A única urgência é viver, o resto é secundário!

A única urgência é viver, o resto é secundário!

Devemos aprender a distinguir as coisas importantes em nossa vida e desfrutá-las. Encontrar a felicidade nas coisas pequenas e cotidianas pode nos ajudar a encontrar nosso caminho
O importante é viver e ser feliz

Viver não é deixar o tempo passar, e nem deixar-se levar pelos planos dos outros enquanto vemos como os dias escapam pela janela sem que nossos sonhos se cumpram.

Ainda que nos digam que “nunca é tarde para fazer o que desejamos”, é importante ter em conta que, quanto antes colocarmos isso em prática, antes começaremos a aproveitar a vida.

Estar vivo é o dom mais maravilhoso de que dispomos. Por isso, não há nada mais urgente do que conseguir ser feliz em nosso dia a dia, da forma mais simples possível

Seja feliz e faça com que os demais sejam felizes. O resto, acredite ou não, é secundário.

A felicidade não está em viver, e sim em saber viver

girassóis-representando-a-vida

Observe durante alguns segundos a imagem destes girassóis. Estão cheios de luz, cheios de vida e esplendor. Ao longo de seu ciclo eles só tem um objetivo: mover-se para buscar a luz do sol.

Sua vida é simples, porém com um propósito. Nós também deveríamos enxergar a busca por esse esplendor como algo primordial, já que é isso que faz com que nos sintamos bem com nós mesmos. Qualquer outra coisa que nos afaste deste objetivo será artificial, será algo secundário.

  • A felicidade está em poder fazer cada dia aquilo que verdadeiramente faz com que nos sintamos bem. Por isso é conveniente, por exemplo, encontrar um trabalho com o qual nos identificamos, que nos preencha.
  • Saber viver não é só priorizar a nós mesmos, é também sabermos fazer aos demais felizes, porque só assim nossa existência adquire um sentido autêntico. Ajude, ampare, eduque, ofereça, atenda, faça rir, console, construa…

Fixe seu objetivo no horizonte, assim como fazem os girassóis, e nunca perca isso de vista. O que te faz feliz te define e te motiva.

Não deixe sua felicidade nas mãos de ninguém

menina-olhando-estrelas-desfrutando-a-vida

Ao invés de deixar que sua felicidade dependa do que as outras pessoas fazem ou deixam de fazer, tente ser cada dia o artífice do seu próprio bem-estar.

Não dependa até o extremo de viver só atendendo o que outras pessoas querem. Há, por exemplo, amores dependentes onde até um pequeno gesto pode ser interpretado como ofensivo. Não devemos chegar a esses extremos.

Sabemos que, muitas vezes, ser amado é sinônimo de uma grande felicidade. Porém, faça-o sempre com com equilíbrio e maturidade, cuidando de sua autoestima.

Lembre-se de que ser feliz em casal depende dos dois, por isso não devem existir dependências exclusivas, e sim um projeto em comum baseado na reciprocidade.

Aprenda a priorizar, a saber o que é importante e o que é secundário

mulher-viverSe em algum momento você perguntar a um amigo ou familiar se ele sabe o que é o mais importante na vida, o mais provável é que olhe com ceticismo e diga algo como… Como eu não saberia?

Na realidade, algo que nos surpreende é que as pessoas “não sabem ser felizes”. De fato, segundo informações dos próprios diretores do Google, uma das buscas mais comuns é “como ser feliz”.

O que isso quer dizer? Basicamente, muita gente não sabe estabelecer prioridades em seu dia a dia e não distingue entre o que é importante e o que é o secundário. Viver e saber viver é uma arte complexa que nos obriga a considerar todas essas dimensões:

  • É importante conhecermos a nós mesmos e sabermos o que nos oferece paz e o que nos situa em um estado de ansiedade ou tristeza.

É possível que você viva em um lugar onde há só sol, que tenha um trabalho mecânico que não lhe permite fazer uso da criatividade, de sua essência. Pode ser que esteja rodeado de pessoas que não lhe oferecem nada, que cortam suas asas. Pense nisso.

  • Deixe de se apegar às coisas e a materialismos. A vida não é uma coleção de coisas, mas sim armazenar vivências e experiências. Para isso, saia da rotina todos os dias, pelo menos um pouco. A vida é cheia de obrigações, mas também liberdades pessoais onde é possível ser você mesmo.
  • Aprenda a sonhar, encher seus dias de sonhos e objetivos para cumprir. Uma existência sem sonhos é um fogo sem calor ou um campo sem flores. Faça cada dia aquilo que te faz feliz, que te faz ser você mesmo e que alimenta o calor dos teus sonhos.

Garantimos que ser feliz não é tão difícil!