Como aliviar a dor nos joelhos naturalmente?

Como aliviar a dor nos joelhos naturalmente?

O método utilizado vai depender do alcance da lesão e da causa da dor. As lesões desportivas precisarão de cirurgia, enquanto as entorses ou pancadas podem ser curadas com tratamentos alternativos ou naturais.

A maioria das pessoas considera a dor nos joelhos um sinal de velhice e fraqueza, e, por isso, muitos suportam a dor até o dano ficar maior.

Esta é uma condição comum que afeta a todos e, se não tratada a tempo, pode causar deslocamento permanente. Por isso, é importante falarmos o que sentimos, independentemente do que os outros pensam, e, quanto mais cedo reconhecermos que é um problema real, mais rapidamente será encontrada a solução.

Operações caras são geralmente recomendadas para remediar esta condição, mas existem soluções eficazes, mais baratas e menos invasivas. Serão propostos aqui 13 tratamentos naturais, mas antes é preciso saber:

Por que doem os joelhos?

O joelho é uma articulação complexa que une a coxa e a perna, é ponto de contato entre tíbia, fêmur e patela. Os ossos são ligados por ligamentos e tendões, enquanto a cartilagem favorece o movimento. Também tem dois rolamentos chamados meniscos e bolsas sinoviais que reduzem o atrito e protegem a estrutura do joelho.

Tratamentos naturais para dores nos joelhos

As pernas suportam o peso do nosso corpo e, portanto, é frequente o surgimento de lesões e inflamações graves nos joelhos, com dores persistentes na área afetada. Muitas delas só podem ser tratadas cirurgicamente, mas outras podem ser aliviadas através de cuidados domiciliares e tratamentos não convencionais. Vejam a seguir as várias causas de dor no joelho, de acordo com o tipo de tratamento de que necessitam.

Afecções que precisam de cirurgias

  • Lesões desportivas: ruptura de tendões, cartilagens e ligamentos provocados por mudanças bruscas de direção durante a execução do movimento, torções violentas e extensões forçadas. A cirurgia artroscópica normalmente permite que o paciente se recupere em duas semanas.
  • Fraturas, luxações ou deslocamentos: Pode ensejar “rasgos”. São geralmente tratadas por osteossíntese e, sendo fraturas simples, não há danos permanentes.
  • Artrite ou osteoartrite: é resultado de lesão, deformidade ou desgaste pela idade. As mais comuns são geno varo (joelho flexiona em forma de O) e vaxum genu (pernas arqueadas em forma de X). É diagnosticada por radiografia e tratada com abordagem artroscópica.
  • Rato articular: lesão da cartilagem no limite osteocartilaginoso. Muito difícil de diagnosticar.
  • Tumores ósseos: raros.

Afecções que permitem tratamentos não convencionais

  • Pancadas ou traumatismos diretos ou indiretos.
  • Artrite ou inflamação aguda do joelho: entre as causas estão a má postura, o desgaste, as doenças reumáticas e as infecções.
  • Tendinite: inflamação do tendão, pelo uso de calçados inadequados, repetição de exercícios errados ou má postura.
  • Entorse ou tensão: Rasgo, inchaço ou estiramento excessivo de um ligamento após movimento brusco, queda, pancada ou forte torsão. Precisa geralmente de imobilização para a cura.
  • Bursite: Inflamação das bolsas ou sacos do joelho, geralmente causada por laceração ou abrasão. Precisa de tratamento anti-inflamatório, repouso e curativos de pressão.
  • Cisto de Baker (Medlineplus): protuberância fluídica na parte posterior do joelho. A inflamação pode levar a desconforto, dor e movimentos restritos.
  • Doença de Osgood-Schlatter: inflamação da parte frontal e anterior do joelho.

Estas são as causas da dor nos joelhos. Propomos a seguir treze tratamentos naturais para curá-la. Escolha o que você preferir e observe a melhora na sua qualidade de vida.

Como aliviar a dor nos joelhos de forma natural?

Os médicos optam, cada vez mais, pela medicina natural como alternativa aos fortes produtos químicos e às cirurgias complexas realizadas hoje: então, por que não fazermos o mesmo? Uma vez que a medicina natural é considerada como todo procedimento utilizado para curar as pessoas, cuja eficácia não foi comprovada cientificamente, então, eis treze opções para aliviar a dor nos joelhos. Caberá a você decidir se quer aliviar rapidamente a dor ou tratá-la em longo prazo para eliminá-la.

Tratamento #1:  Compressas frias

Este tratamento é para entorses leves e rasgos leves nos ligamentos. Uma compressa fria durante 30 minutos duas ou três vezes por dia reduzirá a inflamação. Usar também um saco de gelo envolto em pano para evitar o contato direto com a pele. É altamente recomendado nas primeiras 48 horas após a lesão.

Tratamento #2:  Compressas quentes

O uso de compressas quentes alivia a dor e rigidez associadas a doenças como a artrite. Usar um cobertor elétrico em temperatura baixa a média, uma bolsa para micro-ondas ou uma compressa quente na área afetada por 15 minutos, várias vezes ao dia.

Tratamento #3:  Frio e quente

É simplesmente uma combinação dos dois anteriores, em que se alternam panos quentes e frios por 15 minutos para reativar a circulação e aliviar a dor.

Tratamento #4: Sálvia

Tratamento com sálvia para pancadas nos joelhos

Este tratamento é usado ao receber uma pancada no joelho saudável. Envolver um punhado de folhas de sálvia num pano embebido em água morna. Apertar e friccionar suavemente o joelho por 10 minutos até que as essências penetrem a pele.

Tratamento #5: Exercícios terapêuticos e alongamentos

Alongamentos e exercícios terapêuticos aliviam os joelhos. Para uma vida saudável, ioga e tai-chi podem ser uma excelente alternativa.

Tratamento #6: Massagens

Massagens contínuas na área afetada fortalecerão os músculos do joelho e promoverão a recuperação e o relaxamento.

Tratamento #7: Acupuntura

Acupuntura para tratar dor nos joelhos

A acupuntura pode ser ideal para aliviar as dores e consiste na inserção e manipulação de agulhas no corpo para restaurar a saúde e o bem-estar.

Tratamento #8: Tecnologias sanitárias

Agentes físicos são usados para aliviar a dor nos joelhos, com métodos muitos eficazes e nada dolorosos: eletroterapia, ultrassonoterapia, hipertermia por contato, termoterapia, mecanoterapia, entre outros. Consultar um fisioterapeuta sobre o melhor método.

Remédios naturais

Tratamento # 9: Aloe vera (babosa)

Tratamento com babosa para dor nos joelhos.

É aconselhável plantar uma babosa em casa porque tem muitos usos terapêuticos, por exemplo, no tratamento da osteoartrite. Descascar e cortar em cubos um talo de babosa e batê-lo no liquidificador com casca de laranja. Misturar a pasta resultante com um copinho de mel e um pouco de barro vermelho. Aplicar uma cataplasma todas as noites desta pasta sobre os joelhos e deixar secar por 30 minutos. Remover com água fresca. Os joelhos agradecerão.

Tratamento # 10: Abacate

Aplicar abacate sobre joelhos doloridos.

O abacate tem um alto valor nutritivo e sua polpa é uma rica fonte de proteínas, gorduras saudáveis e minerais​​, mas hoje usaremos sua semente. Colocar várias sementes de abacate em lugar fresco e seco até secar e, em seguida, moer até obter um pó, que será misturado com mel quente até formar uma pasta. Aplicar sobre a área afetada como uma pomada. Usar também este remédio muito eficaz para aliviar dores musculares.

Tratamento # 11: Goiaba contra inflamações

Goiaba possui vitaminas que combatem dores nas articulações como os joelhos

A goiaba é muito saudável e nutriente, contém três vezes mais vitamina C do que a laranja. Para eliminar dores nas articulações, picar quatro goiabas maduras e adicionar um litro de água fervida. Deixar descansar durante 3 horas e consumir como água comum. Repetir o processo por 15-90 dias. Os resultados são surpreendentes.

Tratamento # 12: Limão mágico

Limão cura inflamações nas articulações  como os joelhos.

Não é à toa que a chamam de fruta “multiuso”: o limão possui muitas propriedades curativas. Se tiver dor nos joelhos, basta cortar um limão ao meio e usá-lo para massagear a área afetada. Este tratamento alivia a inflamação nas articulações e as dores reumáticas, e deve-se evitar a exposição posterior ao sol para não manchar a pele.

Tratamento # 13: Alimentação

Consumir proteínas, gorduras, carboidratos, vitaminas e minerais é tudo o que precisamos para manter um corpo vigoroso, flexível e saudável, mas se considerarmos aqueles alimentos que contribuem para o fortalecimento dos ossos, os nossos joelhos agradecerão.

1. Consumir alimentos ricos em cálcio para combater a osteoporose e a artrose: amêndoas, nozes e leite.

2. Consumir diariamente um dente de alho em jejum para fortalecer os ossos.

3. Consumir dois cubinhos de babosa todas as manhã para evitar as dores nas articulações.

Quando é imprescindível ir ao médico?

Embora a medicina natural alivie a situação, precisamos prestar atenção a qualquer sinal alarmante. Se apresentarmos qualquer dos seguintes sintomas, devemos esquecer nossas fobias e razões e consultar um especialista. Uma visita ao ortopedista pode prevenir doenças crônicas e melhorar nossa qualidade de vida.

  • Não é possível suportar peso no joelho.
  • Dor intensa e constante mesmo sem apoiar a perna.
  • O joelho se dobra, produz estalos ou não responde logo (pode indicar distúrbios relacionados com líquido sinovial).
  • O joelho está desfigurado ou com inchaço marcado, vermelhidão ou alta temperatura na área afetada.
  • Dores, inflamação, entorpecimento, formigamento ou cor azulada debaixo do joelho afetado.
  • A dor persiste após três dias de tratamento em casa.

Dicas para evitar a dor nos joelhos

Você já têm todos os elementos necessários para curar as dores nos joelhos. Não é velhice ou fraqueza, mais importante é ter atenção e tratar. Aqui estão cinco dicas para preservar os joelhos:

  1. Mudem de posição: Ficar muito tempo em pé ou sentado aumenta a pressão nos joelhos e afeta a circulação sanguínea. Mudem de posição regularmente e mantenham-se ativos.
  2. Façam exercícios de baixo impacto e alongamentos: A vida sedentária prejudica as articulações. Façam 30 minutos de caminhada diariamente no seu próprio ritmo e inscreva-se no tai-chi ou ioga. Os joelhos agradecerão.
  3. Evitem ficar ajoelhados: Nesta posição, todo o peso do corpo recai sobre o joelho, que pode ficar seriamente prejudicado se permanecerem por muito tempo nesta postura.
  4. Usem sapatos baixos e confortáveis: Os saltos altos aumentam a pressão nos joelhos e devem ser apenas usados para momentos especiais.
  5. Percam alguns quilinhos: Se o peso for um problema, estabeleçam metas realistas e divertidas. Emagrecer os tornará mais ágeis e aliviará para sempre seus joelhos.