Ame-se como você merece e será amada como você deseja

Ame-se como você merece e será amada como você deseja

Se você não se respeita, não peça que os outros o façam. Ame-se para que os demais a amem como você quer. Porque você merece deixar de sofrer e, finalmente, ser feliz.
Ame-se como você merece, e será amada como você deseja

No que você pensa ao ouvir o conselho “Ame-se”? Quem comete o erro de medir o que merece em função do amor que recebe dos outros pode sofrer muitas desilusões.

Isso implica que, se ao longo de sua vida você recebeu um falso afeto ou um carinho recheado de dor e manipulação, começará a crer que “não merece ser amado”.

São situações muito complexas e destrutivas para as quais ninguém está preparado.

De fato, é curioso ver como as crianças aprendem nas escolas a localizar as principais capitais do mundo, mas ninguém lhes oferece estratégias para aprenderem a amar a si mesmas, a se cuidarem como seres excepcionais que são e que, sem dúvidas, merecem o melhor.

Convidamos você a refletir sobre isso e pôr em prática o saudável exercício de amar a si mesmo e, por sua vez, ensinar essas mesmas estratégias às crianças. Ame-se!

Ame-se como você merece

A própria sociedade costuma nos transmitir valores confusos. Preocupar-se consigo mesmo, amar essa pessoa que refletimos no espelho, muitas vezes é visto como um ato de egoísmo.

Nos ensinam a agradecer, a deixar o outro sair antes de entrarmos, a ajudar ao próximo, a dar tudo por aqueles que amamos…

Ainda que tudo isso seja um ato de nobreza que nunca devemos deixar de praticar, também deveriam nos ensinar o que é a integridade, o que é o amor próprio e o que é isso que chamam de autoestima.

 Também recomendamos a seguinte leitura: 10 coisas que casais saudáveis fazem juntos

Não meça a si mesmo em função do que recebe dos outros

Imagine uma criança que sofre bullying na escola. Imagine essa mesma criança sozinha em casa, sem receber um afeto adequado, apoio e reconhecimento por parte de seus progenitores.

Agora pense nessa mesma criança transformada em um adulto e seus esforços para manter relacionamentos afetivos felizes, maduros e enriquecedores. Caso não consiga, o mais provável é que pense que “é uma pessoa que não merece ser amada”.

ilustração-mulher-1-500x361

Ainda que nos pareça duro, esse retrato é algo que muitas pessoas sofrem.

Apesar de ser certo que ter sofrido com uma infância traumática não significa que teremos relacionamentos infelizes, esse é um fator que tem um peso considerável.

  • Você não deve medir o que merece em função do que recebe dos outros.
  • Ame-se sempre e cada dia como você merece, sem esperar que os outros lhe deem aquilo que espera.
  • Não espere aprovações contínuas para cada um de seus passos ou pensamentos. Você é seu próprio juiz, a pessoa que deve dar fôlego a si mesmo, apoio e impulso em cada ato que decidir empreender.
  • Se sua infância e adolescência não foram felizes, tente marcar um antes e um depois. Você já sabe o que é crescer sem um apego saudável, seguro e afetuoso, não repita isso.
  • Cure essa carência agora amando-se como merece, mimando-se, protegendo-se do que possa machucar, mas empreendendo novos caminhos onde sempre estejam presentes os sonhos de ser a cada dia melhor.

Recomendamos também: A quem julgar meu caminho, empresto meus sapatos

Você merece muito mais do que alguns lhe oferecem

Em algumas ocasiões simplesmente nos rendemos. Apesar dessa relação não nos fazer precisamente feliz, dizemos que “é o que temos, não vou encontrar nada melhor e é melhor isso do que ficar sozinho”.

  • Quer queiramos ou não, a imobilidade emocional nos prende a esse sofrimento implícito e sutil que vai minando nossa autoestima.

Nos habituamos aos vazios, às reprovações, aos desprezos e inclusive à própria infelicidade. É algo muito perigoso, porque quando o derrotismo se instala em nossas vidas, perdemos tudo.

mulher-triste-1-500x326

Você merece muito mais do que algumas pessoas lhe oferecem. Porque, acredite ou não, há quem não sabe amar, quem não entende o que é a reciprocidade e quais são os pilares do amor sincero.

Você merece aqueles que se preocupam e se esforçam por trazer sorrisos, não lágrimas.

Não caia nesse tipo de relação. O amor vale a alegria, nunca a pena. Tenha coragem para deixar de lado esse vínculo de dor e recuperar sua integridade.

A integridade é encontrar uma correspondência entre o que queremos, o que sentimos e o que fazemos em nossa vida diária. É um equilíbrio entre a mente, o coração e a ação.

Ame-se como merece e, ainda que tenha que transitar em solidão por um tempo, sempre será melhor do que habitar junto a uma falsa companhia que torne você e sua alma vulneráveis.

Enxergue-se como a pessoa charmosa que merece o melhor dessa vida. Lute por isso, lute por você mesmo e por aqueles que você ama.