Alimentos para deixar de fumar - Melhor Com Saúde

Alimentos para deixar de fumar

Quando decidimos parar de fumar é muito importante beber muito líquido para eliminar toxinas. Também devemos aumentar o consumo de vitamina C, já que o cigarro causa a sua deficiência.

O hábito de fumar é um problema que afeta, por ano, a vida de milhares de pessoas em todo o mundo. Prejudicando também de maneira negativa as pessoas que estão expostas à fumaça ao redor, de forma passiva.

Existem diversos métodos para se deixar de fumar, mas hoje falaremos sobre determinados alimentos que podem ajudar no processo de erradicar este hábito tão nocivo. Sem deixar de ressaltar que, sem uma firme determinação de abandonar o cigarro, os métodos utilizados podem não surtir os efeitos esperados.

Uma alimentação correta reflete em um corpo saudável e com energia suficiente para trabalhar em ótimas condições físicas. Um dos principais medos dos fumantes consiste na possibilidade de ganhar peso ao abandonar o hábito. Porém, tem se demonstrado que levando à risca uma alimentação balanceada, o ex-fumante não terá motivo para ganhar peso e, além disso, uma dieta equilibrada pode até ajudá-lo a deixar o hábito de fumar.

Se você tomou a decisão de parar de fumar, siga lendo para compreender quais são os alimentos que terá de incluir em sua  dieta e quais deverá excluir. Existem alimentos que potencializam o sabor do cigarro e outros que o torna desagradável.

Quais são esses alimentos?

Dentro dos alimentos que tornam o sabor do cigarro desagradável estão: as frutas, hortaliças e os lácteos.  E os que potenciam os seu sabor estão: o café, álcool (em especial, a cerveja) e as carnes. Assim, podemos entender por que é muito comum ver as pessoas fumando enquanto bebem uma xícara de café, um drink, ou após ingerir um prato que tenha carne.

Então, a ideia é utilizar os alimentos que modificam o sabor do cigarro, tornando desagradável, como aliados na luta para deixar de fumar e assim evitando aqueles que o potenciam ou realçam seu sabor. Para que essa mudança na sua alimentação não seja desequilibrada, é importante que consulte seu médico ou um nutricionista, que te ajudará de maneira objetiva a elaborar um cardápio balanceado, evitando o aumento de peso relacionado à ansiedade produzida por deixar de fumar, e, sobretudo, evitando que falte nutrientes ao seu organismo.

Uma boa hidratação

Ingestão de água em jejum

A água não pode estar ausente nesse processo, pois ajudará a limpar o seu  organismo das toxinas e impurezas armazenadas pelo hábito de fumar. Também se recomenda que realize exercícios físicos, se possível ao ar livre, de maneira que exercite os pulmões e coração, que são os órgãos mais comprometidos nos fumantes. Permita que seus pulmões se encham de ar puro, a fim de nutrir casa célula de seu organismo.

Sempre se lembre de que além de afetar sua saúde em geral, o cigarro afeta a saúde da sua pele, o que não é difícil de comprovar, pois podemos observar que os fumantes aparentam mais idade do que possuem na realidade.Então, se quer ter uma aparência mais jovem e com uma pele bonita e saudável, sem rugas e marcas de expressão, tome a decisão de abandonar esse péssimo hábito.

Além de todo mal que produz o hábito de fumar, também provoca o amarelamento dos dentes, mau hálito, reduz a fertilidade tanto em homens como mulheres e aumenta o risco de impotência sexual.

Agora você já conhece um pouco mais sobre as consequências negativas de se fumar, tenha a alimentação como uma aliada no processo de abandono do cigarro e consulte seu médico, somente ele poderá te ajudar caso seja necessário algum tipo de medicação.

Os alimentos que estimulam o sabor do cigarro podem, aos poucos, ser incluídos novamente a sua dieta, assim que tenha passado no mínimo três semanas do início do processo.  E lembre-se que, cada vez que seja tentado(a) a acender um cigarro, ele estará te roubando minutos preciosos de vida.

Pulmões e cigarro

Como já havíamos mencionado, o cigarro está intimamente relacionado com os problemas de coração e pulmões, dos quais podem produzir graves consequências na sua saúde, provocando uma vida cheia de dificuldades e até mesmo uma morte prematura.