Alimentos que fortalecem o cabelo - Melhor com Saúde

Alimentos que fortalecem o cabelo

Além de ter um alto teor de vitamina E, as nozes são ricas em zinco, que favorece o crescimento do cabelo e evita a seborreia

Quando o assunto é a saúde do cabelo, não é apenas o tipo de produto que usamos para tratá-lo que importa, mas também o tipo de alimentos de consumimos. Como qualquer outra parte do corpo, o cabelo forte e vistoso depende de uma dieta equilibrada. Por isso nesse artigo indicaremos os melhores alimentos para fortalecer o cabelo.

Com uma dieta é possível que leve mais tempo para que notemos mudanças nos cabelos e na pele. Por exemplo, uma semana mantendo uma dieta pobre pode causar mais acne e uma pele seca em questão de dias, como atesta o dermatologista Cibeles Fishman, da cidade de Nova York. Porém, no cabelo os efeitos de uma dieta de choque podem levar alguns meses para aparecer.

Certamente, outros fatores além da alimentação afetam a saúde do cabelo. Fumar, desequilíbrios hormonais e não dormir o suficiente são exemplos de fatores que podem afetar tanto o humor quanto à aparência de seu cabelo. Nenhum nutriente pode compensar tudo isso.

5 alimentos para fortalecer o cabelo

1. Salmão

Além de ser rico em proteínas e vitamina D (ambas são fundamentais para a saúde do cabelo), os ácidos graxos ômega-3 contidos neste saboroso peixe de água fria são milagrosos.

Nosso organismo não é capaz de produzir ácidos graxos, entretanto estes compostos são fundamentais para o crescimento do cabelo, um exemplo disso é que 3% do eixo do cabelo é composto por estas substâncias.

O ômega-3 também é encontrado nas membranas celulares da pele do couro cabeludo e nos óleos naturais que mantêm o couro cabeludo e o cabelo hidratados.

Outras opções, caso o salmão não te agrade, são peixes do tipo arenque, sardinha, truta e cavalinha, bem como o abacate, sementes de abóbora e nozes.

2. Nozes

nozes

Tem uma quantidade significativa de ômega-3. Também são ricas em biotina e vitamina E, que ajudam a proteger as células contra danos no DNA o que é especialmente muito importante, já que nossos cabelos raramente recebem produtos que os protegem desses danos comumente causados pelos raios solares.

A deficiência de biotina pode levar à perda de cabelo. Além disso, as nozes também contêm cobre, um mineral que ajuda a manter a cor natural do cabelo, além de deixá-lo mais brilhante. Uma boa opção é usar o óleo de nozes como tempero em saladas ou para cozinhar.

3. Ostras

As ostras são ricas em zinco, cuja ausência no organismo pode conduzir à perda de cabelo (inclusive perda dos cílios), bem como a um couro cabeludo escamoso e seco. Cerca de 85 g de ostras contém 493%  da dose diária de zinco que nosso organismo precisa.

Cereais fortificados e pães integrais também contêm zinco, mas as ostras são as mais concentradas nesse elemento e, além disso, também oferecem proteínas ao organismo.

Isso é essencial, já que o cabelo é composto por aproximadamente 97% de proteínas, assim, sem a proteína suficiente o organismo deixa de enviá-la ao couro cabeludo e aos cabelos, o que os torna secos, quebradiços e frágeis. Outras opções para obter o zinco são as nozes, a carne e os ovos.

4. Batata doce

As batatas doces são uma grande fonte de um incrível antioxidante conhecido como betacaroteno. Ele é importante porque nosso organismo o converte em vitamina A e nenhuma das células do corpo pode funcionar corretamente sem a presença dessa vitamina.

Além disso, ela também ajuda a proteger o couro cabeludo e produzir os óleos que o mantém saudável. Outras opções para obter esta vitamina são as cenouras, o melão, a manga, a abóbora e os damascos, todos ricos em betacaroteno.

5. Ovos

sobre-os-ovos

São uma grande fonte de proteínas e contêm quatro minerais essenciais: zinco, selênio, enxofre e ferro. O ferro é especialmente importante, pois ajuda as células a transportarem oxigênio aos folículos capilares. A falta de ferro (anemia) é uma das principais causas da perda de cabelo, principalmente em mulheres.

Outras opções para aumentar as reservas de ferro no organismo são as fontes animais, incluindo o frango, os peixes, a carne de porco e a de vaca.