Isso é o que acontece com o colesterol ao comer um abacate por dia

Isso é o que acontece com o colesterol ao comer um abacate por dia

De acordo com um estudo realizado pela Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, as gorduras insaturadas do abacate poderiam nos ajudar a regular os níveis de colesterol ruim e a prevenir a obstrução arterial.
Abacate reduz o colesterol ruim

Muitas pessoas estão preocupadas com seus níveis de colesterol. Este lipídio presente no sangue pode se acumular em grandes quantidades e gerar vários problemas cardiovasculares que arriscam a saúde.

Em certa medida, o colesterol desempenha um papel fundamental nas funções do corpo ao apoiar o funcionamento de vários órgãos importantes; entretanto, devido à má alimentação, a sua quantidade vai aumentando até atingir índices muito perigosos para a saúde.

Uma das coisas mais preocupantes é que, assim como ocorre com outros tipos de doenças, inicialmente pode ser difícil detectar o colesterol alto devido à falta de sintomas específicos.

De fato, neste mesmo momento acredita-se que milhões de pessoas estejam sofrendo de colesterol alto sem suspeitar disso.

A boa notícia é que, graças a diversos estudos, hoje sabemos que as mudanças na dieta e a adoção de um estilo de vida saudável podem ser a melhor solução para manter o colesterol sob controle e reduzir os riscos que ele representa.

Com relação a isso, uma pesquisa publicada na revista Journal of American Heart Association revelou que o consumo de um abacate por dia poderia manter longe os índices de colesterol ruim nas pessoas que sofrem de sobrepeso ou obesidade.

A pesquisa…

Gordura-na-arteria

A proposta dos investigadores da Universidade Estadual da Pensilvânia consistiu em substituir os ácidos graxos saturados, presentes na maioria das dietas, pelos insaturados que estão presentes nos abacates.

Eles levaram em conta que faz alguns anos que é aconselhável consumir gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas para reduzir o risco de desenvolver doenças cardiovasculares decorrentes do colesterol alto.

As gorduras saturadas são as que elevam os índices deste tipo de lipídio no sangue, e aumentam o perigo de obstrução arterial e o surgimento de doenças letais como os ataques cardíacos ou o acidente vascular cerebral.

Os pesquisadores avaliaram os efeitos desta fruta sobre os fatores de risco cardiovascular, levando em conta que o abacate contém as maiores quantidades de ácidos graxos insaturados.

Para obter estes resultados, eles substituíram as gorduras saturadas das dietas de 45 pacientes saudáveis, com sobrepeso e obesidade, com idades variando entre os 21 e os 70 anos.

Os voluntários começaram mantendo, durante duas semanas, uma dieta com um elevado teor de gorduras saturadas.

Em seguida, realizaram três tipos de dietas, reduzindo as quantidades de gorduras saturadas:

  • Uma com pouca quantidade de gordura e sem abacate
  • Uma moderada em gorduras e sem abacate
  • Uma moderada em gorduras, mas com a ingestão de um abacate por dia

Os resultados…

Gordura-no-sangue

Após o fim do período de análise, os cientistas determinaram que os níveis de colesterol LDL foram reduzidos ao incorporar na dieta um abacate por dia.

No total, foi encontrada uma redução de 13,5mg/dl, em comparação com os 8,3mg/dl perdidos na dieta moderada de gorduras sem abacate e os 7,4mg/dl da dieta pobre em gorduras.

Conclusões do estudo

Após conhecer estes surpreendentes resultados, os pesquisadores fizeram questão de ressaltar que são necessárias mais pesquisas para determinar se os efeitos do abacate são iguais em outras populações.

Apesar disso, eles demonstram que as gorduras insaturadas presentes no abacate podem nos levar a uma dieta saudável para a saúde cardiovascular, obviamente se for apoiada pelo consumo de alimentos com um alto valor nutricional.

As gorduras saudáveis, os micronutrientes e os componentes bioativos que o abacate contém seriam os responsáveis por estes importantes benefícios para o sistema cardiovascular.

Em relação a isso, Penny kris Etherton, uma das pesquisadoras, assegurou que ela gostaria de continuar investigando para examinar com mais precisão os compostos bioativos dos abacates e o seu efeito no organismo.

Um alimento saudável

Polpa-do-abacate

Embora, durante muitos anos, o abacate tenha enfrentado uma má fama por causa do seu alto aporte calórico e alto teor de gorduras, hoje em dia ele é considerado um dos alimentos mais completos e saudáveis que podem ser incorporados diariamente à nossa dieta, sempre em quantidades moderadas.

Além das gorduras benéficas já mencionadas, o abacate também nos oferece fibras, vitamina E, vitamina B, ácido fólico, e mais do que o dobro do potássio presente nas bananas.

Você sente medo do colesterol alto? Faça algumas modificações na sua alimentação e comece hoje mesmo a comer um abacate todos os dias para afastar esta preocupação de uma vez por todas.