Ajudas caseiras no tratamento da labirintite - Melhor com saúde

Ajudas caseiras no tratamento da labirintite

Labirintite é uma inflamação dos labirintos que acarreta em problemas no equilíbrio e na audição. Esta doença pode ser ocasionada por infecções virais ou bacterianas, reações medicamentosas, problemas cerebrais e de audição, entre outras causas.

Normalmente, se manifesta em pessoas na faixa dos 40 a 50 anos, devido às alterações no metabolismo. E os sintomas mais comuns são mal-estar, vertigem, tontura, desequilíbrio, náuseas, movimentos involuntários dos olhos e zumbidos.

Dicas

Há dicas bem simples de como se alimentar e de alguns exercícios físicos que ajudam no tratamento da doença:

• Evite o consumo de bebidas alcoólicas;

• Evite fumar. A nicotina apresenta substâncias tóxicas ao labirinto;

• Evite a ingestão de sal, pois pode ocasionar aumento da pressão dos vasos sanguíneos e prejudicar a irrigação do labirinto. Escolha outros temperos, como salsinha, cebolinha etc;

• Aumente a quantidade ingerida de água por dia;

• Mantenha uma alimentação saudável a cada três horas;

• Inclua frutas como maçã, pera e abacaxi como sobremesas;

• Inclua o maior número de legumes e verduras na alimentação;

• Evite o consumo de açúcar refinado e opte por adoçantes e dietéticos;

• Evite sucos industrializados e o consumo de café e chá-mate. Prefira chá de frutas;

• Faça caminhadas diárias;

• Ande em linha reta sem desviar o olhar. Isso ajudará a manter o equilíbrio;

• Evite preocupações desnecessárias, já que situações de tensão ajudam na crise;

• Realize massagens com óleo de menta ao redor da nuca.

Receitas caseiras

A combinação de alguns chás é um ótimo remédio que pode ser feito em casa. Você apenas precisa de uma colher de chá de erva doce, mais uma de chá de alecrim e três cravos da Índia. Estes ingredientes devem ser despejados em 200 ml de água fervendo, misturados e tampados por 30 minutos. Depois, basta coar e beber o chá.

Outro chá que ameniza os sintomas é o Ginkgo Biloba, que apresenta substâncias vasodilatadoras em sua composição. Utiliza-se a folha e o pó, mistura-se 30 g em meio litro de água e o chá deve ser ingerido três vezes ao dia.

chá. Andre — myopiapix

Há outra receita que ajuda muito no tratamento da doença. Chá de vinagre. Seu preparo não apresenta mistérios. Colocar em uma vasilha 1 kg de maçã cortada com casca, 5 litros de água e 2 xícaras de açúcar. É necessário deixar estes ingredientes tampados com um pano e depois de fermentado, o que demora de quinze a vinte dias. E então, o vinagre estará pronto. Para consumi-lo, basta misturar uma colher de sopa desse vinagre a uma colher de chá de mel e tomar em média três vezes ao dia.

Imagem oferecida por: Andre — myopiapix.