Alimentos que nos ajudam a emagrecer (anti-calorias)

Alimentos que nos ajudam a emagrecer (anti-calorias)

Não podemos nos esquecer de que a água, além de desintoxicar e limpar nosso organismo, atua como um inibidor de apetite, e por isso nos ajuda a controlar o peso.

Dentre a grande variedade de alimentos com os quais contamos para nos nutrirmos diariamente, existem aqueles que podem nos ajudar a evitar o ganho de peso, impedindo o acúmulo de gorduras.

Assim, seria muito interessante se conhecêssemos tais alimentos, para que, dessa maneira, pudéssemos aproveitar seus benefícios na hora de manter o peso e a boa imagem.

Não podemos negar que essa tarefa de manter o peso adequado atualmente é um grande desafio, o sedentarismo, as longas horas de trabalho, a péssima escolha na hora de nos alimentarmos são fatores que desempenham um rol preponderante no ganho de peso e perda da saúde.

Como todo sabem, não é preciso apenas manter o peso adequado por uma questão estética, como também é preciso fazê-lo pela quantidade de problemas de saúde que surgem associados ao sobrepeso.

Por isso, a seguir apresentaremos uma importante lista de alimentos capazes de nos ajudar a manter o peso adequado, sempre e quando os utilizemos da maneira correta. E se qualquer leitor tiver dúvida sobre como incluí-los em sua alimentação, a melhor recomendação é que consulte um profissional que o oriente sobre como preparar pratos apetitosos e principalmente saudáveis com essas opções, sem esquecer, claro, as proporções corretas que cada um deve consumir de acordo com seu peso atual.

Lembre-se que um plano de alimentação para perda de peso e outro para manutenção do peso não é o mesmo para todas as pessoas (esses planos precisam ser bem elaborados para que evitem que recuperemos todo o peso perdido).

Alimentos anti-calorias

  • Berinjela
  • Tomate
  • Salsa
  • Cebola
  • Pêssego
  • Agrião
  • Milho
  • Grão de bico
  • Melão
  • Cereja
  • Ervilha
  • Rabanete
  • Espinafre
  • Melancia
  • Pera
  • Beterraba
  • Repolho
  • Cenoura
  • Aipo
  • Cítricos
  • Aspargos
  • Maçã

Todos esses alimentos nos ajudam a acelerar o metabolismo e evitar o acúmulo de gorduras no organismo, por isso são considerados “anti-calorias”.

Se os incluirmos em nossa alimentação de forma habitual, conseguiremos além de evitar o ganho de peso, aproveitar de todos os nutrientes que eles possuem e que são tão necessários para nosso organismo, visto que além de ajudarem a manter o peso, oferecer substâncias ideais para o bom funcionamento do corpo.

A água, sem dúvida, não pode faltar. Ao mesmo tempo em que desintoxica e limpa nosso organismo, também nos ajuda a controlar o peso, pois se ingerida nas quantidades recomendadas atuará como inibidora do apetite, evitando que comamos entre as refeições e desnecessariamente.

Bons costumes caseiros para emagrecer

Bons hábitos para emagrecer

Criar bons hábitos de saúde não é uma tarefa fácil, e sim parte de um processo de aprendizagem e de ganho de consciência da vida que temos e daquela que realmente queremos ter. A obesidade, causada por péssimos hábitos que são cada vez mais frequentes em todo o mundo, inclusive em crianças pequenas, é um dos resultados da insistência em péssimos hábitos alimentares.

E ainda que a tarefa não seja fácil, não significa que é impossível. O segredo é darmos pequenos passos todos os dias, fazer o máximo esforço para comer em casa, pois a comida caseira além de assegurar um preparo mais saudável, gerará um vínculo importante entre os integrantes da família. Desse modo, vamos promover a união, o diálogo, o interesse pelo outro, deixaremos de lado por um momento os problemas no trabalho, que nunca faltam, e aproveitaremos para dar importância ao que é fundamental.

Uma refeição tranquila faz com que aproveitemos melhor os nutrientes presentes nos alimentos e a digestão torna-se mais eficiente e proveitosa.

Os problemas alimentares, autoestima, consumo de substâncias ilícitas, nascem lentamente a partir de diversos problemas que ocorrem no âmbito familiar. Na preocupação de cumprimos com todas as obrigações  econômicas, darmos uma boa educação ao filhos, obtermos mais e mais dinheiro, acabamos por deixar de lado o amor e o apego necessários para formar pessoas úteis para a sociedade e para si mesmas. Por isso devemos refletir dia a dia se realmente estamos indo na direção correta.

Devemos nos perguntar se estamos formando os valores necessários para uma vida saudável e feliz. Isso porque tudo está estritamente relacionado, se as bases são sólidas, podemos vencer os obstáculos que se apresentam, mas, se elas não são cairemos diante da primeira fraqueza, adotaremos hábitos ruins para nossa saúde física e mental, e desenvolveremos transtornos alimentares, falta de amor próprio, falta de motivação, dentre outros males que não demorarão a aparecer e apenas farão de nós pessoas amargas, infelizes e sem nada positivo a oferecer às pessoas que estão ao nosso redor.