9 sintomas que advertem a presença de parasitas no corpo

9 sintomas que advertem a presença de parasitas no corpo

Para evitar a proliferação dos parasitas é muito importante que vigiemos nossa alimentação. Devemos evitar o consumo de açúcares e alimentos processados e primar por fibras, para facilitar a eliminação dos parasitas.
9 sintomas que advertem a presença de parasitas no corpo

Muitas pessoas pensam que os parasitas no corpo não são tão comuns e, de fato, consideram que apenas ocorrem com frequência em países subdesenvolvidos, mais pobres. Porém, o fato é que estes organismos habitam mais de três milhões de pessoas em todo o mundo, de acordo com as estimativas reveladas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Em função de sua variedade, os parasitas podem se alimentar de glóbulos vermelhos e causar anemia; dos alimentos ingeridos e causar desnutrição e ansiedade; ou também evitar que o organismo elimine as toxinas acumuladas.

A maioria das pessoas os contrai por ingerir água ou alimentos contaminadosainda que também possam haver outros meios de transmissão.

Uma vez que os parasitas chegam ao organismo, se proliferam no intestino e desenvolvem uma série de sintomas que pioram a saúde conforme vão invadindo o corpo.

Nesta ocasião revelaremos os 9 sinais de alerta que permitem detectar estes organismos para combatê-los antes que desencadeiem outros tipos de patologias.


1. Transtornos do sono causados por parasitas

Mulher-olhando-relogio

Como muitos já sabem, os transtornos de sono podem estar associados a muitas condições físicas ou emocionais que influenciam de forma direta na diminuição da melatonina.

Mas, apesar de muitas razões explicarem este sintoma, não é demais considerar os parasitas, já que eles podem desencadear os seguintes quadros:

  • Enurese (micção involuntária).
  • Perturbação do sono.
  • Ranger de dentes durante o sono.
  • Insônia.

Não deixe de ler: Consequências de dormir menos de 8 horas por dia

2. Problemas cutâneos

Muitos dos problemas dos quais o organismo se queixa tendem a afetar a aparência da pele e causar diversas alterações.

Quando os parasitas estão crescendo é comum que se desenvolvam sintomas como:

  • Úlceras.
  • Pele seca.
  • Erupções e grânulos.
  • Eczemas.
  • Urticária.

3. Fatiga

Os parasitas roubam as energias do corpo e desencadeiam episódios de forte fatiga, depressão e uma forte sensação de cansaço que impede desenvolver as atividades diárias normalmente.

4. Síndrome do cólon irritável

Dor-pelvica

A síndrome do intestino irritável é uma condição que gera sintomas como dor abdominal, distensão e prisão de ventre.

Ainda que até o momento não exista uma causa exata que explique isso, em muitos casos acredita-se que pode ter uma forte relação com a presença de parasitas.

5. Problemas digestivos

Estes organismos causam certos danos na mucosa intestinal, cuja responsabilidade é a de absorver os nutrientes dos alimentos para um processo digestivo adequado.

Depois de causar alteração nas células que compõem a mucosa é possível que comecem a surgir transtornos digestivos tais como:

  • Alergias ou intolerâncias alimentares.
  • Inflamação abdominal.
  • Dor no estômago recorrente.
  • Dificuldade para digerir.

6. Inflamação

Dor-na-mao

A presença de parasitas no organismo pode levar ao desenvolvimento excessivo do processo inflamatório dos tecidos do corpo, e derivar em patologias e doenças conhecidas como:

  • Artrite.
  • Dor no peito.
  • Câimbras musculares.
  • Adormecimento das mãos e dos pés.
  • Dor no coração.
  • Dor no umbigo.

7. Descontrole do peso corporal

Perder peso sem razão aparente pode ser considerado, por muitos, um benefício; porém, por detrás disso pode existir um grave problema no corpo, que é causado por parasitas.

Frequentemente estes organismos impedem a absorção correta dos nutrientes e se alimentam com os alimentos que chegam ao trato digestivo. Como consequência disso, crescem mais rápido e vão gerando danos à saúde que, finalmente, podem ser muito prejudiciais.

Assim, causam uma sensação de fome incontrolável e podem desenvolver o que se conhece como obesidade de longa data.

8. Desequilíbrio mental

Quando estes patógenos invadem o corpo, podem afetar os processos mentais, assim como o funcionamento do sistema nervoso.

Os sinais que podem se manifestar são:

  • Ansiedade e estresse.
  • Depressão.
  • Nervosismo.
  • Mudanças de humor.
  • Perda da memória.

9. Problemas reprodutivos

Ovario

Em muitos casos os parasitas são responsáveis por vários problemas reprodutivos e urinários que afetam com frequência os pacientes. Dentre os mais frequentes encontramos:

  • Síndrome pré-menstrual.
  • Irregularidades no período menstrual.
  • Problemas de próstata.
  • Cistos.
  • Miomas.
  • Retenção de líquidos.
  • Infecções recorrentes no trato urinário.

Como eliminar os parasitas?

Quando ocorrem os sintomas do ataque desses organismos, o melhor é consultar o médico para estudar o caso e receber um tratamento adequado.

Como complemento, é essencial evitar o consumo de açúcares e alimentos processados. Em seu lugar, deve-se aumentar o consumo de fibra, nutriente que apoia a eliminação dos parasitas.

Por outro lado, podem-se incluir na dieta diária alguns alimentos bons para combatê-los tais como, por exemplo:

  • Amoras.
  • Óleo de coco.
  • Sementes de abóbora.
  • Babosa.
  • Mamão.
  • Gengibre.
  • Abacaxi.
  • Couve.
  • Sementes de romã.

Em qualquer caso, é importante prestar muita atenção aos sintomas mencionados, já que é uma das formas mais eficazes de impedir que eles se tornem algo poderoso contra a saúde.