O que acontece ao deixar de ingerir açúcar e álcool

O que acontece com seu corpo quando você deixa de ingerir açúcar e álcool durante um mês

A falta de açúcar em nosso corpo provoca uma espécie de síndrome de abstinência, que pode causar um cansaço extremo, ansiedade, mau humor e irritabilidade.
O que acontece ao deixar de ingerir açúcar e álcool

Desde muito tempo, sabe-se que o consumo excessivo de açúcares e bebidas alcoólicas influencia diretamente no estado de saúde física e emocional.

Contudo, apesar de todas as advertências  que as entidades de saúde têm feito para que as pessoas tomem consciência do quão grande é o mal que fazem a seus corpos ao ingerirem este tipo de substâncias, são muitos os que ainda não controlam o seu consumo, ignorando as graves consequências que podem desenvolver a médio e a longo prazo.

Para demonstrar, uma vez mais, como uma alimentação saudável pode causar alterações positivas na saúde, a produtora  LifeHunters realizou um experimento chamado “Guy gives up added sugar and alcohol for 1 month”  (“Jovem desiste do açúcar adicionado e do álcool durante um mês”), no qual mostra tudo o que ocorre, em apenas 30 dias, por deixar esses maus hábitos.

O resultado final foi publicado através de um vídeo de seis minutos no YouTube, o qual se tornou viral nas redes sociais e em diversos meios de comunicação. Saiba O que acontece com seu corpo quando você deixa de ingerir açúcar e álcool durante um mês

O experimento…Deixar-o-alcool-e-o-açúcar-saude

O protagonista deste experimento é um holandês chamado Sacha Harland, que tomou a decisão de cumprir o desafio de se alimentar de forma saudável durante 30 dias, ou seja, deixar de  lado todo o tipo de bebidas alcoólicas e açúcares adicionados.

Ainda que Sacha não precisasse emagrecer nem de adotar um plano alimentar especial, teve curiosidade de  saber tudo o que ocorreria em seu corpo ao deixar de ingerir essas duas substâncias que consumia de forma regular em sua dieta.

Antes de iniciar o desafio, sua médica do esporte, Jessica Gal, pediu vários testes de pressão arterial, exame de sangue e um eletrocardiograma, o que permitiu saber de antemão que tinha níveis de colesterol elevados (a 460 mg/dl).

Depois de todos os dados prévios terem sido recolhidos, o jovem se encheu de vontade e deu início a esse processo que sabia que iria ser difícil de cumprir.

Como o objetivo era eliminar por completo o álcool, o  açúcar e fast foods, Sacha teve que definir um plano de alimentação muito diferente daquele ao que estava habituado.

Isso incluía suprimir os alimentos classificados com a letra E, ou seja, os aditivos e conservantes presentes em molhos, chá gelado, molho tandoori e muitos outros alimentos.

Para substituí-los, o novo plano de dieta incluía alimentos orgânicos como frutas, verduras, iogurtes, ovos, água, entre outros.

Nos primeiros 4 dias, o nosso protagonista conseguiu notar que atingir o objetivo não seria tão fácil, especialmente porque a ansiedade o atacava.

Acabo de começar e já sinto fome o tempo todo” – manifestou.

E, além disso, confessou sentir cansaço, mau humor e irritabilidade, o que era normal, pois o corpo estava apenas começando a assimilar o fato de não receber açúcar.

À medida que passava o tempo, a tarefa de conseguir completar os 30 dias  parecia mais difícil.  Inclusive, Sacha teve que vencer a ansiedade de não consumir fast food, enquanto seus amigos o faziam.

E conseguiu!Deixar-açucar-e-o-alcool

Na última semana, exatamente no dia 25, Sacha confessou que, pela primeira vez não tinha acordado com o desejo de comer doces  e, de fato, dizia  ter mais facilidade em se levantar e com melhor energia.

Para terminar, voltou  a se submeter a exames médicos, encontrando mudanças significativas em seu corpo  como, por exemplo, uma redução importante dos níveis de colesterol e pressão arterial, e a perda de quatro quilos.

Depois  de toda essa experiência, Sacha confessou a seu irmão que gostaria de continuar a se alimentar de forma saudável, não com tantas restrições, mas com a consciência dos perigos que os excessos provocam.

O segredo está em aprender a ser moderado

Embora o melhor seja suprimir os açúcares adicionados, o álcool e toda a fast food de nossa dieta, há que se dizer que o consumo ocasional não representa um risco para a saúde.

O importante é evitar que surja uma dependência e que se converta em hábito.

Para desfrutar de todos os benefícios de uma alimentação saudável, esta deve se basear em:

  • Frutas
  • Verduras
  • Ácidos graxos essenciais.
  • Fibras
  • Água.
  • Cereais

A ideia de  tudo isto é demonstrar, mais uma vez, como a alimentação influencia no estado do corpo e tudo o que se pode conseguir quando deixamos de lado as substâncias que podem causar alterações.

E você, está disposto a deixá-las?