheiro na vagina.

O que fazer?

  • Misture ¼ a ½ colher de chá (1,25 ou 2,50 g) de pó de alume em um pouco de água e use esta mistura para a lavagem da vagina e da área que a circunda.
  • Você também pode adicionar ¼ de colher de chá (1,25 g) de pó de alume em um copo de água (200 ml) e tomá-lo duas vezes por dia.

7. Remédio com folhas de goiaba

Folhas de goiaba

As folhas da goiaba têm propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e antibacterianas, assim como certos taninos benéficos.

As folhas fervidas com água proporcionam uma excelente solução para curar os problemas de corrimento e odor vaginal.

Ingredientes

  • 3 colheres de sopa de folhas de goiaba (30 g)
  • 4 xícaras de água (1 litro)

O que fazer?

  • Adicione as folhas de goiaba em um litro de água e coloque para ferver.
  • Deixe que infusione até que se reduza à metade.
  • Espere que esfrie, coe e use essa água para lavar a área vaginal.
  • Repita duas vezes ao dia.

8. Groselha espinhosa da índia

Comer algumas groselhas vai ajudar a combater o mau cheiro vaginal e outras infecções. Este é um remédio natural para tratar o corrimento vaginal que causa mau cheiro.

A groselha pode ser comida crua, em pó misturada com água ou inclusive como tempero.

O que fazer?

  • Misture 1 colher de chá de (5 g) de pó de groselha com 1 colherzinha de mel (7,5) até formar uma pasta e consuma-a duas vezes ao dia, durante pelo menos um mês.
  • Tome 2 colheres (20 ml) de suco de groselha e misture com 1 colherzinha de mel (5 g). Tome esta mistura duas vezes por dia, durante um mês.

9. Leite de cúrcuma

Leite de cúrcuma

É um antibacteriano natural que mata as bactérias e mantém a vagina protegida contra as infecções virais. É bom para combater o mau cheiro vaginal e o ressecamento na vagina.

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de cúrcuma em pó (10 g)
  • 1 copo de leite (200 ml)

O que fazer?

  • Esquente o leite e adicione a cúrcuma.
  • Misture bem e beba.
  • Repita todos os dias até que desapareçam o cheiro vaginal e a infecção.

Recomendações que ajudam a combater o mau cheiro vaginal

  • Tome muita água.
  • Não consuma bebidas com cafeína.
  • Evite os alimentos muito condimentados e com muito amido de milho.
  • Consuma muitos cítricos ricos em vitamina C.
  • Não mantenha relações sexuais sem proteção.
  • Use roupa íntima de tecido transpirante como o algodão.
  • Durante o período menstrual, troque os absorventes e tampões com frequência.
  • Evite roupas muito justas.
  • Lave a área genital externa com um sabonete neutro e muita água.
  • Não faça duchas vaginais.

Seja pela razão que for, o mau cheiro vaginal sempre é muito embaraçoso, e pode nos fazer sentir incômodas e inseguras constantemente. Não deixe que ele condicione sua vida social e elimine-o por completo.

Se está preocupada com este problema, consulte um médico, principalmente se você tem outros sinais e sintomas como coceira, ardor, irritação ou corrimento.

Recomendados para você