Como alisar o seu cabelo sem causar danos? - Melhor Com Saúde

Como alisar o seu cabelo sem causar danos?

Se aplicar um protetor térmico no cabelo antes de usar a chapinha, assegure-se de que ele está bem seco antes de começar, para evitar que se queime.

Na luta diária com o cabelo, somos forçados a usar e abusar da chapinha para modelá-lo. Isso proporciona uma imagem elegante e adequada para qualquer evento ou situação, mas é bom conhecer alguns conselhos para executar o procedimento. O uso excessivo de calor no cabelo pode ajeitá-lo e dar uma boa aparência, mas… A que preço?

Continue lendo e aprenda dicas simples que ajudarão a não destruir o cabelo com as famosas chapinhas.

Conselhos na hora de alisar o cabelo

  • Primeiro e mais importante é que o cabelo deve estar seco na hora de alisá-lo. Usar o secador na potência média. Pode demorar um pouco mais, mas seu cabelo vai agradecer.
  • Além de ser uma escolha saudável para o cabelo, é bom mudar de visual durante a semana, variando estilos. Isso aliviará o cabelo do contínuo alisamento e do calor.
  • A temperatura é também importante, já que muitas vezes, e mais ainda estando em apuros, será mais seguro usar o máximo calor. Isso facilitará o alisamento, mas logo os danos serão evidentes.
  • Lembrar, pelo menos uma vez por mês, de realizar um tratamento de restauração do cabelo de acordo com o seu tipo e, mais ainda, se usar calor nele.
  • É melhor cortar as pontas secas, que também são inestéticas, para permitir o crescimento saudável do cabelo.

Cabello-puntas

  • Também seria interessante usar, antes do alisamento, um produto que proteja o cabelo do calor, que o deixará um pouco úmido. Secar bem o cabelo e logo após realizar o procedimento.
  • Antes de começar o alisamento, deve-se desembaraçar totalmente o cabelo. Caso contrário, aparecerão grandes fios entrelaçados que poderão se esticar e quebrar.
  • Separar o cabelo com uma pinça em pequenas seções, de modo que o alisamento seja homogêneo.
  • Outro fato importante. Os cabelos pintados são mais propensos a danos e os cuidados deverão ser redobrados para não estragá-los.
  • Também certificar-se de que a chapinha usada seja de boa qualidade, pois, infelizmente, escolher o barato pode se tornar bem oneroso.

Além das dicas acima, é interessante saber que a alimentação também define o estado de saúde do cabelo. Uma dieta de má qualidade acoplada ao uso indiscriminado do calor para os penteados será uma combinação altamente prejudicial.

beber-agua-12

O consumo da quantidade necessária diária de água também mantém o cabelo saudável.

Abaixo listamos os nutrientes necessários para deixar o cabelo radiante e forte e em quais alimentos podem ser encontrados.

  • Ferro: espinafre, agrião, frango, peixe, carne de porco etc.
  • Ômega 3: sardinhas, atum, nozes, espinafre e morangos.
  • Zinco: peixe, carne, ovos e queijo.
  • Selênio: alho, cebola, ameixas, melões, uvas.
  • Vitamina A: fígado, ovos, cenoura, amêndoas.
  • Vitamina B: produtos lácteos, frutas, peixes, carne vermelha, ovos.
  • Vitamina C: acerola, goiaba, kiwi, pimentão vermelho, mamão, laranja e espinafre.
  • Ácido fólico: grão de bico, fígado, lentilha, abacate, tomate e banana.

Se o cabelo for muito seco, sem brilho e quebradiço, a critério de um médico, será possível incluir suplementos que contenham os nutrientes necessários. Assim, o cabelo poderá ser exibido no seu maior esplendor.