Isso é o que acontece ao estalar os dedos - Melhor Com Saúde

Isso é o que acontece ao estalar os dedos

Ao estirar as articulações estimulamos as terminações nervosas na área, mas o costume de estalar os dedos poderia causar danos na cartilagem que cobre a articulação.
estalar os dedos

Estalar os dedos é um costume que muitas pessoas têm frequentemente, ainda que já tenhamos ouvido há muitos anos que este hábito poderia causar problemas nas articulações como, por exemplo, a artrite. O ato de estalar os dedos causa um tipo de prazer, e há algumas pessoas que gostam de fazer isso várias vezes ao dia, sem pensar nos possíveis riscos.

Por que ouvimos os “estalos” nos dedos?

As articulações são o ponto em que os ossos se encontram e se unem. Todas as articulações têm uma área chamada cápsula articular, que é a que as protege e contém um lubrificante natural chamado líquido sinovial, que é necessário para o movimento da articulação.

É exatamente este líquido que influencia o famoso “estalo”, pois dentro dele há ar, e ao estalar os dedos, a articulação se separa e amplia o espaço dentro da cápsula articular, provocando por sua vez que os gases dissolvidos formem bolhas para ocupar o novo espaço criado. Ao aplicar a força nas juntas, as bolhas formadas escapam rapidamente e é assim que ocorre o som característico dos estalos.

Depois do estalo, não é possível repetir a ação imediatamente, já que as articulações devem voltar primeiro ao seu tamanho normal e os gases devem se dissolver no líquido. Passados uns quinze minutos, é possível que possamos ouvir o estalo novamente.

Por que muitas pessoas gostam de estalar os dedos?

Os especialistas garantem que “estalar” os dedos pode ser um hábito nervoso. No entanto, também pode ser um costume que causa prazer já que, ao estirar as articulações, são estimuladas as terminações nervosas no local. Foi determinado que entre 25% e 54% das pessoas têm este hábito, sendo mais comum em homens do que em mulheres.

O que acontece ao estalarmos os dedos?

Muitas pessoas têm o mau costume de estalar seus dedos frequentemente, mesmo que isso possa incomodar às pessoas que os rodeiam. Vários estudos sugerem que estalar os dedos pode chegar a causar artrite, reduzir a estabilidade da articulação e até ocasionar a perda da força e função da mão. Do ponto de vista científico, estalar os dedos com muita frequência durante muitos anos poderia causar um dano na cartilagem que cobre a articulação. No entanto, ainda não há evidências suficientes que demonstrem que este hábito efetivamente possa danificar a articulação.

Um dos estudos mais conhecidos a respeito deste tema é o que ganhou o Prêmio Nobel em 2009 (prêmios alternativos a trabalhos científicos poucos convencionais). Donald Unger, um médio californiano, estalou os dedos da mão esquerda durante 60 anos, pelo menos duas vezes ao dia. Ele nunca fez o mesmo com os dedos da mão direita, e concluiu que, passados estes anos, não houve nenhum sinal de artrite.

Em um estudo mais amplo, que foi realizado em Detroit, nos Estados Unidos, nos anos 90, foram analisadas as mãos de trezentas pessoas maiores de 45 anos, e se descobriu que 84% dos que tinham inflamações nas mãos costumavam estalar os dedos. No entanto, os pesquisadores não puderam encontrar uma relação direta entre este hábito e as inflamações nas mãos destas pessoas.

maos

De qualquer maneira, é curioso que justamente as pessoas que estalavam os dedos com frequência no passado tenham sido exatamente as que apresentaram problemas e inflamações posteriormente.

Para os fundadores da osteopatia, este som característico dos estalos é um sinal de que a técnica está sendo realizada corretamente, e que, de fato, foi atingido o objetivo de modificar uma possível má posição dos ossos.

As conclusões dos estudos realizados ao longo dos anos estão divididas entre os que consideram que este hábito possa causar danos às articulações e os que acreditam que esta ação não é prejudicial. O que é certo é que faltam mais evidências científicas que possam relacionar os famosos estalos nos dedos com futuros casos de artrite, pois no momento, somente sabemos que esta doença é causada pela genética, idade e trabalhos duros durante muitos anos.

Como poderiam ser realmente perigosos os estalos?

Deixando de lado o tema inconclusivo da sua relação com o aparecimento da artrite, estalar os dedos poderia causar outros danos como, por exemplo, lesões nos polegares ou torções nos ligamentos dos dedos, ainda que o número de casos seja pequeno.